Servidores da Funasa enviam manifesto a Lula contra extinção do órgão Servidores da Funasa enviam manifesto a Lula contra extinção do órgão
O Antagonista

Servidores da Funasa enviam manifesto a Lula contra extinção do órgão

avatar
Murilo Pavini
3 minutos de leitura 05.01.2023 13:51 comentários
Brasil

Servidores da Funasa enviam manifesto a Lula contra extinção do órgão

Servidores da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) enviaram a Lula, nesta quinta-feira (5), um novo manifesto contra a Medida Provisória que extinguiu o órgão...

avatar
Murilo Pavini
3 minutos de leitura 05.01.2023 13:51 comentários 0
Servidores da Funasa enviam manifesto a Lula contra extinção do órgão
Foto: Adriano Machado/ O Antagonista

Servidores da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) enviaram a Lula, nesta quinta-feira (5), um novo manifesto contra a Medida Provisória que extinguiu o órgão.

Criada em 1991, a Funasa tinha o objetivo de promover saneamento básico à população. O novo governo, no entanto, avaliou que a autarquia estava defasada e era ineficiente, preferindo dividir suas atribuições entre os ministérios da Saúde e das Cidades.

No documento encaminhado ao presidente da República, os servidores afirmam que a Funasa integra “um veio condutor de uma política integrada entre saneamento e saúde, conceito
que se contrapõe radicalmente ao arranjo institucional pretendido pela MP nº 1.156/2023”.

“Ademais, a Funasa contempla, em seu quadro, profissionais com formação que
se coadunam com a necessária inter-relação entre as políticas de saúde, saneamento e meio
ambiente, como preveem as respectivas Políticas setoriais”, dizem os servidores.

O manifesto também contesta a edição da MP, baseada na suposta baixa execução da autarquia, dizendo que os indicadores usualmente utilizados por atores externos para mensurar a entrega da Fundação não avaliam “os benefícios sociais, econômicos e ambientais que as ações implementadas pela Funasa têm promovido na sociedade brasileira”.

“Esses indicadores não possuem uma análise de sensibilidade para mensurar o esforço dispendido para que a Funasa atenda com saneamento às áreas mais remotas do país, áreas dispersas, áreas com baixa concentração populacional, acrescenta o documento.

Segundo o manifesto, ao longo dos últimos oito anos, verificou-se sucessivas reduções em seu orçamento de ações finalísticas, com destaque para os anos de 2018 a 2021, tendo sido retomado um maior volume de recursos apenas em 2022.

“Em seu momento de menor disponibilidade orçamentária, foram destinados R$ 549 milhões para o conjunto de ações da Fundação, abrangendo tanto as iniciativas vinculadas ao Saneamento Básico quanto as relacionadas à Saúde Ambiental”, afirmam os colaboradores.

Os servidores argumentam que o caminho para o atendimento das metas estabelecidas para a universalização do saneamento passa pelo fortalecimento da Funasa como instituição.

“Sua extinção representa uma possível paralisação de ações em curso, levadas a efeito diariamente com o intuito de aprimorar as condições de vida da população brasileira, em especial as residentes em comunidades rurais e tradicionais (como as comunidades ribeirinhas, extrativistas e remanescentes de quilombos).”

Mundo

12 migrantes mortos são resgatados do mar pelo governo italiano

20.06.2024 21:22 3 minutos de leitura
Visualizar

Cracolândia: Grades e operações policiais causam polêmicas

Visualizar

Lula quer monopólio da autonomia

Visualizar

Crusoé: Seoul considera armar Ucrânia após acordo entre Rússia e Coreia do Norte

Visualizar

São João no Rio de Janeiro: descubra os melhores arraiais da cidade

Visualizar

‘Nacionalismo’ de Lula rendeu petrolão

Visualizar

Tags relacionadas

Funasa Lula manifesto Ministério da Saúde Ministério das Cidades saneamento básico saúde pública
< Notícia Anterior

Mudança em regimento do STF pode antecipar condenação de ministro Waldez Góes

05.01.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Congresso dribla STF e envia recursos para municípios de emendas extintas

05.01.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Murilo Pavini

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Cracolândia: Grades e operações policiais causam polêmicas

Cracolândia: Grades e operações policiais causam polêmicas

20.06.2024 21:08 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
São João no Rio de Janeiro: descubra os melhores arraiais da cidade

São João no Rio de Janeiro: descubra os melhores arraiais da cidade

20.06.2024 20:52 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
São João é feriado, ponto facultativo ou dia normal?

São João é feriado, ponto facultativo ou dia normal?

20.06.2024 20:27 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Paraquedista colombiano sofre acidente após balão rasgar em Boituva

Paraquedista colombiano sofre acidente após balão rasgar em Boituva

20.06.2024 20:23 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.