O Antagonista

Roteiro Antagonista: As cinzas da democracia

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 12.02.2024 05:59 comentários
Brasil

Roteiro Antagonista: As cinzas da democracia

Não há agenda pública em nenhum dos três Poderes mesmo após a Quarta-feira de Cinzas; Lula parte para a África no fim de semana

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 12.02.2024 05:59 comentários 1
Roteiro Antagonista: As cinzas da democracia
Foto: OAntagonista

Está será uma semana morta em Brasília. Não há agenda pública em nenhum dos três Poderes mesmo após a Quarta-feira de Cinzas, 14 de feveriro.

Sem eventos, a semana deve ser tomada pelos rescaldo da Operação Tempus Veritatis, que prendeu o assessor internacional de Jair Bolsonaro, Filipe G. Martins, entre outros, e expôs indícios de uma trama para golpe de Estado do ex-presidente Jair Bolsonaro e sua cúpula militar. Os efeitos políticos da operação serão sentidos ao longo das próximas semanas.

Do outro lado do ringue, Lula se prepara para embarcar no fim de semana para uma viagem à África. O presidente brasileiro deve ir ao Egito, encontrar-se com o presidente general Abdul Fatah Al-Sisi. Em seguida, vai à Etiópia, onde se reúne ccom o primeiro-ministro Abiy Ahmed Ali, o vencedor do Nobel da Paz de 2019, que lidera o governo central em uma guerra civil entre 2020 e 2022.

Na volta, no final do mês, Lula vai à Guiana, onde participa da Caricom, a cúpula das nações do Caribe.

Justiça

O Judiciário brasileiro não terá sessões durante toda a semana de Carnaval, incluindo após a quarta-feira de cinzas, no dia 14. O Supremo Tribunal Federal (STF) não terá sessões de plenário nesta semana.

Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados não possui agenda para nenhum dia da semana, mesmo após a quarta-feira de cinzas.

Senado Federal

O Senado Federal não possui agenda para nenhum dia da semana, mesmo após a quarta-feira de cinzas.

Congresso Nacional

Não há sessões marcadas no Congresso Nacional nesta semana

Agenda do IBGE

Na agenda do IBGE está prevista a divulgação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Trimestral (PNAD), nesta sexta-feira, 16, a partir das 9h. O índice deve apontar o tamanho do desemprego no país.

Matérias aguardando sanção

Não há matérias aguardando sanção por Lula.

Medidas provisórias

Não há medidas provisórias para vencer nesta semana.

Brasil

Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro

26.02.2024 15:35 3 minutos de leitura
Visualizar

Deputado quer proibir a instalação de sessões eleitorais em sedes de sindicatos

Visualizar

Os reféns voluntários da polarização  

Carlos Graieb Visualizar

CEO do Fortaleza revela mais de 1.200 lesões no atentado contra ônibus do time!

Visualizar

Câmara realiza sessão em alusão ao Dia das Doenças Raras

Visualizar

Rui Costa avalia que fala de Bolsonaro foi "confissão de crimes praticados"

Wesley Oliveira Visualizar

< Notícia Anterior

MEI e servidor público: conheça as regras para combinar empreendedorismo e função pública

12.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

MEI: como declarar o faturamento de 2023, evite multas e mantenha seu CNPJ regularizado

12.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

AEC

2024-02-12 06:19:24

Parasitas em todos os poderes! Nenhum país decente tem esse descaramento!


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro

Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro

26.02.2024 15:35 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Deputado quer proibir a instalação de sessões eleitorais em sedes de sindicatos

Deputado quer proibir a instalação de sessões eleitorais em sedes de sindicatos

26.02.2024 15:34 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Câmara realiza sessão em alusão ao Dia das Doenças Raras

Câmara realiza sessão em alusão ao Dia das Doenças Raras

26.02.2024 15:21 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Rui Costa avalia que fala de Bolsonaro foi "confissão de crimes praticados"

Rui Costa avalia que fala de Bolsonaro foi "confissão de crimes praticados"

Wesley Oliveira
26.02.2024 15:06 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.