Uma semana perdida para Flamengo e Anielle Uma semana perdida para Flamengo e Anielle
O Antagonista

Uma semana perdida para Flamengo e Anielle

avatar
Rodolfo Borges
2 minutos de leitura 30.09.2023 21:04 comentários
Brasil

Uma semana perdida para Flamengo e Anielle

O ministro Luís Roberto Barroso assumiu a presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) estendendo uma bandeira branca ao Congresso Nacional e sambando com Diogo Nogueira. Seu show só não fez mais barulho que...

avatar
Rodolfo Borges
2 minutos de leitura 30.09.2023 21:04 comentários 0
Uma semana perdida para Flamengo e Anielle
Arte: O Antagonista.

O ministro Luís Roberto Barroso assumiu a presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) estendendo uma bandeira branca ao Congresso Nacional e sambando com Diogo Nogueira. Seu show só não fez mais barulho que a ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, a maior derrotada da semana, junto com o Flamengo de Jorge Sampaoli, que acabou demitido, como Marcelle Decothé, ex-assessora especial que atacou a torcida do campeão São Paulo e a língua portuguesa.

A semana teve ainda o depoimento do incomodado general Augusto Heleno à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do 8 de janeiro. O ex-ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) não conseguiu esconder a impaciência com as perguntas dos parlamentares, e sobrou até palavrão para a relatora da comissão, senadora Eliziane Gama (PSD-MA).

Outro destaque da CPMI foi o deputado Abílio Brunini (PL-MT), que tumultuou os trabalhos mais uma vez e acabou expulso de uma reunião pelo presidente Arthur Maia (União-BA). Brunini ainda esperneou, dizendo que Maia é tigrão com ele e tchutchuca com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, que não entregou os vídeos do circuito interno de segurança do ministério à comissão.

Destaque também para a mobilização da oposição contra a descriminalização do aborto, cujo julgamento no STF foi pautado pela ministra Rosa Weber antes de se aposentar. O voto de Weber, favorável à descriminalização da interrupção da gravidez até a 12ª semana de gestação, levou os deputados de direita a encampar a aprovação do Estatuto do Nascituro, enquanto o senador Rogério Marinho (PL-RN) reuniu 45 assinaturas para propor um plebiscito sobre o assunto.

O risco de descriminalização do aborto levou também o desembargador aposentado Sebastião Coelho da Silva, que enfrentou os ministros do STF durante o julgamento dos réus do 8 de janeiro, a puxar uma manifestação em favor da vida no dia 12 de outubro, Dia das Crianças. Ou “criances”, como diria a assessora demitida do Ministério da Igualdade Racial.

Mundo

Coreia do Norte escala tensão com testes de Mísseis

22.04.2024 19:43 3 minutos de leitura
Visualizar

Elogiar o VAR brasileiro já é demais, Textor

Rodolfo Borges Visualizar

Dengue em São Paulo: dois distritos escapam da epidemia

Visualizar

Fifa fecha contrato bilionário

Visualizar

Você trocaria um Jair Bolsonaro por um Elon Musk?

Madeleine Lacsko Visualizar

Galvão vai a record

Visualizar

Tags relacionadas

aborto Anielle Franco Flamengo Luís Roberto Barroso Ministério da Igualdade Racial Resumo da semana STF
< Notícia Anterior

MP apresenta nova denúncia de importunação sexual na Petrobras

30.09.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Em carta a Lula, deputadas pedem mulher negra no STF

01.10.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Rodolfo Borges

Rodolfo Borges é jornalista formado pela Universidade de Brasília (UnB). Trabalhou em veículos como Correio Braziliense, Istoé Dinheiro, portal R7 e El País Brasil.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Dengue em São Paulo: dois distritos escapam da epidemia

Dengue em São Paulo: dois distritos escapam da epidemia

22.04.2024 19:09 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Fifa fecha contrato bilionário

Fifa fecha contrato bilionário

22.04.2024 19:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Galvão vai a record

Galvão vai a record

22.04.2024 18:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
13 guardas italianos presos por tortura á jovens detidos

13 guardas italianos presos por tortura á jovens detidos

22.04.2024 18:34 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.