O Antagonista

SP registra mais de 3.300 casos de dengue só em janeiro

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 05.02.2024 12:13 comentários
Brasil

SP registra mais de 3.300 casos de dengue só em janeiro

Entre os distritos administrativos da cidade, Itaquera, localizado na zona leste, é o que apresenta o maior número de casos de dengue

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 05.02.2024 12:13 comentários 0
SP registra mais de 3.300 casos de dengue só em janeiro
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A cidade de São Paulo registrou 3.344 casos de dengue em apenas 30 dias, de acordo com o último boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira, 5. Até o momento não foram confirmadas mortes relacionadas à doença.

Em 22 de janeiro, foi registrado um total de 1.792 casos na capital paulista. Isso significa que, em apenas oito dias, houve um aumento de 1.552 novos casos de dengue na cidade.

Quais as regiões com mais casos?

Entre os distritos administrativos da cidade, Itaquera, localizado na zona leste, é o que apresenta o maior número de casos, com um total de 337 registros e uma incidência de 157,8 por cada 100 mil habitantes.

Essa incidência é utilizada pelo Ministério da Saúde como critério para classificar a gravidade da doença em relação à população.

Em seguida, temos Jaguara, na zona oeste, com 203 casos e uma incidência de 854,4. Já Campo Limpo, na zona sul, registrou 206 casos e uma incidência de 88,4.

O que diz a Secretaria Municipal da Saúde?

A Secretaria Municipal da Saúde informou que intensificou as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti na cidade. Essas medidas incluem a nebulização de inseticidas de domingo a domingo, além de outras estratégias para eliminar os criadouros do mosquito transmissor.

No último sábado, 3, foi realizado o “Dia D” de combate à dengue, com cerca de 125 mil visitas domiciliares, nebulização em 1.200 quarteirões e orientação para mais de 85 mil pessoas.

Uma nova ação foi anunciada pela Secretaria Municipal da Saúde: o uso de drones para aplicação de larvicida em áreas de difícil acesso, com o objetivo de eliminar os criadouros do Aedes aegypti.

A secretaria também informou que, somente neste ano, foram realizadas 454,2 mil ações preventivas contra o Aedes aegypti. Já em 2023, esse número chegou a impressionantes 5,3 milhões de ações, incluindo visitas casa a casa, vistorias em imóveis, bloqueio de criadouros e nebulizações, além de orientações à população.

Drones contra o mosquito da dengue

A empresa Birdview, sediada em São Manuel, interior de São Paulo, desenvolveu uma tecnologia inicialmente voltada para o controle biológico de pragas agrícolas usando drones. Agora, essa solução poderá ser utilizada no ambiente urbano para ajudar a conter a proliferação de mosquitos transmissores da dengue, o Aedes aegypti.

Com o apoio do Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), a empresa conseguiu despertar o interesse de empresas produtoras de Aedes aegypti estéreis no Brasil.

Essas empresas estão interessadas em firmar parcerias com a Birdview para auxiliar na erradicação de doenças como dengue, febre amarela, chikungunya e zika, segundo informações da Agência Fapesp.

Brasil

INSS: aumento de 3,71% para aposentados em 2024, veja como consultar o novo valor

26.02.2024 06:00 2 minutos de leitura
Visualizar

Roteiro Antagonista: Lula do Caribe

Visualizar

INSS: cobranças abusivas em consignados, CGU revela falhas no controle de juros

Visualizar

Revisão da Vida Toda: STF avança em análise para aposentadorias

Visualizar

Jogando bem, Corinthians perde para Ponte Preta e se complica

Visualizar

Cromossomo Y Está desaparecendo

Visualizar

Tags relacionadas

Aedes aegypti Dengue Ministério da Saúde município de São Paulo
< Notícia Anterior

Meio-Dia em Brasília: Lira volta a apertar governo Lula

05.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Governo não vai injetar dinheiro do Tesouro para socorro às aéreas

05.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

INSS: aumento de 3,71% para aposentados em 2024, veja como consultar o novo valor

INSS: aumento de 3,71% para aposentados em 2024, veja como consultar o novo valor

26.02.2024 06:00 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Roteiro Antagonista: Lula do Caribe

Roteiro Antagonista: Lula do Caribe

26.02.2024 05:59 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
INSS: cobranças abusivas em consignados, CGU revela falhas no controle de juros

INSS: cobranças abusivas em consignados, CGU revela falhas no controle de juros

26.02.2024 05:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Revisão da Vida Toda: STF avança em análise para aposentadorias

Revisão da Vida Toda: STF avança em análise para aposentadorias

26.02.2024 05:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.