Apple é forçada a reduzir preços na China para confrontar Huawei Apple é forçada a reduzir preços na China para confrontar Huawei
O Antagonista

Apple é forçada a reduzir preços na China para confrontar Huawei

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 20.05.2024 12:51 comentários
Mundo

Apple é forçada a reduzir preços na China para confrontar Huawei

Esta decisão vem em um momento crítico, onde a empresa enfrenta concorrência acirrada no setor de smartphones

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 20.05.2024 12:51 comentários 0
Apple é forçada a reduzir preços na China para confrontar Huawei
Fonte: Divulgação / Apple

A Apple, gigante norte-americana de tecnologia, recentemente iniciou uma campanha agressiva de descontos em iPhones na China. Esta decisão vem em um momento crítico, onde a empresa enfrenta concorrência acirrada no setor de smartphones de alto padrão.

Quais são os detalhes dessa campanha de descontos?

Entre os dias 20 e 28 de maio, a Apple estará oferecendo reduções substanciais nos preços dos seus produtos. O maior desconto anunciado é no modelo de 1 TB do iPhone 15 Pro Max, chegando a até 2.300 iuans (aproximadamente R$ 1.600). Outros modelos, como a versão de 128 GB do iPhone 15 básico, também estão com preços reduzidos significativamente em 1.400 iuans.

Por que a Apple está fazendo esses descontos agora?

A estratégia de preços agressivos pode ser vista como uma resposta ao aumento da pressão competitiva. Rivalizando com a Apple, a Huawei, outro gigante da tecnologia na China, lançou recentemente a série Pura 70, que segue o lançamento do popular Mate 60 em agosto do ano passado. Esta competição acirrada ameaça a parcela de mercado da Apple, especialmente em um mercado tão valioso quanto o chinês.

Qual foi o impacto das campanhas anteriores de descontos da Apple?

Apesar do cenário competitivo, a estratégia de descontos da Apple tem mostrado resultados positivos. A campanha de fevereiro, por exemplo, parece ter ajudado a empresa a mitigar a desaceleração das suas vendas na China. Em março de 2024, a Apple viu um aumento de 12% nas suas vendas, comparado à queda de 37% nos dois primeiros meses do ano, segundo dados da China Academy of Information and Communications Technology (CAICT).

Observações Relevantes sobre o Mercado

  • A competitividade no mercado de tecnologia na China é intensa, com empresas locais desafiando marcas globais.
  • A estratégia de oferecer descontos substanciais pode ser crucial para a Apple manter sua relevância entre os consumidores chineses.

Diante desses desafios, a Apple não apenas procura manter sua presença no mercado, mas também fortalecer sua posição competitiva frente a gigantes locais como a Huawei. A guerra de preços, ao que tudo indica, é apenas um aspecto de uma batalha mais ampla pelo domínio do mercado de smartphones de alto padrão na China.

Esportes

CazéTV anuncia transmissão da Copa do Mundo de Futsal

23.06.2024 17:45 3 minutos de leitura
Visualizar

Previsão do Tempo: Santa Catarina em alerta para temporais extremos

Visualizar

Aumento do nível do mar coloca cidades brasileiras em risco

Visualizar

Rouge: Confusões internas e troca de farpas

Visualizar

Nike relança camisa da seleção de 1998 e preço surpreende

Visualizar

Portabilidade de dívida do cartão de crédito é aprovada

Visualizar

Tags relacionadas

Apple China Huawei preços
< Notícia Anterior

Presidente do Corinthians viaja a Europa para vender Wesley

20.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Exército recua e reduz acesso de PMs a armas de uso restrito

20.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

México assolado por onda de calor mortal

México assolado por onda de calor mortal

23.06.2024 16:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Filipinas e a acusação de ataque da China

Filipinas e a acusação de ataque da China

23.06.2024 16:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Mais pessoas morrem em enchentes na Suiça

Mais pessoas morrem em enchentes na Suiça

23.06.2024 15:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ataque em igreja e sinagoga deixa 7 mortos no Daguestão

Ataque em igreja e sinagoga deixa 7 mortos no Daguestão

23.06.2024 15:44 1 minuto de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.