Líder admite 'Deus nos acuda' nas derrotas de Lula no Congresso Líder admite 'Deus nos acuda' nas derrotas de Lula no Congresso
O Antagonista

Líder admite ‘Deus nos acuda’ nas derrotas de Lula no Congresso

avatar
Wesley Oliveira
2 minutos de leitura 29.05.2024 15:46 comentários
Brasil

Líder admite ‘Deus nos acuda’ nas derrotas de Lula no Congresso

Senador Jaques Wagner (PT-BA) admitiu as dificuldades da articulação política do Planalto

avatar
Wesley Oliveira
2 minutos de leitura 29.05.2024 15:46 comentários 0
Líder admite ‘Deus nos acuda’ nas derrotas de Lula no Congresso
Líder do governo, Jaques Wagner | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Após as derrotas do governo na votação dos vetos do presidente Lula (PT) pelo Congresso Nacional, o líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA), admitiu as dificuldades da articulação política do Planalto. Segundo o petista, as votações da “agenda de costumes” é um “Deus nos acuda”.

O governo foi derrotado, por exemplo, na derrubada do veto ao projeto de lei que extingue as saídas temporárias de presos do semiaberto, apelidado de PL das “sadinhas”. A articulação política do Planalto foi ainda derrotada na articulação que tentava derrubar o veto do ex-presidente Jair Bolsonaro sobre a criminalização das fake news durante o período eleitoral.

“Aqui tudo a gente vota como se fosse um Deus nos acuda. Todos sabemos que matéria econômica tramita de um jeito. Matéria, chamando genericamente de costumes, tramita de outro. Quando me perguntam ‘qual é a base [aliada do governo]?’, depende do tema”, disse o líder.

Jaques Wagner considera que o governo saiu vitorioso em vetos “estruturantes”, relacionados à pauta econômica, como os do Orçamento de 2024. O Planalto conseguiu, por exemplo, manter o veto de Lula ao calendário de pagamentos das emendas parlamentares.

A manutenção, no entanto, só foi viabilizada após o governo ter costurando um acordo com líderes do Centrão para liberar o pagamento das emendas deste ano ainda no primeiro semestre.

Lula ‘tranquilo’

Na manhã desta quarta-feira, 29, o líder do governo se reuniu com o presidente Lula no Palácio do Planalto para fazer um balanço das votações do dia anterior. Segundo o senador, o petista está “tranquilo”.

“Ele [Lula] está absolutamente tranquilo. Ele tem 78 [anos], já apanhou, já comemorou, já chorou, já riu, então não assusta isso aí”, disse.

Brasil

“Decisão a favor do porte de maconha era esperada”, diz oposição na Câmara

25.06.2024 18:20 3 minutos de leitura
Visualizar

Eurocopa 2024: Dinamarca se classifica para as oitavas

Visualizar

Coala festival 2024: Lulu santos e outros artista brasileiros

Visualizar

Eurocopa 2024: Inglaterra passa para as oitavas com susto

Visualizar

Melhores cassinos com bonus no cadastro em 2024

Estúdio OÉ Visualizar

Crusoé: Livre do Ocidente, Assange voltará a ser peão de Putin

Visualizar

Tags relacionadas

derrubada de veto Jaques Wagner PL das saidinhas presidente Lula vetos presidenciais
< Notícia Anterior

“Guerra em Gaza continuará por mais sete meses, pelo menos”

29.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Monte Everest tem pelo menos 5 mortes em 2024 e “engarrafamento” de alpinistas

29.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wesley Oliveira

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

“Decisão a favor do porte de maconha era esperada”, diz oposição na Câmara

“Decisão a favor do porte de maconha era esperada”, diz oposição na Câmara

25.06.2024 18:20 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Coala festival 2024: Lulu santos e outros artista brasileiros

Coala festival 2024: Lulu santos e outros artista brasileiros

25.06.2024 18:15 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
“Descriminalização só por meio de lei”, afirma Pacheco após decisão do STF

“Descriminalização só por meio de lei”, afirma Pacheco após decisão do STF

25.06.2024 18:05 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Muita facção para poucos fiscais no Brasil

Muita facção para poucos fiscais no Brasil

25.06.2024 17:45 6 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.