O Antagonista

Urgência do PL da ‘saidinha’ entra na pauta do plenário do Senado

avatar
Wesley Oliveira
3 minutos de leitura 07.02.2024 16:36 comentários
Brasil

Urgência do PL da ‘saidinha’ entra na pauta do plenário do Senado

A proposta chegou ao plenário da Casa depois de ser aprovada na Comissão de Segurança Pública na última terça-feira, 6

avatar
Wesley Oliveira
3 minutos de leitura 07.02.2024 16:36 comentários 0
Urgência do PL da ‘saidinha’ entra na pauta do plenário do Senado
Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, vai dar celeridade ao PL da 'saidinhas' | Foto: Jonas Pereira/Agência Senado

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), incluiu na pauta desta quarta-feira, 7, um requerimento de urgência para votar o projeto de lei que extingue o benefício da saída temporária de presos. Apelidado de PL da ‘saidinha’, proposta chegou ao plenário da Casa depois de ser aprovado na Comissão de Segurança Pública.

Apesar de colocar em pauta o requerimento de urgência, o acordo junto aos líderes é para que o mérito da matéria só seja apreciado pelos senadores após o feriado de Carnaval, como antecipamos em O Antagonista. Durante a votação na Comissão de Segurança, os senadores já haviam, aprovado um requerimento de urgência, o que fez com que a proposta avançasse diretamente para o plenário.

Pelo rito normal, o texto teria ainda que passar pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O avanço da matéria, no entanto, conta com apoio de Pacheco, que já indicou que a Casa daria atenção especial à pauta de segurança pública.

Outro tema para o qual dedicaremos especial atenção será o da segurança pública. Pretendemos colaborar para a instituição de institutos penais modernos e eficientes, capazes de conciliar o combate efetivo à violência pública com a garantia aos direitos fundamentais”, destacou Pacheco durante abertura do ano legislativo, na última segunda-feira, 5.

O que diz o PL da ‘saidinha’

Além de acabar com o benefício da saidinha para os presos, a proposta prevê a realização de exame criminológico para a progressão de regime e o uso de tornozeleira eletrônica em presos dos regimes aberto e semiaberto ou em progressão para esses regimes.

Segundo relatório do senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), a extinção do benefício é medida necessária e contribuirá para reduzir a criminalidade. Para ele, a superlotação e a precariedade no sistema carcerário prejudicam a ressocialização adequada dos presos e isso traria mais perigo no retorno dos detentos às ruas.

De acordo com dados da Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), do Ministério da Justiça, de janeiro a junho de 2023, 120.244 presos tiveram acesso à saída temporária em todo o país. Desses, 7.630 não retornaram, se atrasaram na volta à unidade prisional ou cometeram uma falta no período da saída, o que representa uma parcela de 6,3% do total de beneficiados.

O texto já foi aprovado pela Câmara dos Deputados.

Brasil

“Espero que não leve política para o ofício de julgador”, diz Marco Aurélio, sobre Dino

26.02.2024 14:50 3 minutos de leitura
Visualizar

Líderes europeus reunidos em Paris para reforçar apoio à Ucrânia

Visualizar

São Paulo tem queda brusca de aproveitamento após título da Supercopa

Visualizar

Estudantes passam mal após trote com substâncias tóxicas

Visualizar

Mesmo líder, Palmeiras não pode perder clássico contra o São Paulo

Visualizar

Hungria dá sinal verde à entrada da Suécia na Otan

Visualizar

Tags relacionadas

Flávio Bolsonaro Rodrigo Pacheco saidão
< Notícia Anterior

Guarda civil municipal atira em dois e tira a própria vida na sede em Cotia, São Paulo

07.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Deputado quer que empresas paguem plano de saúde animal

07.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wesley Oliveira

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

“Espero que não leve política para o ofício de julgador”, diz Marco Aurélio, sobre Dino

“Espero que não leve política para o ofício de julgador”, diz Marco Aurélio, sobre Dino

26.02.2024 14:50 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Estudantes passam mal após trote com substâncias tóxicas

Estudantes passam mal após trote com substâncias tóxicas

26.02.2024 14:08 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
São Paulo tem seis distritos em situação epidêmica de dengue

São Paulo tem seis distritos em situação epidêmica de dengue

26.02.2024 13:36 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Partidos da base de Lula tentam anular acordos da Lava Jato

Partidos da base de Lula tentam anular acordos da Lava Jato

26.02.2024 13:26 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.