TSE obriga Janones a apagar conteúdo sobre salário mínimo e Roberto Jefferson TSE obriga Janones a apagar conteúdo sobre salário mínimo e Roberto Jefferson
O Antagonista

TSE obriga Janones a apagar conteúdo sobre salário mínimo e Roberto Jefferson

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 24.10.2022 10:15 comentários
Brasil

TSE obriga Janones a apagar conteúdo sobre salário mínimo e Roberto Jefferson

Duas decisões do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), publicadas neste domingo (23), obrigam perfis petistas em redes sociais a apagar conteúdos considerados enganosos ou falsos. Em comum, as decisões miram um dos coordenadores da estratégia digital de Lula...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 24.10.2022 10:15 comentários 0
TSE obriga Janones a apagar conteúdo sobre salário mínimo e Roberto Jefferson
Foto: Reprodução

Duas decisões do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), publicadas neste domingo (23), obrigam perfis petistas em redes sociais a apagar conteúdos considerados enganosos ou falsos. Em comum, as decisões miram um dos coordenadores da estratégia digital de Lula, o deputado federal André Janones (Avante-MG).

Em uma das decisões, a ministra Maria Isabel Gallotti disse que uma postagem de Janones acusando o ministro da Economia, Paulo Guedes, de planejar desindexar o salário mínimo à inflação. Segundo a ministra, a tentativa de vincular a questão a um dos concorrentes ao segundo turno é “divulgação de informação falsa a respeito de tema revestido de extrema relevância social” e deveria ser derrubada, junto com postagens de Lula, Gleisi e de apoiadores.

A outra decisão foi assinada pelo presidente da Corte Eleitoral, Alexandre de Moraes. Nela, o ministro ordena a retirada de conteúdo que buscou vincular Jair Bolsonaro ao caso da prisão de Roberto Jefferson, o presidente nacional do PTB. O ministro diz que as acusações do representante lulista não tem conexão com a realidade.

“[A mensagem] é resultante de interpretação descontextualizada, desprovida de respaldo concreto no conteúdo de sua fala, de modo que o referido apoio de Jair Messias Bolsonaro aos atos criminosos cometidos por Roberto Jefferson em 23/10/2022 decorre de fato sabidamente inverídico e de narrativa manipulada”, escreveu Moraes, “o que não pode ser tolerado por esta Corte, notadamente por se tratar de notícia falsa divulgada durante o 2º turno da eleição presidencial.”

As redes sociais, pelas novas regras, têm até duas horas para retirar o conteúdo falso do ar.

Esportes

Rafael Cabral, goleiro do Cruzeiro, negocia saída do clube

14.04.2024 15:10 2 minutos de leitura
Visualizar

Afinal, quem é Elon Musk?

Visualizar

Quanto cada time ganhou na Libertadores 2023

Visualizar

Entenda a nova lei das saidinhas

Visualizar

Quando ganharão os medalhistas de Paris 2024

Visualizar

Yuri Alberto fala sobre má fase, humilhação e apoio psicológico

Visualizar

Tags relacionadas

Alexandre Benalla Alexandre de Moraes André Janones eleições eleições 2022 Isabel Gallotti Ministério da Economia TSE
< Notícia Anterior

Rishi Sunak é o novo primeiro-ministro do Reino Unido

24.10.2022 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

TSE ordena edição em vídeo que acusa Bolsonaro de armar o crime organizado

24.10.2022 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Entenda a nova lei das saidinhas

Entenda a nova lei das saidinhas

14.04.2024 14:30 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Como o PCC se infiltra nas organizações

Como o PCC se infiltra nas organizações

14.04.2024 14:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
“Procurei a palavra condenação, mas não encontrei”

“Procurei a palavra condenação, mas não encontrei”

14.04.2024 13:54 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Para o Itamaraty, a vítima é o Irã

Crusoé: Para o Itamaraty, a vítima é o Irã

14.04.2024 12:37 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.