O Antagonista

Plano de ‘Abin paralela’ foi revelado por Bebianno em 2020

avatar
Wesley Oliveira
2 minutos de leitura 29.01.2024 14:44 comentários
Brasil

Plano de ‘Abin paralela’ foi revelado por Bebianno em 2020

Ministro disse, em 2020, que Carlos Bolsonaro tinha a intenção de criar uma "Abin paralela" e que seu pai, o ex-presidente Bolsonaro, sabia do plano

avatar
Wesley Oliveira
2 minutos de leitura 29.01.2024 14:44 comentários 1
Plano de ‘Abin paralela’ foi revelado por Bebianno em 2020
Lula Marques/ PT na Câmara

Ex-ministro do governo Jair Bolsonaro (PL), Gustavo Bebianno disse, em março de 2020, pouco antes de morrer, que o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) tinha a intenção de criar uma “Abin paralela” e que seu pai, o ex-presidente, sabia do plano. O vereador foi alvo de uma operação da Polícia Federal nesta segunda-feira, 29, que apura interferências na Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

“Um belo dia o Carlos me aparece com o nome de um delegado Federal e três agentes, que seria uma Abin paralela”, disse em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura.

Questionado sobre como o presidente reagiu ao plano do filho, Bebianno respondeu: “De forma passiva, desviando, não enfrentou o assunto e a coisa foi sendo cozinhada”, ele respondeu.

Ainda durante a entrevista, Bebianno disse que ele e o general Carlos Alberto Santos Cruz, também ex-ministro de Bolsonaro, teriam desaconselhado o presidente de aceitar o plano do filho. A resistência de ambos teria sido o motivo de suas demissões.

“Existe uma paranoia familiar de não se confiar em ninguém”, disse Bebianno à época.

A entrevista foi veiculada no dia 2 de março de 2020. Bebbiano morreu no dia 14, após sofrer um infarto.

Operação Abin paralela

A operação desta segunda que mirou o vereador Carlos Bolsonaro é um desdobramento da operação Vigilância Aproximada, desencadeada na semana passada e que mirou o deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ). Mais conhecido como Carluxo, o filho do ex-presidente é investigado por ter supostamente sido beneficiado das informações produzidas pela chamada “Abin paralela”.

Segundo a PF, o ex-diretor-geral da Abin utilizou o software First Mile para monitorar aproximadamente 1,5 mil pessoas. Todas de forma ilegal.

Durante as buscas em endereços ligados ao vereador,  a PF apreendeu dois celulares e um notebook que estava em posse de Carlos Bolsonaro. Também foram apreendidos um pen drive, cartões de memória entre outras mídias eletrônicas.

Tecnologia

Vendas do iPhone despencam 24% na China; Huawei segue crescendo

Alexandre Borges
05.03.2024 07:17 2 minutos de leitura
Visualizar

Pacheco cogita enfrentar STF em corrida sobre maconha

Wilson Lima Visualizar

Você pode ajudar a encontrar Cleusa, uma das desaparecidas do Brasil

Visualizar

Santa Rita do Sapucaí realiza ajustes após acordo com MPMG: Concurso público e fim de nepotismo

Visualizar

CPI da Braskem: uma investigação de quatro senadores

Visualizar

Flamengo tenta contratação de Maycon, do Corinthians

Visualizar

Tags relacionadas

Abin paralela Alexandre Ramagem Bebianno Carlos Bolsonaro
< Notícia Anterior

Desoneração: governo ainda busca “bom termo” com o Congresso

29.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

“Clara perseguição política à família Bolsonaro”, diz Feliciano, sobre operação da PF

29.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wesley Oliveira

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Tereza Maria Sayeg

2024-01-30 09:12:12

Cuidado com a concordância verbal, por favor! “Dois celulares e um notebook que ESTAVAM de posse”. Aliás, a própria frase tem um Português bem sofrível.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Você pode ajudar a encontrar Cleusa, uma das desaparecidas do Brasil

Você pode ajudar a encontrar Cleusa, uma das desaparecidas do Brasil

05.03.2024 07:12 1 minuto de leitura
Visualizar notícia
Pacheco cogita enfrentar STF em corrida sobre maconha

Pacheco cogita enfrentar STF em corrida sobre maconha

Wilson Lima
05.03.2024 07:12 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Santa Rita do Sapucaí realiza ajustes após acordo com MPMG: Concurso público e fim de nepotismo

Santa Rita do Sapucaí realiza ajustes após acordo com MPMG: Concurso público e fim de nepotismo

05.03.2024 07:07 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
CPI da Braskem: uma investigação de quatro senadores

CPI da Braskem: uma investigação de quatro senadores

05.03.2024 07:06 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.