O Antagonista

Servidores da Funasa enviam manifesto a Lula contra extinção do órgão

avatar
Murilo Pavini
3 minutos de leitura 05.01.2023 13:51 comentários
Brasil

Servidores da Funasa enviam manifesto a Lula contra extinção do órgão

Servidores da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) enviaram a Lula, nesta quinta-feira (5), um novo manifesto contra a Medida Provisória que extinguiu o órgão...

avatar
Murilo Pavini
3 minutos de leitura 05.01.2023 13:51 comentários 0
Servidores da Funasa enviam manifesto a Lula contra extinção do órgão
Foto: Adriano Machado/ O Antagonista

Servidores da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) enviaram a Lula, nesta quinta-feira (5), um novo manifesto contra a Medida Provisória que extinguiu o órgão.

Criada em 1991, a Funasa tinha o objetivo de promover saneamento básico à população. O novo governo, no entanto, avaliou que a autarquia estava defasada e era ineficiente, preferindo dividir suas atribuições entre os ministérios da Saúde e das Cidades.

No documento encaminhado ao presidente da República, os servidores afirmam que a Funasa integra “um veio condutor de uma política integrada entre saneamento e saúde, conceito
que se contrapõe radicalmente ao arranjo institucional pretendido pela MP nº 1.156/2023”.

“Ademais, a Funasa contempla, em seu quadro, profissionais com formação que
se coadunam com a necessária inter-relação entre as políticas de saúde, saneamento e meio
ambiente, como preveem as respectivas Políticas setoriais”, dizem os servidores.

O manifesto também contesta a edição da MP, baseada na suposta baixa execução da autarquia, dizendo que os indicadores usualmente utilizados por atores externos para mensurar a entrega da Fundação não avaliam “os benefícios sociais, econômicos e ambientais que as ações implementadas pela Funasa têm promovido na sociedade brasileira”.

“Esses indicadores não possuem uma análise de sensibilidade para mensurar o esforço dispendido para que a Funasa atenda com saneamento às áreas mais remotas do país, áreas dispersas, áreas com baixa concentração populacional, acrescenta o documento.

Segundo o manifesto, ao longo dos últimos oito anos, verificou-se sucessivas reduções em seu orçamento de ações finalísticas, com destaque para os anos de 2018 a 2021, tendo sido retomado um maior volume de recursos apenas em 2022.

“Em seu momento de menor disponibilidade orçamentária, foram destinados R$ 549 milhões para o conjunto de ações da Fundação, abrangendo tanto as iniciativas vinculadas ao Saneamento Básico quanto as relacionadas à Saúde Ambiental”, afirmam os colaboradores.

Os servidores argumentam que o caminho para o atendimento das metas estabelecidas para a universalização do saneamento passa pelo fortalecimento da Funasa como instituição.

“Sua extinção representa uma possível paralisação de ações em curso, levadas a efeito diariamente com o intuito de aprimorar as condições de vida da população brasileira, em especial as residentes em comunidades rurais e tradicionais (como as comunidades ribeirinhas, extrativistas e remanescentes de quilombos).”

Mais Lidas

1

O que esperar de Trump após o atentado?

Visualizar notícia
2

A reação "imbecil" de Janones ao atentado a Trump

Visualizar notícia
3

Fafá de Belém faz show em cadeira de rodas em Portugal

Visualizar notícia
4

Trump escapou por um triz

Visualizar notícia
5

Bolsonaro relativizou "tráfico de influência" em reunião sobre blindar Flávio

Visualizar notícia
6

Trump escolhe vice pró-Putin

Visualizar notícia
7

J.D. Vance, novo vice de Trump, já o chamou de analgésico

Visualizar notícia
8

Objetivo de investigações era "me atingir moralmente", diz Bolsonaro

Visualizar notícia
9

Ramagem sobre gravação: "Havia conhecimento de Bolsonaro"

Visualizar notícia
10

Paes amarra apoio do PT mesmo sem garantia de vice na chapa

Visualizar notícia

Tags relacionadas

Funasa Lula manifesto Ministério da Saúde Ministério das Cidades saneamento básico saúde pública
< Notícia Anterior

Mudança em regimento do STF pode antecipar condenação de ministro Waldez Góes

05.01.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Congresso dribla STF e envia recursos para municípios de emendas extintas

05.01.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Murilo Pavini

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Bolsonaro relativizou "tráfico de influência" em reunião sobre blindar Flávio

Bolsonaro relativizou "tráfico de influência" em reunião sobre blindar Flávio

15.07.2024 22:06 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ramagem sobre gravação: "Havia conhecimento de Bolsonaro"

Ramagem sobre gravação: "Havia conhecimento de Bolsonaro"

15.07.2024 21:35 5 minutos de leitura
Visualizar notícia
Bajaj tem impressionante crescimento no mercado brasileiro em 2024

Bajaj tem impressionante crescimento no mercado brasileiro em 2024

15.07.2024 20:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Previsão do Tempo: Instabilidade climática na costa brasileira

Previsão do Tempo: Instabilidade climática na costa brasileira

15.07.2024 19:41 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.