Crusoé: Macron quer ser amado Crusoé: Macron quer ser amado
O Antagonista

Crusoé: Macron quer ser amado

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 10.06.2024 10:36 comentários
Mundo

Crusoé: Macron quer ser amado

Se o presidente que já foi chamado de "jupiteriano", pelo seu pendor ao narcisismo, acha que os franceses voltarão às urnas só para dizer que o amam, sorte para ele

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 10.06.2024 10:36 comentários 0
Crusoé: Macron quer ser amado
Foto: Paulo Pinto/Agência Brasil

As eleições do Parlamento Europeu que aconteceram entre a quinta, 6, e o domingo, 9, não vão trazer grandes mudanças. O bloco Partido do Povo Europeu (European People’s Party, EPP), de Ursula von der Leyen, atual presidente da Comissão Europeia, foi o mais votado. Os dois principais grupos da direita populista, somados, terão somente 131 das 751 cadeiras. Em Bruxelas, Estrasburgo ou Luxemburgo, os novos parlamentares continuarão discutindo muito e decidindo pouco.

Mas as eleições tiveram um importante resultado: a dissolução do Parlamento francês pelo presidente Emmanuel Macron (foto).

O presidente, cujo partido Renaissance teve 14% dos votos na França (menos da metade dos 31% do Reagrupamento Nacional, RN, de Marine Le Pen), achou por bem convocar um novo Parlamento

Decidi devolver a vocês a escolha do seu futuro parlamentar por meio do voto. Portanto, estou dissolvendo a Assembleia Nacional esta noite”, disse Macron na noite deste domingo, 9. “Esta decisão é séria, pesada. Mas é, acima de tudo, um ato de confiança. Confiança em vocês, meus caros compatriotas. Na capacidade do povo francês de tomar a decisão mais justa.”

Não precisava

Foi uma decisão desnecessária. Macron misturou as eleições nacionais com as do Parlamento Europeu e reagiu de forma exagerada.

Uma coisa é o voto para o Parlamento francês ou para a presidência. Nesse momento, os eleitores estão preocupados com quem irá governá-lo e quem irá elaborar suas leis.

A eleição do Parlamento Europeu é de outra natureza e tem menos importância. Tanto é assim que o comparecimento costuma ser entre 40% e 50%, enquanto que, nas eleições nacionais, o índice fica acima dos 70%.

Quem vota nas eleições para o Parlamento Europeu normalmente são as pessoas mais engajadas, que tendem para os extremos políticos e estão preocupadas com questões que despertam mais paixões, como a criminalidade, o aumento da imigração e o terrorismo (em alguns momentos).

Leia mais aqui; assine Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mundo

Crusoé: como Ramaphosa conseguiu se manter no poder

16.06.2024 15:38 1 minuto de leitura
Visualizar

Aviação executiva tem crescimento exponencial no Brasil

Visualizar

CRICIÚMA X BAHIA: confira os horários e onde assistir ao jogo do Brasileirão

Visualizar

Pelo menos 20 mil pessoas foram resgatadas no Rio Grande do Sul

Visualizar

CUIABÁ X FORTALEZA: confira os horários e onde assistir ao jogo do Brasileirão

Visualizar

Abraços ajudam a diminuir hormônio do estresse

Visualizar

Tags relacionadas

Crusoé Emmanuel Macron França Parlamento Europeu União Europeia
< Notícia Anterior

Real Madrid se recusa a participar do novo Mundial de Clubes: “De jeito Nenhum”

10.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Oportunidades de emprego: concurso público em Pontal do Paraná

10.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Crusoé: como Ramaphosa conseguiu se manter no poder

Crusoé: como Ramaphosa conseguiu se manter no poder

16.06.2024 15:38 1 minuto de leitura
Visualizar notícia
Abraços ajudam a diminuir hormônio do estresse

Abraços ajudam a diminuir hormônio do estresse

16.06.2024 15:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Homens comem mais carne do que mulheres

Homens comem mais carne do que mulheres

16.06.2024 14:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Mudanças Climáticas: estudo relaciona aumento de enxaquecas ao excesso de calor

Mudanças Climáticas: estudo relaciona aumento de enxaquecas ao excesso de calor

16.06.2024 14:24 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.