Moraes manda soltar ex-assessor de Bolsonaro Moraes manda soltar ex-assessor de Bolsonaro
O Antagonista

Moraes manda soltar ex-assessor de Bolsonaro

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 17.05.2024 08:24 comentários
Brasil

Moraes manda soltar ex-assessor de Bolsonaro

Preso desde 8 de fevereiro, Marcelo Câmara é suspeito de participar da organização criminosa que atuou na tentativa de golpe de Estado

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 17.05.2024 08:24 comentários 0
Moraes manda soltar ex-assessor de Bolsonaro
Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta quinta-feira, 16, a soltura de Marcelo Câmara, ex-assessor de Jair Bolsonaro (PL) que estava preso desde 8 de fevereiro quando foi deflagrada a operação Tempus Veritatis.

A informação foi confirmada pelo advogado de Câmara, Luiz Eduardo Kuntz.

Ao conceder liberdade ao ex-assessore de Bolsonaro, Moraes impôs medidas cautelares, como o uso de tornozeleira eletrônica, a proibição de deixar Brasília e a apresentação semanal à Vara de Execuções Penais.

Marcelo Câmara é suspeito de participar de uma organização criminosa responsável por articular uma tentativa de golpe de Estado após as eleições de 2022.

PGR defende a soltura de Câmara

A Procuradoria-Geral da República (PGR) defendeu a soltura do ex-assessor de Bolsonaro em manifestação enviada a Moraes no início de maio.

“O desenho dos fatos, que se tem neste momento, induz à convicção de que a ordem pública e a investigação criminal poderão ser resguardadas por medidas menos gravosas do que a prisão, como, v.g. [do latim verbi gratia, que significa ‘por exemplo’], monitoramento eletrônico, proibição de se ausentar do país e retenção do passaporte”, afirmou o procurador-geral da República, Paulo Gonet.

CPMI do 8 de janeiro

Além da operação da Polícia Federal, Câmara foi alvo da Comissão Mista Parlamentar de Inquérito (CPMI) do 8 de janeiro, que investigou a organização e financiamento das invasões às sedes dos Três Poderes, em Brasília.

Câmara chegou a ter sigilo fiscal, telefônico e telemático quebrado pelos parlamentares. Ele também foi alvo de um dos 61 pedidos de indiciamento realizados pela relatora da comissão, senadora Eliziane Gama (PSD-MA).

Em maio de 2023, ele também foi alvo de uma operação da Polícia Federal que apurava suspeita de fraude nos cartões de vacina do ex-presidente, familiares e assessores.

Leia também:

Investigado pelo 8/1, coronel Naime recebe liberdade provisória

Brasil

Lira sobre aborto: "O que é permitido hoje não será proibido"

13.06.2024 19:37 3 minutos de leitura
Visualizar

Prefeito do RS tem celular roubado enquanto gravava vídeo

Visualizar

Yan Couto revela que CBF pediu para tirar o cabelo rosa

Visualizar

New Brasil Plus: a plataforma de streaming gratuita da Band

Visualizar

Presidente do Solidariedade entra na lista vermelha da Interpol

Visualizar

Treinador de time do Piauí é demitido por xingar a torcida

Visualizar

Tags relacionadas

8 de janeiro Alexandre de Moraes golpe de Estado Jair Bolsonaro Marcelo Câmara Tempus Veritatis
< Notícia Anterior

FAB pausa doações de água e roupas para o RS: Saiba como ajudar

17.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Cautela com juros deve continuar a dar as cartas no mercado

17.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Lira sobre aborto: "O que é permitido hoje não será proibido"

Lira sobre aborto: "O que é permitido hoje não será proibido"

13.06.2024 19:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Prefeito do RS tem celular roubado enquanto gravava vídeo

Prefeito do RS tem celular roubado enquanto gravava vídeo

13.06.2024 19:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
New Brasil Plus: a plataforma de streaming gratuita da Band

New Brasil Plus: a plataforma de streaming gratuita da Band

13.06.2024 19:27 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Presidente do Solidariedade entra na lista vermelha da Interpol

Presidente do Solidariedade entra na lista vermelha da Interpol

13.06.2024 19:16 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.