O Antagonista

Sindicatos do servidores federais querem reajuste salarial de 34% para 2024

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 02.02.2024 17:30 comentários
Brasil

Sindicatos do servidores federais querem reajuste salarial de 34% para 2024

Entidades levaram em conta a inflação acumulada de maio de 2016 a dezembro de 2023, além das inflações projetadas do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo para 2024 e 2025.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 02.02.2024 17:30 comentários 0
Sindicatos do servidores federais querem reajuste salarial de 34% para 2024
Foto: Marcos Santos/USP Imagens/via Fotos Públicas

Entidades representantes dos servidores federais estabeleceram um consenso para reivindicar um reajuste salarial para 2024. Com informações do portal Extra/Globo.

Após realizarem reuniões nas últimas semanas com o objetivo de unificar uma proposta, as entidades apresentaram sua contraproposta no Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI).

Proposta sindical para reajuste dos salário dos servidores federais

O documento entregue ao MGI apresenta uma orientação para a recomposição salarial dividida em dois blocos.

O primeiro propõe um reajuste de 34,32%, dividido em três parcelas iguais de 10,34% para 2024, 2025 e 2026.

Essa proposta se destina aos servidores federais que em 2015 firmaram acordos salariais por dois anos (2016 e 2017).

Sob a mesma lógica, foi apresentado um segundo bloco para os servidores que em 2015 fecharam acordos salariais por quatro anos (2016 a 2019).

Nestes casos, a proposta inclui um reajuste de 22,71%, dividido em três parcelas iguais de 7,06%, a partir de 2024.

Além destes pontos, a proposta unificada também reivindica a equiparação de benefícios (alimentação, creche e per capita de saúde) e mais agilidade nas negociações específicas com diferentes categorias.

O impasse com o governo

No final do ano passado, o governo federal formalizou sua proposta de reajuste de benefícios e reestruturação de carreiras.

A sugestão incluiu um ajuste salarial que totaliza 9% em duas parcelas iguais, a primeira em maio de 2025 e a segunda em maio de 2026.

Considerando o aumento anual desse período, o acumulado chegaria a 19,03% entre 2023 e 2026.

Para este ano, o Executivo propôs uma readequação nos valores dos benefícios concedidos aos servidores públicos.

Caso a proposta seja aceita, o auxílio-alimentação saltaria de R$ 658 para R$ 1 mil, a contrapartida dos planos de saúde de R$ 144 para R$ 215, e o auxílio-creche de R$ 321 para R$ 484,90.

Em suma, os auxílios teriam um reajuste de 51,06%.

Expectativa sindical

No embate com o governo, os sindicatos planejam argumentar com base em um estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), que considerou as perdas e reajustes dos últimos anos.

A entidade levou em conta a inflação acumulada de maio de 2016 a dezembro de 2023, além das inflações projetadas do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo para 2024 e 2025.

Com base nessas informações, os sindicatos pretendem peticionar reajustes de 29,49% e 18,30% a serem divididos em três anos (2024, 2025 e 2026).

Com essa contraproposta, as organizações sindicais esperam sensibilizar o governo quanto à necessidade de melhorias salariais para a categoria, considerando o cenário inflacionário atual e as previsões para os próximos anos.

Brasil

Brasil passa de 1 milhão de casos de dengue em 2024

29.02.2024 17:45 3 minutos de leitura
Visualizar

Compromisso democrático, diz União Brasil após eleição de Rueda

Júlia Schiaffarino Visualizar

Fernando participa do primeiro treino com o Inter! Veja

Visualizar

Crusoé: ex-líder catalão é alvo no Supremo da Espanha por terrorismo

Visualizar

Protesto violento na UC Berkeley interrompe evento judaico

Alexandre Borges Visualizar

Médica suspeita de falsos diagnósticos de câncer em esquema milionário

Visualizar

Tags relacionadas

reajuste salarial reajuste servidores servidores federais
< Notícia Anterior

Ataques iranianos continuam e EUA respondem no Iraque

02.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Homem é preso em Itaquiraí após invadir casa e estuprar jovem em Mato Grosso do Sul

02.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Brasil passa de 1 milhão de casos de dengue em 2024

Brasil passa de 1 milhão de casos de dengue em 2024

29.02.2024 17:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Compromisso democrático, diz União Brasil após eleição de Rueda

Compromisso democrático, diz União Brasil após eleição de Rueda

Júlia Schiaffarino
29.02.2024 17:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Médica suspeita de falsos diagnósticos de câncer em esquema milionário

Médica suspeita de falsos diagnósticos de câncer em esquema milionário

29.02.2024 17:09 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Nove detentos escapam de presídio em Santa Luzia, Belo Horizonte

Nove detentos escapam de presídio em Santa Luzia, Belo Horizonte

29.02.2024 17:04 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.