O Antagonista

Augusto de Franco na Crusoé: Israel não pode ficar isolado

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 02.02.2024 16:24 comentários
Mundo

Augusto de Franco na Crusoé: Israel não pode ficar isolado

A guerra contra o Hamas está sendo uma das menos letais do nosso período histórico

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 02.02.2024 16:24 comentários 0
Augusto de Franco na Crusoé: Israel não pode ficar isolado
Soldado israelense caminha na Faixa de Gaza

Em sua coluna para a edição de número 300 da Crusoé, Augusto de Franco fala sobre a divisão de lados da crise no Oriente Médio. Segundo ele, a democracia de Israel tende a se autocratizar com o esticamento da guerra por motivos políticos internos.

A segunda guerra fria, na qual já estamos imersos, tem uma característica peculiar. Ela não é igual à primeira porque não opõe dois blocos coesionados de países (Leste x Oeste) e sim porque está presente dentro de cada país. A divisão agora não é global e sim glocal. Fomos assaltados, nos anos 20 do século 21, pelo anos 20 do século 20 (a volta de um passado muito anterior ao da primeira guerra fria).

O caso de Israel ilustra bem a situação atual. Israel, a única democracia do Oriente Médio, foi atacado pelo eixo autocrático (na verdade, pelo Irã, conectado à Rússia, por meio de seus braços terroristas Hamas, Hezbollah, Houthis e milícias xiitas do Iraque e da Síria). Mas isso não significa que não exista uma extrema-direita autocrática (e teocrática) na sociedade de Israel e no governo de Israel. Assim como, infelizmente, existe também na sociedade americana (ameaçando voltar ao governo dos EUA com Trump).

Mas não se pode fazer uma conexão mecânica do que acontece em Gaza com os propósitos delirantes dessa força autocrática presente em Israel. Fosse o governo israelense composto por moderados, até por democratas, uma vez colocada em curso uma guerra (não uma ação policial com recursos militares para caçar os terroristas e libertar os reféns, mas uma guerra mesmo), veríamos no teatro de guerra de Gaza alguma coisa muito parecida com o que está acontecendo agora. Ou seja, do fato dos extremistas israelenses estarem no governo e (alguns, pelo menos) terem intenção genocida, não se pode derivar que a ação de Israel na guerra seja orientada por uma intenção genocida.

O Hamas, sim, tem uma intenção genocida. Eliminar um grupo populacional: os judeus (inicialmente os de Israel). A África do Sul, que mantém relações cordiais com o Hamas e atua como fantoche do eixo autocrático, tem uma intenção: condenar falsamente Israel por genocídio.

Leia mais aqui; assine Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Esportes

Estátua de Daniel Alves é vandalizada em Juazeiro, sua cidade natal

28.02.2024 22:00 2 minutos de leitura
Visualizar

A "epidemia geral" de Barroso

Visualizar

Flamengo considera vender Gabigol para lucrar com o atacante

Visualizar

Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

Visualizar

Atacante Yuri Alberto visita crianças com câncer no GACC

Visualizar

Shows de arrecadação eleitoral com artistas, determina TSE

Visualizar

Tags relacionadas

Augusto de Franco coluna Crusoé Crusoé Hamas Israel Terrorismo
< Notícia Anterior

Líder do partido de Maduro ameaça seus opositores e os EUA

02.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Unimed oferece curso gratuito para cuidador de idosos: saiba como se inscrever

02.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Estação Espacial Internacional terá uma mulher na gerência pela primeira vez

Estação Espacial Internacional terá uma mulher na gerência pela primeira vez

28.02.2024 20:14 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Suprema Corte vai julgar caso de imunidade de Trump

Suprema Corte vai julgar caso de imunidade de Trump

28.02.2024 19:28 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Rússia ameaça adotar ação militar caso Suécia entre na OTAN

Rússia ameaça adotar ação militar caso Suécia entre na OTAN

28.02.2024 19:21 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Um morto e dois desaparecidos após problemas em barco de migrantes no Canal da Mancha

Um morto e dois desaparecidos após problemas em barco de migrantes no Canal da Mancha

28.02.2024 18:36 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.