Onda de calor faz consumo de energia bater recorde no Brasil Onda de calor faz consumo de energia bater recorde no Brasil
O Antagonista

Onda de calor faz consumo de energia bater recorde no Brasil

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 18.03.2024 15:21 comentários
Brasil

Onda de calor faz consumo de energia bater recorde no Brasil

O ONS afirmou que o comportamento do consumo de energia foi influenciado principalmente pelas altas temperaturas em todo o país

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 18.03.2024 15:21 comentários 0
Onda de calor faz consumo de energia bater recorde no Brasil
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou, no último dia 15, que a onda de calor que atingiu o país resultou em um recorde de consumo de energia. No mesmo dia, também foi registrado um recorde na demanda instantânea por eletricidade.

De acordo com o ONS, o consumo de energia no Brasil chegou a 91.339 MW médios, superando os 90.596 MW médios registrados em 17 de novembro de 2023, durante outra onda de calor.

Já a demanda instantânea alcançou 102.478 MW às 14h37 da sexta-feira. O recorde anterior era de 101.860 MW, registrado em 7 de fevereiro de 2024, conforme informado pelo operador.

O ONS afirmou que o comportamento do consumo de energia foi influenciado principalmente pelas altas temperaturas em todo o país, que enfrenta mais uma onda de calor. A nota distribuída pelo ONS no domingo, 17, destacou que as condições climáticas tiveram um impacto significativo na carga elétrica do país.

Recordes no Rio de Janeiro

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, a cidade do Rio de Janeiro também registrou recordes consecutivos na medição da sensação térmica durante essa onda de calor. No sábado, 16, o indicador chegou a 60,1°C, e neste domingo, 17, atingiu 62,3°C no bairro de Guaratiba, na zona oeste.

Além do Rio de Janeiro, outros estados como Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo também estão sendo afetados pela onda de calor, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Maior temperatura do ano em SP

Em São Paulo, a cidade registrou no sábado, 16, a maior temperatura do ano, atingindo 34,7°C. Essa foi a maior temperatura já registrada para o mês de março em pelo menos 81 anos, desde que o Inmet começou a fazer estatísticas em 1943. A medição oficial foi feita no mirante de Santana, na zona oeste da cidade.

Com as altas temperaturas previstas para os próximos dias, o ONS projeta um aumento de 5,7% no consumo de energia em todo o país na próxima semana, em comparação com o mesmo período de 2023. A região Nordeste deve apresentar o maior crescimento, com 8,8%, seguida pelo Norte, com 8,5%. Já as projeções para o Sudeste/Centro-Oeste e Sul são de 5,8% e 1,5%, respectivamente.

Procura por ar-condicionado

A onda de calor também impulsionou a procura por aparelhos de ar-condicionado durante a última semana, coincidindo com o dia do consumidor promovido pelo comércio na sexta-feira. Essa data já ganhou o apelido de “Black Friday” do primeiro semestre, e os consumidores estão em busca dos melhores preços e produtos para amenizar o desconforto causado pelas altas temperaturas.

Segundo um levantamento realizado pelo Buscapé, os aparelhos de ar-condicionado subiram da quarta para a segunda posição entre as categorias mais buscadas pelos brasileiros entre 2023 e 2024. Já os ventiladores e circuladores passaram da 14ª para a 8ª posição nessa mesma base de comparação.

Brasil

Lula diz que Haddad tem que ler menos e falar mais com o Congresso

22.04.2024 13:21 1 minuto de leitura
Visualizar

A rachadinha do PCC no gabinete de um vereador

Visualizar

Onde assistir Bragantino x Grêmio: confira detalhes do Campeonato Feminino

Visualizar

Médico e ex-candidato a vereador é assassinado em casa em São Bernardo do Campo

Visualizar

OIT alerta: está muito quente no seu trabalho

Visualizar

Onde assistir aos jogos de hoje, 23/04, na TV e streaming

Visualizar

Tags relacionadas

consumo de energia Inmet onda de calor ONS recorde
< Notícia Anterior

Até Lula perdeu a paciência com Nísia Trindade

18.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Lula quer ministros "na rua" para aumentar popularidade

18.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Lula diz que Haddad tem que ler menos e falar mais com o Congresso

Lula diz que Haddad tem que ler menos e falar mais com o Congresso

22.04.2024 13:21 1 minuto de leitura
Visualizar notícia
A rachadinha do PCC no gabinete de um vereador

A rachadinha do PCC no gabinete de um vereador

22.04.2024 13:14 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Onde assistir Bragantino x Grêmio: confira detalhes do Campeonato Feminino

Onde assistir Bragantino x Grêmio: confira detalhes do Campeonato Feminino

22.04.2024 13:00 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Médico e ex-candidato a vereador é assassinado em casa em São Bernardo do Campo

Médico e ex-candidato a vereador é assassinado em casa em São Bernardo do Campo

22.04.2024 12:53 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.