O Antagonista

Ataques iranianos continuam e EUA respondem no Iraque

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 02.02.2024 17:29 comentários
Mundo

Ataques iranianos continuam e EUA respondem no Iraque

Situação tensa se desenrola no Iraque com ataques contínuos entre EUA e milícias apoiadas pelo Irã. Conflitos em escalada aumentam temores de embate direto.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 02.02.2024 17:29 comentários 0
Ataques iranianos continuam e EUA respondem no Iraque
Fonte: Divulgação

A situação do Iraque, um local já amplamente reconhecido por seus conflitos contundentes, parece cada vez mais tensa. Grupos militares apoiados pelo Irã, como o Al-Nujaba, têm sinalizado que irão prosseguir com ataques às forças norte-americanas. Recentemente, um ataque a base dos EUA na Jordânia, que resultou na morte de três militares americanos, causou grande abalo.

O governo do presidente Joe Biden tem se mostrado em alerta e estuda formas eficientes de responder ao atual cenário. Apesar do kataib Hezbollah, grupo de forte influência iraniana no Iraque, interromper operações contra americanos, outras milícias como a liderada por Akram Al-Kaabi, se comprometeram a manter as ofensivas até que as tropas americanas saiam do território do Iraque e cesse as operações em Gaza.

Escalada dos Conflitos

A sequência de ataques tem aumentado a tensão entre Irã e EUA, gerando temores de um embate direto entre ambos os países. A maior parte dos ataques realizados contra as forças dos EUA no Oriente Médio aconteceu após a intervenção de 7 de outubro do Hamas contra Israel.

Essa foi a primeira ocasião na qual militares americanos foram mortos em combate. As ameaças externas não intimidam os grupos de milícia, que segundo Al-Kaabi, responderão apropriadamente a qualquer direcionamento agressivo. Uma crença crescente nos EUA é que a liderança iraniana esteja insegura sobre a atuação dos grupos de milícia que apoia regionalmente.

Irã se defende

O Irã se defende, alegando que não visa conflito, mas está preparado para rebater agressões. Em um pronunciamento, o presidente iraniano, Ebrahim Raisi, informou que o país não tem propósitos bélicos, mas está pronto para contra-atacar qualquer poder opressor que ameaçar a nação.

Desde 7 de outubro, data que marcou o início da guerra em Gaza, 166 ataques foram realizados contra as tropas americanas presentes na Síria e Iraque. Em resposta, os EUA têm realizado ataques no Iraque, Síria e Iêmen, focando em alvos como o Kataib Hezbollah e Al-Nujaba, resultando na morte de importantes figuras dos grupos.

Brasil

Concurso UNIFAL 2024: Oportunidades para níveis técnico e superior com salários de até R$4.556,92

05.03.2024 06:34 2 minutos de leitura
Visualizar

Recorde do Simples Nacional: mais de 650 mil empresas optam pelo regime tributário

Visualizar

Bolsa Família 2024: cronograma de pagamentos em março revelado

Visualizar

Caixa Tem: consulte os benefícios para março, Bolsa Família e PIS/PASEP liberados

Visualizar

Bolsa Família e Imposto de Renda: entenda quando é necessário declarar

Visualizar

Craque Neto detona responsável pela eliminação do Corinthians: "maior culpado"

Visualizar

Tags relacionadas

Estados Unidos Iraque
< Notícia Anterior

Casal condenado à prisão perpétua por assassinato brutal e adolescente no Reino Unido

02.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Sindicatos do servidores federais querem reajuste salarial de 34% para 2024

02.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Diplomata brasileiro morre em missão na Ruanda

Diplomata brasileiro morre em missão na Ruanda

04.03.2024 20:46 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Kate Middleton é vista em público novamente depois de 6 semanas

Kate Middleton é vista em público novamente depois de 6 semanas

04.03.2024 20:25 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Nevasca nos EUA causa estragos e perigo de avalanches

Nevasca nos EUA causa estragos e perigo de avalanches

04.03.2024 20:05 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
ONU diz que China violou direitos humanos

ONU diz que China violou direitos humanos

04.03.2024 19:05 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.