Crusoé: Modi venceu, mas não com a vantagem que esperava Crusoé: Modi venceu, mas não com a vantagem que esperava
O Antagonista

Crusoé: Modi venceu, mas não com a vantagem que esperava

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 04.06.2024 14:14 comentários
Mundo

Crusoé: Modi venceu, mas não com a vantagem que esperava

Na maior eleição do planeta, quase 970 milhões de votos deram a vitória ao BJP, partido do primeiro-ministro, para um terceiro mandato. Liderança, no entanto, será menor

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 04.06.2024 14:14 comentários 0
Crusoé: Modi venceu, mas não com a vantagem que esperava
Foto: Governo da India/Wikimedia Commons

Os resultados finais da eleição indiana, que devem ser concluídos nesta terça-feira, 4, apontam para a já esperada vitória do BJP, partido do primeiro-ministro Narendra Modi (foto). No cargo desde 2014, Modi deve chegar ao seu terceiro mandato com uma proposta ambiciosa de colocar a nação mais populosa do mundo, com 1,4 bilhão de pessoas, no clube dos países desenvolvidos em duas décadas.

Acontece que a missão será mais difícil do que ele parecia planejar. A liderança do seu partido, que analistas esperavam crescer nesta eleição, estará menor no próximo mandato dentro da Lok Sabha, o parlamento indiano.

O BJP, que hoje tem 293 deputados, passará a 240 — abaixo dos 272 que precisava para governar sozinho. A coalizão Aliança Democrática Nacional (NDA), que dá apoio ao primeiro-ministro, tem 293 cadeiras e garantirá a sua continuidade sem maiores problemas no cargo.

Neste terceiro mandato, Modi terá de conviver com o renascimento de um concorrente que ele quase transformou em cinzas: o Congresso Nacional Indiano (CNI), que dominou a política indiana quase de ponta a ponta até o início dos anos 2000.

O partido da família Nehru-Gandhi — que chegou a ter 77% dos votos nos anos 80 — foi dizimado na última década pelo BJP. Das atuais 52 cadeiras, menos de 10% do parlamento atual, o CNI passará a ter 99; sua coalizão terá 232 cadeiras e poderá travar mudanças mais robustas no país.

Apesar dos reveses maiores que o esperado, Modi não deixou de comemorar o resultado. “O povo colocou sua fé na Aliança Democrática Nacional, por uma terceira vez seguida! Esse é um fato marcante na história da Índia”, escreveu o primeiro-ministro, que comanda um gabinete com mais de 50 ministros.

Hoje a quinta maior economia do mundo, a Índia ainda sofre com dados de países muito pobres: o PIB per capita é o 147º maior, aponta o Banco Mundial. O país agora quer ter planos de países ricos: quer sediar as Olimpíadas de 2036, se tornar membro do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) e ser considerado uma nação desenvolvida até 2047.

Leia mais aqui; assine Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mundo

Hamas rejeitou libertação de reféns, diz gabinete de Netanyahu

12.06.2024 15:04 2 minutos de leitura
Visualizar

Lucas Alario aproveita oportunidade no Inter após se recuperar de lesão

Visualizar

Auxílio-Gás: o segredo para o seu orçamento doméstico

Visualizar

Vasco descobre que 777 já estava endividada antes da compra

Visualizar

Castro aponta a Fachin “sucesso” de operação na Maré

Visualizar

A montanha de entulho político de Paulo Pimenta

Rodolfo Borges Visualizar

Tags relacionadas

Crusoé índia Narendra Modi
< Notícia Anterior

Quem são os milionários financiando a campanha de Trump

04.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Casemiro compra parte de clube espanhol

04.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Hamas rejeitou libertação de reféns, diz gabinete de Netanyahu

Hamas rejeitou libertação de reféns, diz gabinete de Netanyahu

12.06.2024 15:04 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Acidente de barco deixa mais de 80 mortos no Congo

Acidente de barco deixa mais de 80 mortos no Congo

12.06.2024 14:08 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Onda de calor fecha Acrópole em Atenas

Onda de calor fecha Acrópole em Atenas

12.06.2024 13:42 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crise na produção de cacau em Gana afeta a indústria global do chocolate

Crise na produção de cacau em Gana afeta a indústria global do chocolate

12.06.2024 13:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.