O Antagonista

Militar do GSI que deu água a invasores no 8/1 deve ser ouvido de novo pela PF

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 20.04.2023 15:15 comentários
Brasil

Militar do GSI que deu água a invasores no 8/1 deve ser ouvido de novo pela PF

O governo identificou o militar que deu água a invasores no dia 8 de janeiro no Palácio do Planalto...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 20.04.2023 15:15 comentários 0
Militar do GSI que deu água a invasores no 8/1 deve ser ouvido de novo pela PF
Foto: Acervo Pessoal

O governo identificou o militar que deu água a invasores no dia 8 de janeiro no Palácio do Planalto. Segundo o G1, o homem que aparece nas gravações divulgadas ontem pela CNN é o major do Exército José Eduardo Natale de Paula Pereira (foto). O militar atuava como coordenador de segurança de instalações dos palácios presidenciais e estava trabalhando no Palácio do Planalto no dia da invasão.

Em janeiro, Pereira prestou depoimento à Polícia Federal como testemunha. Com a divulgação das novas imagens, que resultaram na queda do ministro do GSI, Gonçalves Dias, José Eduardo deve ser ouvido novamente.

No início do ano, o major afirmou à PF que, no momento da invasão, havia cerca de 40 homens na tropa de choque para fazer a contenção de milhares de manifestantes. José Eduardo também disse que, quando percebeu a movimentação em direção ao Planalto, “acionou o pelotão de choque do Exército-BGP que se encontrava de prontidão”. Segundo o militar, depois do rompimento da cerca de contenção a oeste do prédio, foi acionado o “Plano Escudo” – “um planejamento que envolve as forças da PMDF, Exército e GSI para impedir invasões nos órgãos governamentais”. Contudo, os vândalos conseguiram romper as barreiras fixas e chegar ao espelho d’água do palácio.

José Eduardo afirmou ainda que os invasores foram contidos temporariamente no espelho d’água, enquanto foram realizadas tentativas de negociação, mas que eles “conseguiram romper os bloqueios e tiveram acesso à marquise do Palácio do Planalto”. Ele acrescentou que os invasores utilizaram de violência e ameaça para conseguir acesso ao Palácio do Planalto, “pois atiraram pedras do próprio chão do palácio nas tropas de segurança”.

Por fim, o militar afirmou que foram roubados equipamentos da sala do encarregado de segurança das instalações, incluindo cassetetes, sprays de pimenta e 11 tasers, armas não letais.

Como mostramos, após a queda de Gonçalves Dias, Lula escolheu Ricardo Cappelli para assumir interinamente o Gabinete de Segurança Institucional (GSI).

Mais Lidas

1

Sem Biden, democratas conseguirão derrotar Trump?

Visualizar notícia
2

O cafuné do PT no ministro ‘Taxadd’

Visualizar notícia
3

O vexame da chefe do Serviço Secreto

Visualizar notícia
4

Trump é "estafador", diz Kamala Harris em discurso a equipe de campanha

Visualizar notícia
5

Lula fala fino com Maduro e grosso com “extrema direita”

Visualizar notícia
6

É tudo culpa da Casa Civil

Visualizar notícia
7

"Democratas colhem o que plantaram"

Visualizar notícia
8

Kamala Harris recusa convite para presidir sessão com Netanyahu

Visualizar notícia
9

Kamala vai se sair melhor que Biden?

Visualizar notícia
10

Censura na EBC na mira da Câmara

Visualizar notícia

Tags relacionadas

Exército José Eduardo Natale de Paula Pereira PF Polícia Federal
< Notícia Anterior

"É uma grande honra", diz relator do arcabouço fiscal

20.04.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Lula não sabia de gravações de ex-ministro durante ataques de 8/1, diz Pimenta

20.04.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Entendendo o rodízio de veículos em São Paulo

Entendendo o rodízio de veículos em São Paulo

23.07.2024 08:17 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
USP lança concursos para Pediatras, confira todos os detalhes

USP lança concursos para Pediatras, confira todos os detalhes

23.07.2024 08:07 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Febre Oropouche: Segunda morte na Bahia em 2024

Febre Oropouche: Segunda morte na Bahia em 2024

23.07.2024 08:00 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Atualizações no programa de revisão de benefícios do INSS

Atualizações no programa de revisão de benefícios do INSS

23.07.2024 08:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.