Caixa aguarda Corinthians para quitar dívida da Arena Caixa aguarda Corinthians para quitar dívida da Arena
O Antagonista

Caixa aguarda Corinthians para quitar dívida da Arena

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 21.03.2024 16:00 comentários
Esportes

Caixa aguarda Corinthians para quitar dívida da Arena

Gestão anterior do alvinegro havia esboçado uma proposta de quitação que envolvia mais de R$ 531 milhões, que foi recusada pelo banco.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 21.03.2024 16:00 comentários 0
Caixa aguarda Corinthians para quitar dívida da Arena
Santos x Bragantino: semifinal na Neo Química Arena tem 40 mil ingressos vendidos. Foto: Reprodução Twitter (X) do Corinthians. tnt sports

Carlos Vieira Fernandes, presidente da Caixa Econômica Federal, falou sobre o andamento das negociações entre o banco estatal e o Corinthians para a quitação da dívida referente ao financiamento da Neo Química Arena.

Desde fevereiro, quando a nova diretoria do Corinthians buscou uma aproximação com a Caixa, a intenção tem sido encontrar uma solução definitiva para o financiamento do estádio, cujo saldo devedor gira em torno de R$ 706 milhões.

Caixa aguarda Corinthians para quitar dívida da Neo Química Arena

Em entrevista ao site poder360, Fernandes destacou que o diálogo com o Corinthians está aberto, mas até o momento uma proposta concreta ainda não foi apresentada pelo clube.

“Estamos numa fase de diálogo com eles para encontrar um melhor termo de quitação dessa dívida”, afirmou o presidente da Caixa.

Essas discussões são cruciais para o futuro financeiro do clube, que busca mecanismos para liberar o estádio e oferecê-lo em garantia para a quitação da dívida.

Plano do Timão para quitar a casa própria

A gestão anterior do Corinthians, presidida por Duílio Monteiro Alves, já havia esboçado uma proposta de quitação que envolvia mais de R$ 531 milhões.

Desse total, R$ 356 milhões viriam do acordo com a Hypera Pharma pelo naming rights do estádio.

Além disso, o clube propôs uma compra, com um significativo desconto, de precatórios que o banco deveria pagar a longo prazo, somando aproximadamente R$ 175 milhões à proposta de pagamento.

É importante ressaltar que, somente em 2023, quase R$ 100 milhões foram repassados ao banco referentes a juros da dívida.

Pelo acordo vigente, o pagamento principal, que efetivamente reduzirá a dívida principal, está previsto para começar apenas em 2025.

O Corinthians está comprometido, neste ano, com o pagamento de quatro parcelas trimestrais, cujo valor é influenciado pela taxa de juros nacional.

Estima-se que o clube desembolsará cerca de R$ 80 milhões em 2024 apenas para a amortização de juros.

Negociações afetam o futuro

Essa negociação é mais do que uma questão financeira para o Corinthians; é uma questão que afeta diretamente o futuro do clube em diversos aspectos.

A forma como essa dívida será gerenciada pode influenciar não apenas a saúde financeira do clube, mas também sua capacidade de investir em melhorias, seja nas estruturas do clube ou na contratação de novos talentos.

Além disso, a relação do clube com a Caixa Econômica Federal e outros parceiros comerciais também pode ser impactada, dependendo do desfecho dessas negociações.

A postura aberta ao diálogo por parte da Caixa Econômica é um sinal positivo, mas o Corinthians precisa apresentar propostas sólidas que garantam a quitação da dívida, ao mesmo tempo em que preservem a estabilidade financeira do clube.

Sob a liderança de Augusto Melo, o Timão tem o desafio de encontrar um equilíbrio entre as demandas da Caixa e a realidade financeira do Corinthians, para que ambos possam chegar a um acordo benéfico e viável.

Esportes

Athletico-PR vence o Danubio pela Sul-Americana e segue 100%

24.04.2024 23:00 3 minutos de leitura
Visualizar

Botafogo vence o Universitario pela Libertadores com golaço de Luiz Henrique

Visualizar

Flamengo na Libertadores: Tite faz mudanças de última hora na escalação

Visualizar

O cinismo de André Janones sobre rachadinha

Visualizar

PC-RJ indicia suspeitos por assassinato de advogado a queima roupa

Visualizar

20 toneladas de queijo sao apreendidas em Minas Gerais

Visualizar

Tags relacionadas

Arena Corinthians Caixa Econômica corinthians corintiano Neo Química Arena
< Notícia Anterior

Vasco anuncia a demissão de Alexandre Mattos

21.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Menos de 15% do público-alvo para dengue está vacinado

21.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Athletico-PR vence o Danubio pela Sul-Americana e segue 100%

Athletico-PR vence o Danubio pela Sul-Americana e segue 100%

24.04.2024 23:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Botafogo vence o Universitario pela Libertadores com golaço de Luiz Henrique

Botafogo vence o Universitario pela Libertadores com golaço de Luiz Henrique

24.04.2024 22:15 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Flamengo na Libertadores: Tite faz mudanças de última hora na escalação

Flamengo na Libertadores: Tite faz mudanças de última hora na escalação

24.04.2024 21:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Botafogo na Libertadores: com lesão, Tiquinho deixa o campo com apenas 7 minutos

Botafogo na Libertadores: com lesão, Tiquinho deixa o campo com apenas 7 minutos

24.04.2024 20:47 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.