O Antagonista

Associações alemãs pressionam pela proibição do partido AfD

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 17.06.2024 09:33 comentários
Mundo

Associações alemãs pressionam pela proibição do partido AfD

“Trata-se de defender a nossa democracia contra ameaças misantrópicas e étnicas – e é isso que a AfD representa”, afirmou o advogado Björn Elberling

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 17.06.2024 09:33 comentários 0
Associações alemãs pressionam pela proibição do partido AfD
Reprodução

Após o sucesso da AfD nas eleições europeias, uma aliança de associações sociais e advogados quer pressionar pela proibição do partido, acusado de extremismo.

A aliança apela aos órgãos constitucionais responsáveis para que proíbam a AfD, alegando que o partido está trabalhando abertamente com “racismo e populismo”, ferindo, portanto a Lei Básica que visa proteger a dignidade humana.

A Lei Básica contém a possibilidade de proibir certos partidos, a fim de evitar uma repetição da catástrofe do Nacional-Socialismo”, disse o advogado, Björn Elberling. “Trata-se de defender a nossa democracia contra ameaças misantrópicas e étnicas – e é isso que a AfD representa”, continuou.

Apenas o Bundestag (parlamento da Alemanha), o Bundesrat (órgão constitucional Alemanha) ou o Governo Federal podem apresentar um pedido de proibição de um partido. A aliança, portanto, apela a estes órgãos constitucionais para iniciarem um procedimento correspondente. O objetivo é aumentar a pressão pública sobre os intervenientes responsáveis.

Os obstáculos para proibir um partido são grandes. Até agora, os especialistas têm discutido se a AfD como um todo é inconstitucional.

A AfD na Turíngia, Saxónia-Anhalt e Saxónia é considerada como extremista de direita e toda a organização é, pelo menos, suspeita de extremista de direita há três anos.

A AfD radicalizou-se significativamente desde então, diz o advogado Elberling, e objetivos étnicos como a exclusão e a expulsão seriam agora centrais para o partido: “Apelamos àqueles que têm direito a candidatar-se para proteger a democracia, o Estado de direito e a maioria neste país. Judeus, muçulmanos, pessoas queer, mulheres, esquerdistas, liberais, incluindo trabalhadores e desempregados, estariam em perigo neste país se a AfD fosse capaz de prosseguir a sua política”, afirma o advogado da aliança pela proibição do partido.

O governo e a oposição discutem há muito tempo sobre a proibição da AfD. Os Verdes apoiam a causa, tal como muitos membros do SPD. A Ministra Federal Social-democrata do Interior, Nancy Faeser, manteve-se recentemente cautelosa, dizendo que a primeira coisa a fazer é derrotar a AfD nas urnas.

O primeiro-ministro de Schleswig-Holstein, Daniel Günther (CDU), pede novamente a proibição, enquanto o líder do seu partido, Friedrich Merz, adverte que isso levará anos e que o partido poderá então jogar com mais sucesso com o estatuto de mártir que já cultivou.

Mais Lidas

1

"O melhor antídoto para a ideologia 'woke' é conhecer a verdade"

Visualizar notícia
2

Lula aplaudirá banho de sangue prometido por Maduro, diz Mourão

Visualizar notícia
3

Crusoé: Os crimes da areia

Visualizar notícia
4

Israel intercepta míssil lançado pelos Houthis no Iêmen

Visualizar notícia
5

Bolsonaro teve 6 encontros com suposto informante da Receita

Visualizar notícia
6

Crescem indícios de que chefe militar do Hamas foi morto, dizem FDI

Visualizar notícia
7

Correspondentes estrangeiros condenam ameaças de Maduro

Visualizar notícia
8

Lulopetismo faz do Brasil um anão diplomático cada vez menor

Visualizar notícia
9

Campanha de Trump já se prepara para Kamala Harris

Visualizar notícia
10

Pesquisas dão vantagem a Trump sobre Biden

Visualizar notícia

Tags relacionadas

Alemanha extrema direita
< Notícia Anterior

Rio Grande do Sul deve ter semana de chuvas fortes

17.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Crusoé: A grande catástrofe humanitária se avizinha, desta vez no Sudão

17.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

O Antagonista é um dos principais sites jornalísticos de informação e análise sobre política do Brasil. Sua equipe é composta por jornalistas profissionais, empenhados na divulgação de fatos de interesse público devidamente verificados e no combate às fake news.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Entenda o que é o efeito La Niña

Entenda o que é o efeito La Niña

21.07.2024 14:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Home office pode ser banido de empresas pelo presencial

Home office pode ser banido de empresas pelo presencial

21.07.2024 13:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Serviço Secreto admite ter rejeitado pedidos de Trump por mais segurança

Serviço Secreto admite ter rejeitado pedidos de Trump por mais segurança

21.07.2024 13:42 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Dívida do Reino Unido atinge níveis recordes

Dívida do Reino Unido atinge níveis recordes

21.07.2024 13:25 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.