Boeing vê US$ 4 bi voarem pela janela após problema com parafuso Boeing vê US$ 4 bi voarem pela janela após problema com parafuso
O Antagonista

Boeing vê US$ 4 bi voarem pela janela após problema com parafuso

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 24.04.2024 11:45 comentários
Economia

Boeing vê US$ 4 bi voarem pela janela após problema com parafuso

Empresa afirma que queimou caixa para melhorar qualidade de produção das aeronaves após porta de 737 Max se desprender durante voo

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 24.04.2024 11:45 comentários 0
Boeing vê US$ 4 bi voarem pela janela após problema com parafuso
Reprodução

A fabricante de aeronaves americana queimou cerca de 4 bilhões de dólares em caixa para conter o fracasso com o 737 Max 9. De acordo com o balanço apresentado pela companhia nesta quarta-feira, 24, a empresa ficou com o fluxo de caixa livre negativo em 3,9 bilhões de dólares no primeiro trimestre de 2024.

No mesmo período de 2023, essa linha do balanço ficou positiva em 786 milhões de dólares. O fluxo de caixa livre é o dinheiro que sobra após o pagamento de todas as despesas.

Segundo a empresa, o resultado financeiro ruim refletiu a produção mais lenta do modelo 737 Max e compensações ao clientes após a perdas de uma porta de uma aeronave em pleno voo da Alaska Arlines em janeiro deste ano. Um relatório preliminar da Junta Nacional de Segurança de Transporte apontou a falta de quatro parafusos destinados a fixar o painel à fuselagem como provável causa para o acidente.

O CEO da empresa, Dave Calhoun, afirmou que o resultado financeiro ruim da companhia no período reflete as ações tomadas para melhorar a qualidade das aeronaves 737. Segundo ele, houve um aumento no envio de relatórios para a linha dedicada para assuntos segurança da companhia de 500%, na comparação com o mesmo período do ano passado.

Em função disso, a empresa está construindo menos de 40 aeronaves por mês, o que impacta as vendas e, consequentemente, as receita da companhia. No primeiro trimestre, fabricante de aeronaves entregou 67 unidades do 737, queda de 41% em relação ao mesmo período do ano passado. Ao todo foram 83 aeronaves entregues neste ano até março, contra 130 em 2023.

A receita da empresa recuou 7,5% na comparação anual, para 16,57 bilhões de dólares, e registrou prejuízo líquido de 343 milhões de dólares nos primeiros três meses de 2024.

Mundo

Crusoé: O recado do Papa para os bispos conservadores americanos

20.05.2024 13:22 2 minutos de leitura
Visualizar

Salman Rushdie: Estado palestino governado pelo Hamas seria 'como o Talibã'

Visualizar

Onde assistir São Paulo x Flamengo: confira detalhes do Campeonato Feminino

Visualizar

200 placas de bronze são furtadas de cemitério em Paiçandu, Paraná

Visualizar

Exército recua e reduz acesso de PMs a armas de uso restrito

Visualizar

Apple é forçada a reduzir preços na China para confrontar Huawei

Visualizar

< Notícia Anterior

Meio-Dia em Brasília: Governo Lula surfa na censura de Moraes

24.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Morador de rua causa incêndio em Santos

24.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

De mal a pior: veja como estão as perspectivas econômicas

De mal a pior: veja como estão as perspectivas econômicas

20.05.2024 11:38 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Imposto de Renda 2024: guia completo para pagamento sem erros

Imposto de Renda 2024: guia completo para pagamento sem erros

20.05.2024 10:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Novidades no Bolsa Família 2024: confira calendário e ajustes

Novidades no Bolsa Família 2024: confira calendário e ajustes

20.05.2024 10:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Atraso no Saque-Aniversário de Maio do FGTS resolvido pela caixa

Atraso no Saque-Aniversário de Maio do FGTS resolvido pela caixa

20.05.2024 09:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.