O Antagonista

Moraes converte prisão de Valdemar em preventiva

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 09.02.2024 21:39 comentários
Brasil

Moraes converte prisão de Valdemar em preventiva

Valdemar era alvo de apenas um mandado de busca e apreensão, mas as autoridades apreendeu uma arma com registro inválido

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 09.02.2024 21:39 comentários 8
Moraes converte prisão de Valdemar em preventiva
Foto: Beto Barata/ PL

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a conversão da prisão em flagrante do presidente do PL, Valdemar Costa Neto, em prisão preventiva nesta sexta-feira, 9 de fevereiro.

Moraes deu prazo de 24 horas para a Procuradoria-Geral da República se manifestar e deferiu o pedido da defesa pela vista dos autos.

Valdemar, que está na superintendência da Polícia Federal em Brasília, foi preso em decorrência da Operação “Tempus Veritatis”, na quinta-feira, 8.

Ele passou por audiência nesta sexta.

Valdemar era alvo de apenas um mandado de busca e apreensão, mas as autoridades apreendeu uma arma com registro inválido, o que configura o crime de posse ilegal de arma.

Também se encontrou uma pepita de ouro, cuja posse, por ser bruto, é crime de usurpação de mineral, que é inafiançável.

“A não soltura do Presidente Valdemar nesse momento só escancara ainda mais o momento que o Brasil vive”, publicou o assessor especial de Jair Bolsonaro e ex-Secom, Fabio Wajngarten, no X nesta sexta.

“Minha solidariedade à ele, bem como à sua esposa e familiares. VERGONHOSO”, acrescentou.

Valdemar e Bolsonaro na mira da PF

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, foram alvos de busca e apreensão da operação Tempus Veritatis, deflagrada nesta quinta, 8, pela Polícia Federal.

Além deles, os ex-ministros Anderson Torres, Walter Braga Netto e Augusto Heleno também foram alvos da operação.

Dois ex-assessores de Bolsonaro foram presos. São eles: Marcelo Câmara, ex-ajudante de ordens, e Filipe Martins, ex-assessor internacional do governo Bolsonaro.

Narrativa de fraude foi endossada por Valdemar

O requerimento que autorizou a Tempus Veritatis indica Valdemar como o mentor da ação judicial que questionava o resultado das eleições de 2022.

Diz o documento:

O alinhamento entre os investigados se demonstra, ainda, a partir das falas proferidas por VALDEMAR COSTA NETO, em 23/11/2022, um dia após ter ingressado com o pedido de anulação dos votos das urnas antigas [fabricadas em 2020] junto ao TSE:

[Fala de Valdemar] ‘Nós contratamos uma empresa de homens altamente qualificados para poder acompanhar as eleições, e eles, por coincidência e talvez por tecnologia, eles conseguiram atingir esse objetivo de conseguir algo palpável no segundo turno. No primeiro eles não pegaram. (…) No segundo turno eles aumentaram a equipe, trouxeram um gênio lá de Uberlândia e que ajudou muito a gente. Aí ele descobriu esse problema que o nosso pessoal não tinha descoberto. Então nós fomos obrigados a colocar isso aí’.”

No documento, o ministro Alexandre de Moraes, do STF, afirmou que toda a ação preferida contra o resultado das eleições em 2022 teria sido financiada pelo PL, capitaneado por Valdemar Costa Neto.

Em acréscimo, a empresa Gaio.io possui um de seus endereços na cidade de Uberlândia/MG e o município é um dos domicílios vinculados a EDER LINDSAY MAGALHÃES BALBINO, investigado nestes autos, ‘o que demonstra que o Partido Liberal, através de seu representante máximo, VALDEMAR COSTA NETO, tinha plena ciência da interlocução e do alinhamento que os investigados desenvolveram na construção da narrativa de fraude as urnas eletrônicas‘.

Assim, a investigação demonstrou que (a) ‘dentro da divisão de tarefas estabelecidas pelo Núcleo de Desinformação e Ataques ao Sistema Eleitoral, coube ao então presidente do Partido Liberal [PL]VALDEMAR COSTA NETO, financiar, divulgar perante a imprensa e endossar a ação judicial que corroborava a atuação da rede de ‘especialistas’ que subsidiaram ‘estudos técnicos’ que comprovariam supostas fraudes nas eleições presidenciais de 2022‘; e (b) ‘os investigados atuaram de forma coordenada, em unidade de desígnios, para desacreditar o sistema eletrônico de votação que regia as eleições presidenciais de 2022, utilizando-se de diversos meios, proclamados como ‘técnicos’ para gerar a formação de uma primeira impressão’.”

Esportes

Fernando participa do primeiro treino com o Inter! Veja

29.02.2024 17:30 2 minutos de leitura
Visualizar

Crusoé: ex-líder catalão é alvo no Supremo da Espanha por terrorismo

Visualizar

Protesto violento na UC Berkeley interrompe evento judaico

Alexandre Borges Visualizar

Médica suspeita de falsos diagnósticos de câncer em esquema milionário

Visualizar

Nove detentos escapam de presídio em Santa Luzia, Belo Horizonte

Visualizar

O novo antissemitismo, resenha do texto de Noah Feldman

Catarina Rochamonte Visualizar

Tags relacionadas

Alexandre de Moras Valdemar Costa Neto
< Notícia Anterior

Crusoé: Fundamentos teóricos e metodológicos da ludopedagogia

09.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Viña é relacionado e deve estrear pelo Flamengo contra o Volta Redonda

09.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (8)

Annie

2024-02-10 10:19:31

Eita esse aí ja gosta de um xilindro isso que dá a gula por mufunfa.


Heitor M Picchioni

2024-02-10 08:15:11

Até O Antagonista está vendo q esta história está mal contada. Deram um tiro n’agua. Tirando os incautos,fanáticos, os que minimamente pensam, perceberam q esta narrativa não está colando. Tem que arranjar outra urgentemente!


Marcia Elizabeth Brunetti

2024-02-10 07:54:53

Agora a direita vai se preocupar com abusos na ações de vingança dos esquerdalha. Enquanto foi com Moro e Deltan não estavam nem aí. Agora estão correndo atrás de bons advogados.


Fabio San Juan

2024-02-10 07:07:15

Pelo amor de Deus, pessoal do Antagonista, vocês são ótimos, não deixem passar erros de português como "as autoridades APREENDEU" já na linha fina, e depois no corpo da matéria.


Amilton Becker

2024-02-10 00:02:41

Me respondam, por favor: quem assina os cheques dos salários dos outros dez inúteis do STF? O Xandão? Só pode, pois ninguém se manifesta com tanta inconstitucionalidade.


Marcelo Augusto Monteiro Ferraz

2024-02-09 23:29:53

Tenho repetido muito essa mesma observação, Amilton! São redatores que não sabem escrever, revisores que não revisam e editores que pensam que editam! Emerge uma faceta analfa na redação de O Antagonista, para nossa vergonha alheia.


AMILTON MIGUEZ DA SILVA

2024-02-09 23:13:06

Meu Deus! Qual o nível de aprendizado do Português dos redatores de O Antagonista? Como podem escrever ..."as autoridades APREENDEU uma arma"... por mais de uma vez? Socorro!!!


Antônio Carcos Zamith Junior

2024-02-09 21:46:01

Bem feito! Do mensalão lulista a perseguir herói Sérgio moro


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Médica suspeita de falsos diagnósticos de câncer em esquema milionário

Médica suspeita de falsos diagnósticos de câncer em esquema milionário

29.02.2024 17:09 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Nove detentos escapam de presídio em Santa Luzia, Belo Horizonte

Nove detentos escapam de presídio em Santa Luzia, Belo Horizonte

29.02.2024 17:04 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
O escolhido para botar o trem intercidades nos trilhos

O escolhido para botar o trem intercidades nos trilhos

29.02.2024 16:58 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
O que o governo Lula decidiu sobre o aborto

O que o governo Lula decidiu sobre o aborto

Gustavo Roque
29.02.2024 16:44 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.