O Antagonista

2024 pode ser o ano mais quente do mundo

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 08.07.2024 19:40 comentários
Mundo

2024 pode ser o ano mais quente do mundo

O mundo está em perigo! Junho registrou as temperaturas mais altas já vistas, e 2024 pode se tornar o ano mais quente da história.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 08.07.2024 19:40 comentários 0
2024 pode ser o ano mais quente do mundo
Onda de calor está afetando o turismo na Europa. Imagem: Freepik

Em um relatório recente divulgado pelo Serviço de Monitoramento das Mudanças Climáticas da União Europeia, conhecido como Copernicus Climate Change Service (C3S), foi confirmado que o último mês de junho foi o mais quente já registrado. Esta sequência de temperaturas excepcionais coloca o ano de 2024 no caminho para ser o mais quente documentado até hoje.

Desde junho de 2023, cada mês se superou como o mais quente em comparação com os mesmos meses dos anos anteriores. Essa tendência contínua parece não desacelerar, levando a consequências catastróficas mundialmente. Durante a peregrinação haj do mês passado, mais de 1.000 pessoas morreram devido ao intenso calor, com ondas de calor severas afetando também áreas em Nova Deli e entre turistas na Grécia.

Quais Fatores Estão Contribuindo Para Este Aquecimento Global?

O fenômeno natural El Niño, que aquece as águas da superfície do Oceano Pacífico Oriental, é um dos fatores que eleva as temperaturas médias globais. Embora esse fenômeno seja cíclico, condições neutras foram observadas nos últimos meses, com expectativas de transição para o resfriador fenômeno La Niña ainda este ano.

Impactos do Aumento das Emissões de Gases de Efeito Estufa

As emissões provenientes da queima de combustíveis fósseis, como petróleo, gás natural e carvão, são as principais causadoras das mudanças climáticas. Apesar das promessas globais de reduzir essas emissões, pouco progresso foi feito coletivamente, levando a um aumento contínuo das temperaturas ao longo das últimas décadas.

Como a Comunidade Científica Está Reagindo?

Segundo Friederike Otto, cientista climática do Grantham Institute do Imperial College London, existe uma “grande probabilidade” de 2024 ser o ano mais quente já registrado. Ela enfatiza que, embora não possamos impedir fenômenos naturais como o El Niño, é possível e necessário parar de queimar combustíveis fósseis para mitigar o aquecimento global.

Enquanto o planeta enfrenta essas temperaturas recordes, relatórios e análises continuam a ser fundamentais para entender e comunicar o progresso e os desafios da crise climática global. O trabalho de instituições e pesquisadores é essencial para pressionar por mudanças significativas nas políticas ambientais e práticas industriais em todo o mundo.

As próximas etapas em direção a uma maior sustentabilidade são cruciais, e a redução das emissões de gases de efeito estufa está no centro dessas ações. A contribuição de cada país, empresa e indivíduo é fundamental para enfrentar um dos maiores desafios do nosso tempo: o aquecimento global.

Mais Lidas

1

Agora até Tolkien é "extrema-direita"

Visualizar notícia
2

Musk: "Obrigado, Alex Soros, por revelar quem será o próximo fantoche"

Visualizar notícia
3

Contingenciamento: o golpe está aí, cai quem quer

Visualizar notícia
4

O "reizinho" do governo Lula

Visualizar notícia
5

"JD Vance, não Kamala Harris, representa o sonho americano"

Visualizar notícia
6

Por que o Amapá recebe tanta emenda parlamentar?

Visualizar notícia
7

"Joe Biden desiste da candidatura, mas não da Casa Branca. E agora?"

Visualizar notícia
8

Netanyahu volta aos EUA em busca de apoio contra o terror

Visualizar notícia
9

Estados Unidos de Maceió

Visualizar notícia
10

Democratas sacrificaram Biden para buscar também a maioria no Congresso

Visualizar notícia

Tags relacionadas

calor calor extremo onda de calor
< Notícia Anterior

Fiat Strada lidera as picapes mais vendidas no primeiro semestre de 2024

08.07.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Sala Antagonista #21: Rodrigo Pastore, co-CEO Pastore Turismo

08.07.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Avanços em testes genéticos podem identificar cegueira em cães

Avanços em testes genéticos podem identificar cegueira em cães

22.07.2024 11:46 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Identitarismo pode ajudar Kamala Harris?

Crusoé: Identitarismo pode ajudar Kamala Harris?

22.07.2024 11:42 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Suzuki Burgman Street 125EX: Elegância e economia para o mercado de scooters

Suzuki Burgman Street 125EX: Elegância e economia para o mercado de scooters

22.07.2024 11:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Âncora causa revolta ao dizer que ser judeu é risco político

Âncora causa revolta ao dizer que ser judeu é risco político

Alexandre Borges
22.07.2024 11:26 4 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.