Josias Teófilo na Crusoé: A ditadura da informalidade Josias Teófilo na Crusoé: A ditadura da informalidade
O Antagonista

Josias Teófilo na Crusoé: A ditadura da informalidade

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 03.05.2024 15:41 comentários
Cultura

Josias Teófilo na Crusoé: A ditadura da informalidade

Pensamento que põe tudo o que é marginal no centro da cultura brasileira não parou até hoje e está na origem do esquecimento de importantes artistas

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 03.05.2024 15:41 comentários 0
Josias Teófilo na Crusoé: A ditadura da informalidade
Gilberto Freyre lê Manuel Bandeira em cena de "O mestre de Apipucos" - Foto: Reprodução/Youtube

Joaquim Pedro de Andrade, quando era um jovem cineasta, no final dos anos 1950, fez um documentário sobre Manuel Bandeira e Gilberto Freyre financiado pelo Instituto Nacional do Livro. O filme, chamado inicialmente de O Mestre de Apipucos e O Poeta do Castelo (1959), mostrava os dois personagens em seus respectivos lares, com narração em off. Porém, enquanto Manuel Bandeira morava num apartamento simples no centro do Rio de Janeiro, Gilberto Freyre habitava uma grande casa histórica no bairro de Apipucos, no Recife. E enquanto Bandeira recitava um poema, Freyre falava da sua rotina e de sua casa. Na primeira exibição do filme o contraste ficou muito evidente, Freyre foi visto como um esnobe.

À época, Gilberto Freyre escreveu um artigo comentando o curta e rebatendo as críticas que recebeu. A solução de Joaquim Pedro de Andrade foi separar o filme em dois – mas a polêmica estava instaurada. E aparentemente deixou mágoas, uma vez que Gilberto Freyre (ou sua família) não incluiu o filme no resumo biográfico publicado nos livros de sua autoria. O que, aliás, precisa ser corrigido, esses dois filmes são duas preciosidades, tanto pela relevância central dos personagens na cultura brasileira como pelo refinamento da linguagem cinematográfica.

Luciana Corrêa de Araújo escreveu no livro Joaquim Pedro de Andrade: Primeiros Tempos que o contraste entre os personagens é uma “evidente contraposição entre os dois escritores, na qual cabem a Bandeira os valores positivos”. E mais: “Seu despojamento [do poeta] ganha valoração muitos pontos acima da exuberância de Freyre, vista sob a ótica da vaidade e do elitismo”. Só que a interpretação da pesquisadora não encontra confirmação em nenhum comentário de Joaquim Pedro. Na verdade, ele trata Freyre – que era amigo pessoal do seu pai, o criador do Iphan, Rodrigo Melo Franco de Andrade – com grande reverência, chamando-o de “mestre”. E no final da vida escreveu um roteiro baseado em Casa Grande & Senzala, com autorização do mestre, e o filme não foi realizado apenas porque ele adoeceu e veio a falecer.

Leia mais aqui; assine Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mundo

Triton: o novo submarino que vai levar dois milionários ao Titanic

29.05.2024 21:30 3 minutos de leitura
Visualizar

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

Visualizar

Robô frequenta escola no lugar de menino doente. Veja vídeo

Visualizar

Jaguatirica morre atropelada na SP-123

Visualizar

Chegou o imposto ‘do bem’

Visualizar

Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

Visualizar

Tags relacionadas

Crusoé Gilberto Freyre Josias Teófilo
< Notícia Anterior

'Enem dos Concursos': Governo ainda não tem data para aplicação das provas

03.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Jerônimo Teixeira na Crusoé: A intifada universitária não salva crianças em Gaza

03.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Google banca tour virtual de Auschwitz com doação milionária

Google banca tour virtual de Auschwitz com doação milionária

Alexandre Borges
28.05.2024 09:38 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Cannes premia trans em papel feminino

Cannes premia trans em papel feminino

Alexandre Borges
28.05.2024 07:21 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
USP ecoa narrativa anti-Israel em evento

USP ecoa narrativa anti-Israel em evento

Alexandre Borges
28.05.2024 06:51 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
A inteligência artificial ameaça o futuro do jornalismo?

A inteligência artificial ameaça o futuro do jornalismo?

Alexandre Borges
27.05.2024 10:54 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.