O Antagonista

Crusoé: Hillel Neuer rebate deputada democrata que tentou naturalizar crimes do Hamas

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 29.01.2024 14:01 comentários
Mundo

Crusoé: Hillel Neuer rebate deputada democrata que tentou naturalizar crimes do Hamas

Alexandria Ocasio-Cortez criticou o cancelamento temporário da ajuda financeira americana para a UNRWA

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 29.01.2024 14:01 comentários 0
Crusoé: Hillel Neuer rebate deputada democrata que tentou naturalizar crimes do Hamas
Foto: reprodução

O diretor-executivo da ONG UN Watch, Hillel Neuer, rebateu nesta segunda, 29, uma publicação da deputada democrata americana Alexandria Ocasio-Cortez, no X, antigo Twitter.

Neuer questionou a tentativa de Alexandria de naturalizar os crimes cometidos pelos terroristas do Hamas no dia 7 de outubro, em Israel, quando morreram 1.200 pessoas e 239 foram levadas como reféns para a Faixa de Gaza (foto).

Mais cedo, nesta segunda, Alexandria criticou o cancelamento temporário da ajuda financeira americana para a UNRWA, depois que foi noticiada a participação de doze funcionários da agência nos atentados do Hamas.

Cortar o apoio à UNRWA – a principal fonte de ajuda humanitária a mais de 2 milhões de habitantes de Gaza – é inaceitável. Numa organização de 13 mil trabalhadores humanitários da ONU, arriscar que milhões de pessoas morram de fome por causa de graves alegações contra doze pessoas é indefensável. Os EUA deveriam restaurar a ajuda imediatamente“, escreveu Alexandria.

Pelo raciocínio da deputada, “só porque doze pessoas participaram dos atentados“, não faria sentido cortar o financiamento americano à UNRWA.

Neuer rebateu o argumento de Alexandria minutos depois, na mesma plataforma digital. “Foram apenas doze ‘trabalhadores humanitários’ da UNRWA que assassinaram e raptaram israelitas. Não temos todos doze colegas que assassinam e sequestram?“, ironizou Neuer.

Não há, pois, como minimizar os crimes cometidos pelos terroristas.

Na mesma mensagem, Neuer trouxe informações de uma reportagem publicada pelo jornal americano Wall Street Journal, baseada em um documento de inteligência israelense.

O jornal afirma que 23% dos funcionários homens da UNRWA têm uma participação ativa na ala militar ou na ala política do Hamas, ou na Jihad Islâmica.

São apenas 1.200 funcionários da UNRWA que também são agentes do Hamas e da Jihad Islâmica. São apenas 3 mil professores da UNRWA cujo grupo de chat celebrou o massacre de 7 de outubro“, escreveu Neuer no X.

Leia mais aqui; assine Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Brasil

Corpo de policial militar que desapareceu durante pescaria é encontrado em Goiás

05.03.2024 08:26 2 minutos de leitura
Visualizar

Suspeito de integrar facção criminosa é preso em Paraíba do Sul

Visualizar

Cuca a Gleisi: “Conhece bem os efeitos de uma descondenação”

Visualizar

Novas oportunidades de Concursos Públicos: Vagas em diversas funções com salários atrativos

Visualizar

Haddad tentará "explicar" reonerações a deputados, de novo

Visualizar

Declaração anual do MEI: entenda qual o efeito no seu Imposto de Renda 2024

Visualizar

Tags relacionadas

Crusoé EUA Hamas Hillel Neuer UN Watch
< Notícia Anterior

Secretário de Haddad acredita em “déficit zero” em 2024

29.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Patinadora Kamila Valieva é banida por 4 anos após escândalo de doping

29.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Estado de emergência no Haiti: Gangues comandam a capital

Estado de emergência no Haiti: Gangues comandam a capital

05.03.2024 07:54 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Imagens falsas de Trump com eleitores negros circulam nas redes

Imagens falsas de Trump com eleitores negros circulam nas redes

Alexandre Borges
05.03.2024 07:51 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Superterça: última chance de Nikki Haley

Superterça: última chance de Nikki Haley

05.03.2024 07:28 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Diplomata brasileiro morre em missão na Ruanda

Diplomata brasileiro morre em missão na Ruanda

04.03.2024 20:46 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.