Ministros do STF acumulam milhas na Europa Ministros do STF acumulam milhas na Europa
O Antagonista

Ministros do STF acumulam milhas na Europa

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 13.05.2024 07:58 comentários
Brasil

Ministros do STF acumulam milhas na Europa

Os magistrados participaram de pelo menos 22 agendas no exterior entre junho de 2023 e maio de 2024

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 13.05.2024 07:58 comentários 5
Ministros do STF acumulam milhas na Europa
Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) participaram de pelo menos 22 agendas no exterior entre junho de 2023 e maio de 2024, a maioria na Europa, publicou o Estadão. Desses eventos, nove foram organizados ou patrocinados por instituições privadas, entre as quais algumas possuem causas em julgamento na Corte.

Segundo o jornal, foram 14 atos na Europa, sendo três na França, três na Alemanha, dois na Espanha, dois em Portugal, dois no Reino Unido e dois na Suíça. Os magistrados também foram a fóruns no Canadá, Emirados Árabes Unidos, Cabo Verde e Argentina (cada país recebeu um evento jurídico no período analisado).

Mesmo assim, os Estados Unidos ainda despontam como o destino favorito dos ministros do Supremo. Quatro eventos levaram magistrados brasileiros ao país entre janeiro e abril de 2024. Em todos, o presidente da Corte, Luís Roberto Barroso, esteve presente, mas apenas um foi de caráter estritamente acadêmico — o Fórum EUA-Brasil de Chicago sobre Direito e Economia, realizado em março.

Embora dois dos outros atos no país tenham sido realizados na Universidade de Harvard, eles não se restringiram a debates jurídicos e contaram com patrocínios de grandes empresas.

Barroso, o recordista de milhas

O presidente do STF, Luís Roberto Barroso, é o recordista em viagens ao exterior.

Conforme levantamento realizado pelo Estadão, ele participou de 16 dos 22 eventos realizados com a presença de ministros fora do país entre junho de 2023 e maio de 2024.

Sete atos foram organizados ou patrocinados por entidades privadas.

Conflito de interesses?

Em nota, o Supremo Tribunal Federal negou a existência de conflitos de interesses nas participações dos magistrados da Corte em eventos no exterior, embora alguns deles sejam patrocinados por agentes envolvidos em ações julgadas pelos ministros do STF e não haja obrigatoriedade na prestação de contas.

“Ministros do Supremo conversam com advogados, com indígenas, com empresários rurais, com estudantes, com sindicatos, com confederações patronais, entre muitos outros segmentos da sociedade. E muitos participam de eventos organizados por entidades representativas desses setores, inclusive por órgãos de imprensa. Naturalmente, os organizadores dos eventos pagam as despesas. Quando um ministro aceita o convite para falar em um evento – e a maioria dos ministros também tem uma intensa atividade acadêmica -, ele compartilha conhecimento com o público do evento. Por isso, a questão não está posta da maneira correta, não se pode considerar a participação do ministro no evento como um favor feito a ele pelo organizador. Por essa razão, não há conflito de interesses”, afirmou.

Leia também:

Gilmar fala sobre eventos no exterior, mas questões permanecem

Toffoli reclama da vigilância da imprensa sobre farra no exterior

Brasil

O "novo cangaço" na mira da polícia em SP

21.05.2024 13:07 2 minutos de leitura
Visualizar

Presidente da FFMS Francisco Cezário é preso por desvio milionário

Visualizar

Onde assistir Vasco x Fortaleza: confira detalhes da partida

Visualizar

Deputado dos EUA aponta “perversão” do TPI ao “perseguir governo israelense”

Visualizar

Moraes defende "regulamentação internacional" da IA para eleições

Visualizar

Onde assistir Bragantino x Sousa: confira detalhes da partida

Visualizar

Tags relacionadas

Luís Roberto Barroso ministros do STF STF
< Notícia Anterior

Inundações no Texas: 13 milhões de pessoas em alerta

13.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Saque-Aniversário do FGTS em risco: entenda as propostas para 2024

13.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (5)

Alexandre Ataliba Do Couto Resende

2024-05-13 13:06:47

STF se desmoraliza por si mesmo.


Marcelo Augusto Monteiro Ferraz

2024-05-13 11:39:07

Lamentável!


EUD

2024-05-13 09:59:44

Só Em Republiquetas, Isso Pode Acontecer !!!!!!!


Marcia Elizabeth Brunetti

2024-05-13 08:20:28

Imagino que os familiares desses desrespeitosos juízes devem aproveitar as boquinhas. Provavelmente a lei deve defender a possibilidade do juiz viajar junto com um “ente querido”. É igual a presidiário que tem saidinha liberado por “merecerem. Tudo em nome dos direitos humanos. Kkkkkk”


AEC

2024-05-13 08:10:27

É estarrecedor sob vários aspectos! Absurdo!


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

O "novo cangaço" na mira da polícia em SP

O "novo cangaço" na mira da polícia em SP

21.05.2024 13:07 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Presidente da FFMS Francisco Cezário é preso por desvio milionário

Presidente da FFMS Francisco Cezário é preso por desvio milionário

21.05.2024 13:04 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Moraes defende "regulamentação internacional" da IA para eleições

Moraes defende "regulamentação internacional" da IA para eleições

21.05.2024 12:46 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Felipe D’Avila quer unir "direita sensata" com "esquerda inteligente"

Felipe D’Avila quer unir "direita sensata" com "esquerda inteligente"

21.05.2024 12:19 4 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.