Crusoé: EUA anunciam pacote bilionário de ajuda a Ucrânia, Israel e Taiwan Crusoé: EUA anunciam pacote bilionário de ajuda a Ucrânia, Israel e Taiwan
O Antagonista

Crusoé: EUA anunciam pacote bilionário de ajuda a Ucrânia, Israel e Taiwan

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 24.04.2024 17:44 comentários
Mundo

Crusoé: EUA anunciam pacote bilionário de ajuda a Ucrânia, Israel e Taiwan

Esta ação estratégica visa a fortalecer parceiros internacionais em meio a intensificações geopolíticas

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 24.04.2024 17:44 comentários 0
Crusoé: EUA anunciam pacote bilionário de ajuda a Ucrânia, Israel e Taiwan
Foto: Reprodução/X Joe Biden

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou, nesta quarta-feira, 24 de abril, um pacote de ajuda externa que totaliza mais de 95 bilhões de dólares destinados, principalmente a Ucrânia, Israel e Taiwan.

Esta ação estratégica visa a fortalecer parceiros internacionais em meio a intensificações geopolíticas.

Os fundos alocados estão distribuídos da seguinte forma: Ucrânia receberá US$ 61 bilhões; Israel, US$ 26 bilhões e Taiwan, US$ 8,12 bilhões.

Este movimento financeiro é complementado por outras medidas estratégicas, como a proibição do TikTok nos EUA e intensificação de sanções contra o Irã.

A ajuda destinada à Ucrânia é especialmente crítica, visto que o país continua enfrentando significantes desafios devido ao conflito prolongado em seu território.

Conforme anunciado pelo Presidente Biden, está previsto o envio imediato de US$ 1 bilhão em ajuda militar, uma resposta às solicitações urgentes do presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky.

Proibição do TikTok

Biden também sancionou uma lei que determina que o aplicativo de rede social TikTok seja vendido para uma empresa de confiança dos americanos dentro de um prazo máximo de 270 dias. Caso isso não aconteça, a plataforma será retirada do ar no país.

A principal preocupação das autoridades dos Estados Unidos está relacionada à alegação de que o TikTok está coletando dados confidenciais de usuários americanos. O governo argumenta que essa prática representa um risco para a segurança nacional, uma vez que existe o temor de que a China possa utilizar essas informações para atividades de espionagem. No entanto, o TikTok nega veementemente essa acusação.

Se a empresa não cumprir a decisão americana, as gigantes da tecnologia Apple e Google serão obrigadas a remover o TikTok de suas lojas de aplicativos, a App Store e a Play Store, respectivamente.

Segundo…

Leia mais em Crusoé

Mundo

Dona do "Call of Duty" é acusada de homicídio culposo por tiroteio em escola dos EUA

24.05.2024 22:26 3 minutos de leitura
Visualizar

Google revisa IA para corrigir erros bizarros

Visualizar

Inmet alerta: Junho deve ser a salvação do Rio Grande do Sul

Visualizar

Ivan Sant'anna na Crusoé: Terra de fronteira – Primeira parte

Visualizar

Boeing e NASA superam desafios e preparam 1° voo tripulado da Starliner

Visualizar

Rodolfo Borges na Crusoé: Um goleiro nunca é o bastante

Visualizar

Tags relacionadas

EUA Israel Taiwan Ucrânia
< Notícia Anterior

Mulher é engolida por cratera dentro de casa e lançada em rio

24.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Mãe é acusada de torturar criança e arremessar bebê no Tocantins

24.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Dona do "Call of Duty" é acusada de homicídio culposo por tiroteio em escola dos EUA

Dona do "Call of Duty" é acusada de homicídio culposo por tiroteio em escola dos EUA

24.05.2024 22:26 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Google revisa IA para corrigir erros bizarros

Google revisa IA para corrigir erros bizarros

24.05.2024 22:02 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ivan Sant'anna na Crusoé: Terra de fronteira – Primeira parte

Ivan Sant'anna na Crusoé: Terra de fronteira – Primeira parte

24.05.2024 21:16 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Boeing e NASA superam desafios e preparam 1° voo tripulado da Starliner

Boeing e NASA superam desafios e preparam 1° voo tripulado da Starliner

24.05.2024 21:15 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.