Mercados se recuperam às vésperas de ata do Copom Mercados se recuperam às vésperas de ata do Copom
O Antagonista

Mercados se recuperam às vésperas de ata do Copom

avatar
Rodrigo Oliveira
2 minutos de leitura 27.03.2023 17:28 comentários
Economia

Mercados se recuperam às vésperas de ata do Copom

Investidores em compasso de espera pela divulgação da ata do Copom (Comitê de Política Monetária), que pode moderar o tom do comunicado da semana passada, quando o colegiado decidiu manter a Selic inalterada em 13,75% a.a....

avatar
Rodrigo Oliveira
2 minutos de leitura 27.03.2023 17:28 comentários 0
Mercados se recuperam às vésperas de ata do Copom
Foto: Diego Padgurschi/Folhapress

Investidores em compasso de espera pela divulgação da ata do Copom (Comitê de Política Monetária), que pode moderar o tom do comunicado da semana passada, quando o colegiado decidiu manter a Selic inalterada em 13,75% a.a.. Essa, pelo menos, é a expectativa do ministro Fernando Haddad, que considerou o texto liberado na quarta-feira passada “preocupante”.

Os juros futuros reagiram bem durante o dia com recuo das taxas em praticamente todos os vencimentos. A curva, porém, continua a transferir as possibilidades de um corte na Selic para junho. Amanhã, a ata do Copom deve trazer um pouco mais de luz sobre os próximos passos do Banco Central que, no comunicado, pareceu indicar a manutenção da taxa básica de juros no patamar atual durante um longo período.

Enquanto isso, o Ibovespa, principal índice acionário do país, subiu puxado pelas petroleiras com a recuperação dos preços internacionais de petróleo. Para se ter uma ideia, o barril tipo Brent acumulava mais de 4,30% de alta no dia.

Por fim, o dólar perdeu força contra os emergentes durante a sessão, com expectativas renovadas de que o FED (Federal Reserve) não terá espaço para continuar a subir os juros em função dos problemas com o sistema bancário local. O real conseguiu recuperar parte da desvalorização recente e encerrou o dia como a segunda moeda com melhor performance entre os emergentes, atrás apenas do peso colombiano. O dólar fechou cotado a R$ 5,20, em queda de 0,84%.

Mundo

Vancouver em pânico com incêndio misterioso em ponte ferroviária

21.06.2024 10:43 3 minutos de leitura
Visualizar

Chuvas avançam no interior do Rio Grande do Sul nesta 6°feira

Visualizar

CBA anuncia distrato do contrato de venda da Niquelândia

Visualizar

Land Rover e Chery lançam parceria estratégica para produção de veículos elétricos

Visualizar

Imposto de Renda: uma surpresa bilhões para os brasileiros

Visualizar

Príncipe William completa 42 anos com fotos da Família

Visualizar

Tags relacionadas

Bolsa de Valores
< Notícia Anterior

"Contra o populismo", Moro se reúne com 3 ex-presidentes

27.03.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Líder do governo na Câmara apoia Lira em crise das MPs

27.03.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Rodrigo Oliveira

Jornalista pela UnB (Universidade de Brasília), pós-graduado em Marketing &amp; Mídias Digitais pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) e especializado em finanças e negócios. É Analista de Valores Mobiliários (CNPI) certificado pela Apimec (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais) com quatro anos de experiência profissional no mercado financeiro.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

CBA anuncia distrato do contrato de venda da Niquelândia

CBA anuncia distrato do contrato de venda da Niquelândia

21.06.2024 10:39 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Imposto de Renda: uma surpresa bilhões para os brasileiros

Imposto de Renda: uma surpresa bilhões para os brasileiros

21.06.2024 10:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Bolsa Família: mudanças trazem alívio financeiro para trabalhadores rurais

Bolsa Família: mudanças trazem alívio financeiro para trabalhadores rurais

21.06.2024 10:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
FGTS: entenda a nova regra que pode aumentar seu rendimento

FGTS: entenda a nova regra que pode aumentar seu rendimento

21.06.2024 09:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.