Mão de Lula na Petrobras mascara prejuízo milionário Mão de Lula na Petrobras mascara prejuízo milionário
O Antagonista

Mão de Lula na Petrobras mascara prejuízo milionário

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 14.03.2024 09:53 comentários
Economia

Mão de Lula na Petrobras mascara prejuízo milionário

A estatal se dispôs a perder quase meio bilhão de reais em oito meses para salvar a Unigel, fabricante de fertilizantes, da bancarrota

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 14.03.2024 09:53 comentários 0
Mão de Lula na Petrobras mascara prejuízo milionário
Foto Lula Marques/ Agência Brasil

A crise em torno dos dividendos extras da Petrobras, que não foram pagos por interferência do presidente Lula na estatal, mascarou um contrato em que a petroleira se dispôs a perder quase meio bilhão de reais em oito meses para salvar a Unigel, fabricante de fertilizantes, da bancarrota.

Segundo O Globo, a companhia, que arrendou duas fábricas da Petrobras em 2019 — uma na Bahia e outra em Sergipe —, precisou paralisar as unidades após ter prejuízo em 2023.

Com bons amigos no governo, que intermediou a negociação, a Petrobras e a Unigel fecharam um acordo para que a estatal comandada pelo petista Jean Paul Prates forneça gás à empresa em troca de fertilizantes para comercialização.

Contudo, com preços do gás estão em alta e os dos fertilizantes em queda, os técnicos do Tribunal de Contas da União (TCU) calculam que a Petrobras poderá ter um prejuízo de 487 milhões de reais caso mantenha o acordo.

A desculpa da Petrobras

A diretoria da Petrobras justificou o contrato dizendo que o prejuízo de financiar a Unigel é menor do que fechar definitivamente as unidades arrendadas.

A diferença, que corresponde a 100 milhões de reais, seria o custo caso os funcionários da Petrobras entrassem em greve em protesto contra as demissões na Unigel.

O ministro do TCU, Benjamin Zymler, relator do caso, questiona como o fechamento de uma empresa privada com apenas 255 funcionários poderia paralisar a Petrobras.

Após a divulgação do relatório do TCU, surgiram denúncias de pressões sobre técnicos da Petrobras para validar o contrato.

Um dos alertas recebidos, diz o jornal, afirmava que funcionários do setor de recursos humanos foram coagidos a endossar o cálculo do risco de greve para justificar o acordo. Diante disso, foi iniciada uma auditoria interna que investigou e-mails, confiscou celulares e interrogou diversos executivos.

Os funcionários envolvidos negaram terem sido coagidos e a auditoria concluiu que nada de irregular havia ocorrido.

Leia mais:

Presidente da Petrobras admite e defende intervenção de Lula

A culpa não foi só de Dilma

Lula volta a tumultuar debate econômico

De volta para o passado

Mundo

Tesla aprova pagamento de 56 bilhões para Elon Musk

13.06.2024 21:11 3 minutos de leitura
Visualizar

PT acuado no Congresso, sem mensalão e petrolão

Visualizar

Lula alopra sobre IA e “Sul Global”

Visualizar

Chuvas causam inundações no Chile e deixam centenas desabrigados

Visualizar

O lero-lero de Lula sobre Putin

Visualizar

Deputado quer incluir aumento de pena para crime de estupro em PL anti-aborto

Visualizar

Tags relacionadas

Jean Paul Prates Lula Petrobras
< Notícia Anterior

Gerson, do Flamengo, se prepara para retirada dos pontos da cirurgia

14.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Concurso Prefeitura de Arroio do Sal: 364 vagas salário de até R$ 11.8 mil!

14.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Mercado gosta de ser enganado, e Haddad...

Mercado gosta de ser enganado, e Haddad...

Rodrigo Oliveira
13.06.2024 18:44 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
FGTS: a decisão que pode alterar a compra da Casa Própria

FGTS: a decisão que pode alterar a compra da Casa Própria

13.06.2024 15:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Cadastro Único: a chave para diversos benefícios liberados

Cadastro Único: a chave para diversos benefícios liberados

13.06.2024 15:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Saques do Abono Salarial PIS/Pasep começam em junho

Saques do Abono Salarial PIS/Pasep começam em junho

13.06.2024 13:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.