O Antagonista

São entregues as primeiras doses da vacina contra a dengue

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 09.02.2024 09:41 comentários
Brasil

São entregues as primeiras doses da vacina contra a dengue

Goiás e Distrito Federal são os primeiros estados a receber as doses da vacina contra a dengue destinadas às crianças de 10 e 11 anos

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 09.02.2024 09:41 comentários 1
São entregues as primeiras doses da vacina contra a dengue
Foto: Divulgação/Laboratório Takeda

Goiás e Distrito Federal são os primeiros a receberem as doses da vacina contra a dengue destinadas às crianças de 10 e 11 anos. A distribuição faz parte do plano do Ministério da Saúde de imunizar a população brasileira contra a doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

De acordo com a secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente, Ethel Maciel, até o final de março todos os 521 municípios selecionados para a campanha devem receber as doses destinadas ao público inicial.

À medida que novos lotes da vacina chegarem ao país, a faixa etária a ser imunizada será ampliada, chegando até os 14 anos.

O primeiro país a incorporar a vacina contra a dengue

Em entrevista coletiva, Ethel ressaltou que o Brasil é o primeiro país do mundo a incorporar a vacinação contra a dengue na rede pública de saúde. “Estamos celebrando muito esse dia”, disse ela. “A primeira dose contra a dengue em um sistema público de saúde do mundo vai ser feita no Brasil hoje.

No entanto, a secretária alertou que a previsão do ministério é de que os casos da doença no país ultrapassem os 4 milhões este ano. “Nunca chegamos a esse número“, enfatizou Ethel. “Por isso estamos preocupados. A dengue é uma doença que conhecemos, mas precisamos diminuir os óbitos.

Sintomas da doença

Ela também destacou os sinais de alerta para a doença, como vômitos persistentes e dor abdominal, a secretária orientou as pessoas a procurarem um serviço de saúde o mais rápido possível caso apresentem esses sintomas. “Como o tratamento para a dengue consiste basicamente na hidratação do paciente, qualquer sinal que impeça a pessoa de estar hidratada é um sinal para procurar auxílio médico“, explicou.

A secretária ainda informou que as atividades de imunização contra a dengue não serão interrompidas durante o período do carnaval. A distribuição das doses continuará acontecendo, mesmo em meio à festa. “Estamos dependendo da empresa“, afirmou Ethel, referindo-se ao laboratório Takeda, fabricante da vacina.

As 212 mil doses já foram distribuídas entre Goiás e Distrito Federal, e um novo quantitativo chegou na tarde desta quinta-feira, 8, e será liberado nos próximos dias para mais municípios.

Iniciamos a operação com as idades de 10 e 11 anos e vamos ampliando à medida que as doses chegam“, explicou Ethel. “Dependemos da produção da empresa, então temos que ter cautela.

Diretor da OMS passa pano para governo Lula sobre dengue

Em visita ao Brasil, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, passou um pano para o governo de Lula em relação ao aumento de casos de dengue no país.

Segundo Adhanom, a crescente alta em registros de dengue no Brasil faz parte de um grande aumento de casos da doença em escala global e que o país está fazendo seu melhor.

O Brasil está fazendo seu melhor. Os esforços são em interromper a transmissão e em melhorar o controle da doença”, disse. “Temos a vacina e isso pode ser usado como uma das ferramentas de combate”, completou.

A vacina esnobada pelo governo Lula

Em meio ao aumento de casos da doença em todo o país, no ano passado, o governo petista esnobou a vacina Qdenga, que agora será aplicada nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Em julho de 2023, o Ministério da Saúde disse que a vacina contra a dengue produzida pelo laboratório japonês Takeda, autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na época, precisava de análise e que ela poderia demorar até um ano para ser incorporada ao sistema público.

O governo, em meio a recordes de casos da doença, preferiu priorizar uma vacina que está sendo produzida pelo Instituto Butantan desde 2009. O imunizante sequer teve a pesquisa finalizada e pode ser liberado pela Anvisa apenas em 2025.

Com informações da Agência Brasil

Esportes

Corinthians é eliminado do Paulistão após vitória da Inter de Limeira

02.03.2024 23:06 2 minutos de leitura
Visualizar

Navalny: o sopro de liberdade que desafia Putin

Catarina Rochamonte Visualizar

Confira os adversários de Grêmio e Inter nas quartas de final do Gauchão

Visualizar

Augusto Melo confirma que dívida do Corinthians com Rojas é de R$ 8 milhões

Visualizar

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Visualizar

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

Visualizar

Tags relacionadas

Dengue Distrito Federal Goiás Ministério da Saúde Qdenga Takeda Vacina contra a dengue
< Notícia Anterior

Tornado atinge Evansville em evento sem precedentes no Wisconsin

09.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Protesto de agricultores na Polônia paralisa estradas e fronteiras

09.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Murillo Bueno Bran Junior

2024-02-09 10:49:51

Que bens a hein! Só o Bolsonaro é genocida?


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

02.03.2024 21:41 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Influencer é preso por aplicar golpe de criptomoedas

Influencer é preso por aplicar golpe de criptomoedas

02.03.2024 21:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Projeto de lei quer Uber com no máximo 12 horas de trabalho

Projeto de lei quer Uber com no máximo 12 horas de trabalho

02.03.2024 21:09 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
“No escuro”, defesa de Bolsonaro reclama de constrangimento

“No escuro”, defesa de Bolsonaro reclama de constrangimento

02.03.2024 19:56 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.