MEI: atualize seu cadastro no DET até 1° de Agosto e evite multas MEI: atualize seu cadastro no DET até 1° de Agosto e evite multas
O Antagonista

MEI: atualize seu cadastro no DET até 1° de Agosto e evite multas

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 04.05.2024 08:00 comentários
Brasil

MEI: atualize seu cadastro no DET até 1° de Agosto e evite multas

Entenda o domicílio eletrônico trabalhista (DET) para Microempreendedores Individuais (MEI).

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 04.05.2024 08:00 comentários 0
MEI: atualize seu cadastro no DET até 1° de Agosto e evite multas
Foto: Agência Sebrae/Reprodução

A partir do próximo 1° de agosto, os Microempreendedores Individuais (MEI) terão uma nova obrigação: manter atualizado seu cadastro no sistema Domicílio Eletrônico Trabalhista (DET).

Este sistema é uma ferramenta governamental que visa facilitar a comunicação entre o governo e os empregadores em questões trabalhistas, incluindo a notificação sobre exigências burocráticas e o envio de documentos relevantes.

O que é o domicílio eletrônico trabalhista (DET)?

O DET é um sistema criado pelo Governo Federal e gerenciado pela Secretaria de Inspeção do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego.

Segundo o Artigo 628-A da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), o sistema tem como objetivo primário informar o empregador sobre qualquer ato administrativo, intimações e avisos gerais.

Além disso, é por meio do DET que os empregadores devem enviar a documentação eletrônica solicitada em ações fiscais ou na defesa de recursos em processos administrativos.

Essencialmente, o DET serve como um canal direto e eficiente de comunicação entre o estado e os empregadores, garantindo que todas as partes estejam devidamente informadas sobre obrigações e atualizações legais pertinentes ao ambiente de trabalho.

Como os MEIs podem efetuar o cadastro e atualização no DET?

Embora todos os CPFs e CNPJs estejam automaticamente registrados no DET, é fundamental que os microempreendedores façam um primeiro acesso ao sistema para atualizar suas informações.

Esse procedimento garante que todas as notificações importantes sejam devidamente recebidas e evita problemas futuros com a fiscalização trabalhista.

  1. Acesse o portal: https://det.sit.trabalho.gov.br.
  2. Faça o login utilizando sua conta gov.br. É necessário que a autenticação seja nível prata ou ouro.
  3. Verifique se o acesso ao DET está sendo feito com o perfil CNPJ correto. Caso contrário, altere o perfil acessando “Trocar Perfil” no canto superior direito.
  4. Atualize seus dados cadastrais, incluindo nome, e-mail e telefone.

Existe penalidade para MEIs que não atualizarem o cadastro no DET?

Não há penalidades específicas para o MEI que não realizar a atualização de seu cadastro no DET.

No entanto, é crucial estar atento às notificações do sistema.

A falta de resposta a uma notificação de um Auditor-Fiscal do Trabalho pode resultar em autuações e multas, conforme estabelece o Artigo 630 § 6º da CLT.

Após 15 dias sem resposta, considera-se que o empregador tem ciência automática do conteúdo da notificação.

Portanto, manter o cadastro no DET atualizado não é apenas uma questão de cumprir com uma obrigação legal, mas também uma forma de garantir a gestão tranquila e eficaz do seu negócio no âmbito trabalhista.

Para os microempreendedores, entender e utilizar o sistema DET é essencial para garantir que todas as comunicações e obrigações legais sejam atendidas eficientemente.

Evitar problemas com o governo e multas potenciais pode ser tão simples quanto fazer uma verificação rápida e atualizar seus dados online.

Este é um pequeno passo que pode prevenir diversos problemas futuros relacionados às leis trabalhistas brasileiras.

Mundo

Robô frequenta escola no lugar de menino doente. Veja vídeo

29.05.2024 21:05 3 minutos de leitura
Visualizar

Jaguatirica morre atropelada na SP-123

Visualizar

Chegou o imposto ‘do bem’

Visualizar

Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

Visualizar

A derrubada da saidinha

Visualizar

Boulos, o mais rejeitado em São Paulo

Visualizar

Tags relacionadas

Microempreendedor Individual
< Notícia Anterior

Ministra da Argentina diz que chineses são "todos iguais"

04.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Serpro convoca 602 novos talentos para impulsionar tecnologia

04.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Jaguatirica morre atropelada na SP-123

Jaguatirica morre atropelada na SP-123

29.05.2024 20:58 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

29.05.2024 20:54 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Boulos, o mais rejeitado em São Paulo

Boulos, o mais rejeitado em São Paulo

29.05.2024 20:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Avança na Câmara projeto de lei sobre destinar cadáveres para treinamento canino

Avança na Câmara projeto de lei sobre destinar cadáveres para treinamento canino

29.05.2024 20:23 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.