O Antagonista

Por que Anielle só viaja em cima da hora? TCU quer saber

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 09.02.2024 16:19 comentários
Brasil

Por que Anielle só viaja em cima da hora? TCU quer saber

A compra de passagens em cima da hora pelo Ministério de Anielle Franco gera um aumento evitável nos gastos públicos, diz TCU

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 09.02.2024 16:19 comentários 3
Por que Anielle só viaja em cima da hora? TCU quer saber
Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil

O Tribunal de Contas da União (TCU) realizou uma auditoria que constatou que o Ministério da Igualdade Racial (MIR), de Anielle Franco, tem desrespeitado com frequência uma instrução normativa que estabelece a compra antecipada de passagens aéreas. Esse descumprimento tem gerado um aumento nos gastos públicos do ministério com viagens.

Segundo o Estadão, durante a análise, a equipe técnica do tribunal examinou as viagens realizadas no período de 1º de janeiro a 13 de setembro de 2023. Nesse período, o MIR gastou aproximadamente R$ 2,05 milhões em passagens e diárias.

Passagens precisam ser reservadas com antecedência

A instrução normativa em questão foi publicada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão em 2015 e determina que a reserva das passagens seja feita com pelo menos 10 dias de antecedência à data da viagem. A compra urgente de passagens deveria ser uma exceção, mas acabou se tornando regra no ministério.

De acordo com a tabela apresentada pela Unidade de Auditoria Especializada em Educação, Cultura, Esporte e Direitos Humanos do TCU, 97% das viagens realizadas pelo MIR em 2023 foram classificadas como urgentes.

Estes dados indicam que algo que deveria ser excepcional se tornou rotineiro. A antecedência na emissão das passagens é crucial para que a Administração adquira bilhetes com preços mais baixos, garantindo assim uma maior economia de recursos públicos.

Passagens caras

Além disso, o TCU chamou atenção para o fato de que as passagens foram adquiridas por valores muito acima do mercado.

Um exemplo disso foi a viagem da ministra Anielle Franco para Nova York, onde ela participou do Fórum Permanente sobre Afrodescendentes das Nações Unidas (ONU).

Os bilhetes aéreos para essa missão custaram aos cofres públicos R$ 54.558,11, quase cinco vezes mais do que a média dos bilhetes adquiridos por outros servidores do ministério na mesma viagem.

Outro exemplo é a passagem de ida e volta para Madri, que chegou a custar R$ 30.020,71, e outra para Bogotá, na Colômbia, que saiu por R$ 19.450,88.

Procurado para comentar o assunto, pelo Estadão, o Ministério da Igualdade Racial informou que não foi formalmente notificado sobre a realização da auditoria nem sobre as conclusões e recomendações da área técnica. O ministério se manifestará quando receber oficialmente as demandas do órgão competente.

Esportes

Alexandre Pato fala sobre os bastidores da sua saída do São Paulo

28.02.2024 23:00 2 minutos de leitura
Visualizar

Estátua de Daniel Alves é vandalizada em Juazeiro, sua cidade natal

Visualizar

A "epidemia geral" de Barroso

Visualizar

Flamengo considera vender Gabigol para lucrar com o atacante

Visualizar

Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

Visualizar

Atacante Yuri Alberto visita crianças com câncer no GACC

Visualizar

Tags relacionadas

Anielle Franco Gastos com viagens gastos públicos Ministério da Igualdade Racial TCU
< Notícia Anterior

Erupção vulcânica na Islândia deixa rastro de destruição e ameaça luxuoso spa geotérmico

09.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

James Magnussen vai tentar recorde mundial de natação por meio do Doping

09.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (3)

Marian

2024-02-09 19:54:55

Ora, porque o dinheiro é o nosso ! Que pergunta!


Claudio Miguel Caram

2024-02-09 17:54:32

Esse é o retorno dos impostos que pagamos.


Marcia Elizabeth Brunetti

2024-02-09 16:51:40

Anielle é apenas uma parte da esculhambação com o dinheiro público que esses políticos sem vergonha fazem. Imagine se você tem que comprar uma passagem? quantas contas, quantas pesquisas você faz antes de comprar?


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

A "epidemia geral" de Barroso

A "epidemia geral" de Barroso

28.02.2024 21:15 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

28.02.2024 20:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Shows de arrecadação eleitoral com artistas, determina TSE

Shows de arrecadação eleitoral com artistas, determina TSE

28.02.2024 20:16 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
STF vai decidir futuro da Uber no Brasil

STF vai decidir futuro da Uber no Brasil

28.02.2024 19:52 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.