Brasileiro teme aumento da inflação, do desemprego e da pobreza Brasileiro teme aumento da inflação, do desemprego e da pobreza
O Antagonista

Brasileiro teme aumento da inflação, do desemprego e da pobreza

avatar
Otávio Augusto
2 minutos de leitura 24.10.2023 10:44 comentários
Economia

Brasileiro teme aumento da inflação, do desemprego e da pobreza

O brasileiro está pessimista com a economia e espera que nos próximos seis meses a inflação, o desemprego e a pobreza aumentem...

avatar
Otávio Augusto
2 minutos de leitura 24.10.2023 10:44 comentários 0
Brasileiro teme aumento da inflação, do desemprego e da pobreza
Foto: Helena Pontes/Agência IBGE Notícias

O brasileiro está pessimista com a economia e espera que nos próximos seis meses a inflação, o desemprego e a pobreza aumentem.

A conclusão é da pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira – Economia e População, produzida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgada nesta terça-feira (24).

A expectativa é de aumento de preços nos próximos seis meses para 46% da população, enquanto 29% acreditam que a inflação vai começar a cair.

Para 49% dos brasileiros, os preços dos produtos consumidos por eles aumentaram, no entanto, 32% consideram que os preços diminuíram e 18% disseram que está igual nos últimos seis meses.

Os dados mostram que 33% da população afirma que o desemprego aumentou entre as pessoas próximas nos últimos seis meses, 41% disseram que a situação permanece igual e 22% afirmam que o desemprego diminuiu.

A expectativa é de que o desemprego aumente para 30% dos entrevistados e que caia para 31%.

A percepção de aumento da pobreza na região e nos ambientes em que 32% dos entrevistados frequentam se expandiu nos últimos seis meses, permaneceu igual para 49% dos brasileiros e caiu 26%.

Para os próximos seis meses, 29% dos brasileiros afirmam que a pobreza ao seu redor vai aumentar e outros 29%, o mesmo percentual, acreditam que a pobreza será menor.

As entrevistas foram feitas pelo Instituto de Pesquisa em Reputação e Imagem (IPRI). Foram ouvidas 2.004 pessoas nas 27 unidades da Federação, entre 14 e 19 de setembro de 2023.

Mundo

Tempestade catastrófica em Moscou: Uma tragédia com mortes

20.06.2024 22:51 2 minutos de leitura
Visualizar

Suspeitos de roubo de Rolexa do "Dentista dos Famosos" são presos

Visualizar

Com gol nos acréscimos, Flamengo vence o Bahia e é líder do Brasileirão

Visualizar

São João em São Paulo: Guia completo para 2024

Visualizar

12 migrantes mortos são resgatados do mar pelo governo italiano

Visualizar

Cracolândia: Grades e operações policiais causam polêmicas

Visualizar

Tags relacionadas

CNI economia brasileira
< Notícia Anterior

Dino alega "grave ameaça à integridade física" para faltar à audiência na Câmara

24.10.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Crusoé: Lula insiste na narrativa errada sobre Israel

24.10.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Otávio Augusto

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Dólar caía até Lula resolver falar, de novo

Dólar caía até Lula resolver falar, de novo

Rodrigo Oliveira
20.06.2024 18:44 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
PT fez 15 anos de "desreformas", diz ex-presidente do BNDES

PT fez 15 anos de "desreformas", diz ex-presidente do BNDES

20.06.2024 13:15 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Rafaela Vitória assume Relações com Investidores do Inter&Co

Rafaela Vitória assume Relações com Investidores do Inter&Co

20.06.2024 11:24 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Confira as novas regras para saque-aniversário do FGTS: prepare-se!

Confira as novas regras para saque-aniversário do FGTS: prepare-se!

20.06.2024 11:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.