O Antagonista

Urgente: Moraes marca julgamento de segunda ação de inelegibilidade de Bolsonaro

avatar
Wilson Lima
2 minutos de leitura 05.10.2023 15:49 comentários
Brasil

Urgente: Moraes marca julgamento de segunda ação de inelegibilidade de Bolsonaro

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Alexandre de Moraes, marcou para a próxima terça-feira, dia 10 de outubro, o julgamento das ações de inelegibilidade de Jair Bolsonaro relacionada às lives realizadas no Palácio da Alvorada...

avatar
Wilson Lima
2 minutos de leitura 05.10.2023 15:49 comentários 0
Urgente: Moraes marca julgamento de segunda ação de inelegibilidade de Bolsonaro
Foto: Carlos Moura/SCO/STF

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Alexandre de Moraes, marcou para a próxima terça-feira, dia 10 de outubro, o julgamento das ações de inelegibilidade de Jair Bolsonaro relacionada às lives realizadas no Palácio da Alvorada.

As ações foram ajuizadas pelo PDT. Segundo o partido, o ex-presidente da República teria tirado vantagens eleitorais ao utilizar a estrutura palaciana para promover a sua candidatura e de seus aliados.

Como mostramos ontem, essa ação não conta com o endosso do Ministério Público Federal. Em parecer emitido nesta terça-feira (3), o vice-procurador-geral Eleitoral, Paulo Gonet, se manifestou contra a ação de inelegibilidade.

No documento, Gonet, que ainda tenta ser indicado ao cargo de Procurador-Geral da República, afirma que nos autos faltaram “esclarecimentos sobre se os encontros foram exclusivamente realizados com finalidade eleitoral, nem sobre os custos estimados, nem, menos ainda, sobre a repercussão concreta dos encontros no contexto da disputa eleitoral”.

Para o vice-PGE, apesar de um abuso por parte do ex-presidente de utilizar um prédio público para fazer atos de campanha, não há a comprovação do impacto desse ato no processo eleitoral ou se essa ação foi decisiva para obter votos.

“Não há nos autos elementos que permitam, com mínima segurança, afiançar que terem sido essas manifestações de abono produzidas em prédios públicos haja sido fator de impacto substancial sobre a legitimidade das eleições. A indispensável comprovação de um desvio de finalidade qualificado pela consequência da quebra da legitimidade do pleito diante ainda de um concreto comprometimento do equilíbrio entre os competidores eleitorais não se mostra satisfeita”, afirma Gonet.

Mais Lidas

1

Astro de Hollywood cancela turnê após "piada" sobre atentado a Trump

Visualizar notícia
2

"Tiros mostram qual é a alternativa à democracia constitucional"

Visualizar notícia
3

PT não acredita que Trump sofreu um atentado?

Visualizar notícia
4

Exclusivo: Após lobby, clã Bolsonaro cria ‘startup’ para explorar grafeno

Visualizar notícia
5

A receita para denunciar desafetos do STF

Visualizar notícia
6

Janones promete seguir "chafurdando na lama"

Visualizar notícia
7

China bane maior aplicativo católico do mundo

Visualizar notícia
8

Mercado repercute Lula e Trump

Visualizar notícia
9

Human Rights Watch finalmente reconhece centenas de crimes de guerra do Hamas

Visualizar notícia
10

Temperaturas vão subir em pleno inverno

Visualizar notícia

Tags relacionadas

Alexandre de Moraes TSE
< Notícia Anterior

Restauração de obras de arte danificadas no 8/1 deve ser aberta ao público

05.10.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Fazenda demite servidor da Receita que acessou dados de opositores de Bolsonaro

05.10.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wilson Lima

Wilson Lima é jornalista formado pela Universidade Federal do Maranhão. Trabalhou em veículos como Agência Estado, Portal iG, Congresso em Foco, Gazeta do Povo e IstoÉ. Acompanha o poder em Brasília desde 2012, tendo participado das coberturas do julgamento do mensalão, da operação Lava Jato e do impeachment de Dilma Rousseff. Em 2019, revelou a compra de lagostas por ministros do STF.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Boulos ainda não conseguiu explicar como livrou Janones

Boulos ainda não conseguiu explicar como livrou Janones

17.07.2024 13:49 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Nem Janja aguenta mais os improvisos de Lula

Nem Janja aguenta mais os improvisos de Lula

17.07.2024 13:48 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Corregedoria afasta desembargador do TJ-PR após polêmica

Corregedoria afasta desembargador do TJ-PR após polêmica

17.07.2024 13:24 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Empresário é encontrado morto e amarrado na garagem de casa em SP

Empresário é encontrado morto e amarrado na garagem de casa em SP

17.07.2024 13:10 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.