PSDB gastou 12,2 milhões de reais com prévias PSDB gastou 12,2 milhões de reais com prévias
O Antagonista

PSDB gastou 12,2 milhões de reais com prévias

avatar
Carlos Graieb
3 minutos de leitura 11.04.2022 13:29 comentários
Brasil

PSDB gastou 12,2 milhões de reais com prévias

O PSDB fechou o custo total das prévias realizadas no ano passado, que elegeram João Doria como pré-candidato do partido à presidência: 12,2 milhões de reais. Como o processo foi inédito entre os partidos brasileiros, é difícil dizer se o valor foi excessivo ou não. O que se pode afirmar com certeza é que os gastos não trouxeram o lucro político esperado nem para Doria, nem para o PSDB...

avatar
Carlos Graieb
3 minutos de leitura 11.04.2022 13:29 comentários 0
PSDB gastou 12,2 milhões de reais com prévias
Fotos: Valter Campanato/Agência Brasil Gustavo Mansur/ Palácio Piratini Pedro França

O PSDB fechou o custo total das prévias realizadas no ano passado, que elegeram João Doria como pré-candidato do partido à presidência: 12,2 milhões de reais. Como o processo foi inédito entre os partidos brasileiros, é difícil dizer se o valor foi excessivo ou não. O que se pode afirmar com certeza é que os gastos não trouxeram o lucro político esperado nem para Doria, nem para o PSDB.

O ex-governador de São Paulo não cresceu nas pesquisas de intenção de voto depois de ser escolhido. Sua vitória, além disso, não foi aceita por uma facção do partido, que passou a promover o nome do segundo colocado, o gaúcho Eduardo Leite, como candidato de uma possível aliança com MDB, União Brasil e Cidadania.

Os 12,2 milhões de reais foram gastos da seguinte forma: 4,3 milhões com as campanhas dos três candidatos (além de Doria, Eduardo Leite e Arthur Virgílio Neto), incluindo viagens pelo Brasil; 2,6 milhões para o desenvolvimento de um aplicativo de votação (que não funcionou a contento, teve de ser substituído na última hora e certamente acarretou prejuízos); e 5,4 milhões com a organização de um encontro partidário em novembro do ano passado, em Brasília, que reuniu lideranças partidárias de todo o país e encerrou as prévias.

João Doria tem insistido que o resultado das prévias tem de ser honrado. Eduardo Leite e seus apoiadores reclamam nos bastidores que Doria não foi leal durante a campanha e, em público, dizem que se houver de fato uma federação com o Cidadania e uma aliança com MDB e União Brasil, qualquer nome que represente um consenso entre todos os partidos terá legitimidade para concorrer à presidência em nome deles. Nesse cenário, Leite tem vantagem sobre Doria.

Para quem observa de fora, no entanto, começam a surgir indícios de que o PSDB já não está tão interessado assim em disputar o Palácio do Planalto, e não se importaria em abrir caminho para nomes da União Brasil (que tem mais dinheiro) e do MDB (que tem capilaridade nacional), empregando o seu próprio fundo partidário em campanhas para governador, senador e deputado federal. O desfecho da história está marcado para 18 de maio. Nessa data, o “centro democrático” promete apresentar uma candidatura única – e também se saberá de que valeram os 12,2 milhões de reais das prévias tucanas.

Brasil

Biden diz a Netanyahu que EUA não vão participar de contra-ofensiva

14.04.2024 13:26 2 minutos de leitura
Visualizar

Ocidente livre condena o Irã. O Brasil torna-se cúmplice

Catarina Rochamonte Visualizar

Conor McGregor volta ao UFC

Visualizar

Onde assistir Vitória x Palmeiras: confira detalhes da partida

Visualizar

Geração Z em conflito com desafios econômicos

Visualizar

Crusoé: Para o Itamaraty, a vítima é o Irã

Visualizar

Tags relacionadas

Arthur Virgílio Eduardo Leite eleições 2022 João Doria prévias PSDB PSDB
< Notícia Anterior

Promotor acusa Gabriel Monteiro de gravar menor 'de forma livre' durante sexo

11.04.2022 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Bolsonaro diz que demitiu Silva e Luna porque queria "alguém mais profissional"

11.04.2022 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Carlos Graieb

Carlos Graieb é jornalista formado em Direito, editor sênior do portal O Antagonista e da revista Crusoé. Atuou em veículos como Estadão e Veja. Foi secretário de comunicação do Estado de São Paulo (2017-2018). Cursa a pós-graduação em Filosofia do Direito, da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP).

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Biden diz a Netanyahu que EUA não vão participar de contra-ofensiva

Biden diz a Netanyahu que EUA não vão participar de contra-ofensiva

14.04.2024 13:26 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Para o Itamaraty, a vítima é o Irã

Crusoé: Para o Itamaraty, a vítima é o Irã

14.04.2024 12:37 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Receba Antes: Dicas para acelerar sua restituição do IRPF 2024

Receba Antes: Dicas para acelerar sua restituição do IRPF 2024

14.04.2024 12:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Aeroporto de Brasília: a interligação do país

Aeroporto de Brasília: a interligação do país

14.04.2024 12:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.