Jogo da Copa do Brasil terá arbitragem 100% Feminina Jogo da Copa do Brasil terá arbitragem 100% Feminina
O Antagonista

Jogo da Copa do Brasil terá arbitragem 100% Feminina

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 22.05.2024 08:00 comentários
Esportes

Jogo da Copa do Brasil terá arbitragem 100% Feminina

Edina Alves será a árbitra de campo, que terá as assistentes Neuza Back e Fabrini Bevilaqua Costa e mais 8 mulheres completando a equipe.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 22.05.2024 08:00 comentários 0
Jogo da Copa do Brasil terá arbitragem 100% Feminina
Jogo da Copa do Brasil terá arbitragem 100% Feminina. Foto: Staff Images / CBF

Em um momento histórico para o futebol brasileiro, uma equipe de arbitragem inteiramente feminina foi escalada pela CBF para atuar em uma partida da Copa do Brasil, marcando um avanço significativo na representatividade feminina no esporte.

O jogo em questão será entre Fluminense e Sampaio Corrêa, nesta quarta-feira, 22, as 19 horas, decidindo uma vaga para as oitavas de final do torneio.

Arbitragem 100% feminina na Copa do Brasil

A presença de uma equipe 100% feminina em um campo tradicionalmente dominado por homens não apenas destaca a igualdade de gênero, mas também reforça o caráter profissional e competente das mulheres no esporte.

Esse evento se torna um marco, inspirando futuras gerações a buscar equidade e reconhecimento em todas as áreas de atuação.

Detalhes do jogo histórico na Copa do Brasil

O confronto entre Fluminense e Sampaio Corrêa desta quarta-feira, acontece no estádio do Maracanã, com a arbitragem liderada por Edina Alves, árbitra da FIFA de São Paulo.

Alves, juntamente com suas assistentes Neuza Back e Fabrini Bevilaqua Costa, ambas também da FIFA-SP, serão as responsáveis pela partida.

A equipe será completa por mais oito profissionais femininas, incluindo a responsável pelo VAR, Charly Wendy, demonstrando a capacidade e a expansão do papel das mulheres no futebol.

Impacto reações à arbitragem feminina no futebol

Regildênia Moura, primeira mulher membro da Comissão de Arbitragem da CBF e um nome chave para o desenvolvimento da arbitragem feminina no país, expressou grande satisfação e orgulho com o acontecimento.

Segundo ela, essa situação é resultado da competência e do profissionalismo das mulheres, que estão cada vez mais preparadas e aproveitando as oportunidades.

A iniciativa recebeu apoio e reconhecimento dentro da comunidade do futebol, inspirando outras organizações a seguir um caminho similar.

A demonstração de competência e liderança feminina na Copa do Brasil não apenas celebra o sucesso das mulheres na arbitragem, mas também ressalta a importância da inclusão e da diversidade nos esportes.

Celebrando por todos

Esse tipo de ação tem um impacto duradouro na luta pela igualdade de gênero, mostrando que o futebol realmente é para todos.

A postura progressista adotada pela CBF e as estratégias de inclusão adotadas mostram um futuro promissor, onde o papel da mulher na sociedade e no esporte continuará crescendo e ganhando o destaque que merece.

Este evento histórico não apenas serve como um ponto de mudança, mas também como uma fonte de inspiração para que mais mulheres vejam no futebol um espaço de realização e sucesso.

Brasil

São João em São Paulo: Guia completo para 2024

20.06.2024 22:00 5 minutos de leitura
Visualizar

12 migrantes mortos são resgatados do mar pelo governo italiano

Visualizar

Cracolândia: Grades e operações policiais causam polêmicas

Visualizar

Lula quer monopólio da autonomia

Visualizar

Crusoé: Seoul considera armar Ucrânia após acordo entre Rússia e Coreia do Norte

Visualizar

São João no Rio de Janeiro: descubra os melhores arraiais da cidade

Visualizar

Tags relacionadas

arbitragem Copa do Brasil
< Notícia Anterior

Egito bloqueia combustível e complica Gaza ainda mais

22.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Ata do FED deve ditar humor do mercado

22.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Cássio fala sobre motivos para deixar o Corinthians

Cássio fala sobre motivos para deixar o Corinthians

20.06.2024 20:50 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Fluminense em crise: a luta de Fernando Diniz por sobrevivência no Brasileirão

Fluminense em crise: a luta de Fernando Diniz por sobrevivência no Brasileirão

20.06.2024 20:02 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Torcedores do Corinthians fazem protesto inflamado

Torcedores do Corinthians fazem protesto inflamado

20.06.2024 19:17 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Vasco demite o técnico Álvaro Pacheco

Vasco demite o técnico Álvaro Pacheco

20.06.2024 19:13 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.