Governo insiste em indicar nome rejeitado pela Petrobras para conselho Governo insiste em indicar nome rejeitado pela Petrobras para conselho
O Antagonista

Governo insiste em indicar nome rejeitado pela Petrobras para conselho

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 22.01.2024 09:47 comentários
Economia

Governo insiste em indicar nome rejeitado pela Petrobras para conselho

O Ministério de Minas e Energia formalizou a indicação do advogado Renato Campos Galuppo para integrar o Conselho de Administração da Petrobras...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 22.01.2024 09:47 comentários 0
Governo insiste em indicar nome rejeitado pela Petrobras para conselho
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O Ministério de Minas e Energia formalizou a indicação do advogado Renato Campos Galuppo para integrar o Conselho de Administração da Petrobras. A comunicação foi feita através de um ofício enviado ao presidente do comitê, Pietro Sampaio Mendes, no sábado, 20.

Galuppo foi apontado para ocupar a vaga deixada por Efrain Pereira da Cruz, que renunciou ao cargo de secretário-executivo da pasta em 11 de janeiro.

A indicação de Galuppo foi formalizada pelo ministro Alexandre Silveira. Segundo o titular da pasta, o nome do advogado recebeu aprovação prévia da Casa Civil.

Indicação rejeitada no passado

Renato Campos Galuppo teve sua indicação para a Petrobras rejeitada em março de 2023.

Na época, o Conselho de Administração da estatal reprovou o advogado por sua vinculação com o partido político Cidadania.

Em dezembro, a Petrobras conseguiu a revogação da liminar que impedia alterações no Estatuto Social da empresa, flexibilizando a norma interna para a indicação de políticos.

Disputa pelos novos representantes dos acionistas

A saída de Efrain Pereira da Cruz acirrou a disputa sobre quais serão os novos representantes dos acionistas da Petrobras.

Segundo o Estadão, o Ministério de Minas e Energia quer que Galuppo permaneça no conselho após a assembleia-geral ordinária prevista para março, na qual serão renovados os membros do comitê.

Alexandre Silveira também manifestou a intenção de manter Pietro Sampaio Mendes, Bruno Moretti e Jean Paul Prates, o atual presidente da estatal, no conselho de administração da Petrobras.

Vitor Saback, outro integrante do conselho que representa o governo, também tem chances de ser reconduzido ao conselho, mas o governo ainda não oficializou o pedido de permanência dele.

Lei das Estatais

Membro diretório nacional do Cidadania até março de 2022, Renato Galuppo foi considerado impedido para atuar no Conselho de Administração da Petrobras em 2023. Além de ferir as regras internas da Petrobras, sua indicação era vedada pela Lei das Estatais, que impõe uma quarentena de três anos para políticos ou dirigentes partidários ocuparem cargos em estatais e empresas de economia mista.

No entanto, Ricardo Lewandowski suspendeu os efeitos desse trecho da Lei das Estatais antes de se aposentar do Supremo Tribunal Federal.

Mundo

Nvidia atinge quase U$ 3 trilhões em valor de mercado e cola na Apple

28.05.2024 21:02 3 minutos de leitura
Visualizar

Governo Lula sofre derrotas em série e é atropelado pelo Congresso

Wesley Oliveira, Wilson Lima Visualizar

Crusoé: O que Robert De Niro não sabe sobre Trump

Visualizar

PL das blusinhas: vai sobrar para o povo

Visualizar

Conmebol acata pedido e Gabigol vai usar 99 na libertadores

Visualizar

Como cada parlamentar votou no veto ao PL das saidinhas

Visualizar

Tags relacionadas

Alexandre Silveira Conselho de Administração da Petrobras Ministério de Minas e Energia Petrobras
< Notícia Anterior

Idoso de 93 anos morre após ataque de abelhas em estacionamento

22.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Lula vai barrar jeton de R$ 5,4 bi nas emendas de comissão

22.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Em busca de acordo, relator reduz taxa das ‘blusinhas da Shein’

Em busca de acordo, relator reduz taxa das ‘blusinhas da Shein’

28.05.2024 20:33 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Relator propõe taxar ‘blusinhas da Shein’ em 25%

Relator propõe taxar ‘blusinhas da Shein’ em 25%

Wesley Oliveira, Wilson Lima
28.05.2024 18:47 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Após pequeno alívio, Ibovespa volta a cair

Após pequeno alívio, Ibovespa volta a cair

28.05.2024 18:41 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Conheça os benefícios previdenciários para MEIs e garanta sua segurança

Conheça os benefícios previdenciários para MEIs e garanta sua segurança

28.05.2024 12:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.