O Antagonista

Lula celebra operação contra Bolsonaro afetando contenção

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 08.02.2024 09:32 comentários
Brasil

Lula celebra operação contra Bolsonaro afetando contenção

Petista fez questão de turbinar a repercussão da operação da Polícia Federal contra Jair Bolsonaro e sua trupe, e tentou amenizar o oportunismo

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 08.02.2024 09:32 comentários 2
Lula celebra operação contra Bolsonaro afetando contenção
Foto: Reprodução/ YouTube

Lula (foto) fez questão de turbinar a repercussão da operação da Polícia Federal contra Jair Bolsonaro e sua trupe com um comentário nas redes sociais, como se presidente da República fosse comentarista de batida policial. A declaração foi uma reprodução de trecho de sua entrevista à rádio Itatiaia, concedida na manhã desta quinta-feira, 8. Para amenizar o oportunismo, porém, o petista disse esperar não haver excessos.

“É muito difícil um presidente da República comentar sobre uma operação da Polícia Federal que ocorre em segredo de justiça. Espero que não ocorra nenhum excesso e seja aplicado o rigor da lei. Sabemos que houveram ataques à democracia. Precisamos saber quem financiou os acampamentos. Vamos esperar as investigações”, diz a mensagem compartilhada no perfil do X, ex-Twitter, de Lula.

O verbo haver no sentido de existir é impessoal — ou seja, permanece na terceira pessoa do singular, pois não tem sujeito —; mas, como a impessoalidade não é o forte de Lula, sua postagem diz que “houveram” ataques à democracia. A mensagem foi alterada minutos após a publicação para omitir o erro e ficou assim: “Sabemos dos ataques à democracia”.

Operação Tempus Veritatis

Deflagrada nesta manhã, a Operação Tempus Veritatis apura uma organização criminosa que atuou na tentativa de golpe de Estado e abolição do Estado Democrático de Direito, para obter vantagem de natureza política com a manutenção de Bolsonaro no poder, na descrição dos investigadores.

Os agentes cumprem quatro mandados de prisão, entre eles o de Filipe G. Martins, ex-assessor de assuntos internacionais de Bolsonaro, e Marcelo Câmara, ex-ajudante de ordens do ex-presidente. Os dois já foram detidos.

Também são alvo da operação Valdemar Costa Neto, presidente nacional do PL, o general Augusto Heleno, o ex-ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência, Anderson Torres, ex-ministro da Justiça, e Walter Braga Netto, ex-ministro e candidato a vice-presidente em 2022, todos aliados de Bolsonaro (PL).

O próprio Bolsonaro recebeu um ordem, autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, para entregar seu passaporte em 24 horas.

Leia mais:

Ex-comandante da Marinha é alvo da PF na Operação Tempus Veritatis

16 militares são alvos da Operação Tempus Veritatis

Brasil

Janones perde protagonismo

26.02.2024 16:01 2 minutos de leitura
Visualizar

Silvio Almeida acusa Israel de "apartheid" na ONU

Visualizar

PSDB à deriva em São Paulo

Visualizar

"Estimativa de público tem caráter técnico", diz PM após ruídos

Visualizar

Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro

Visualizar

Deputado quer proibir a instalação de sessões eleitorais em sedes de sindicatos

Visualizar

Tags relacionadas

Jair Bolsonaro Lula Polícia Federal
< Notícia Anterior

Bolsa Família: caixa inicia pagamentos em fevereiro com novo valor

08.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Motociclista morre atropelado após queda em rodovia de Araguaína

08.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (2)

Nelson Pereira Cacheta

2024-02-08 09:43:28

Estão cutucando a onça com vara curta. Ela pode reagir.


Paulo Pires

2024-02-08 09:36:55

É melhor o mito fugir pra Disney!


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Janones perde protagonismo

Janones perde protagonismo

26.02.2024 16:01 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
PSDB à deriva em São Paulo

PSDB à deriva em São Paulo

26.02.2024 15:45 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
"Estimativa de público tem caráter técnico", diz PM após ruídos

"Estimativa de público tem caráter técnico", diz PM após ruídos

26.02.2024 15:36 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro

Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro

26.02.2024 15:35 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.