Justiça do Trabalho praticamente decreta o fim do aplicativo Loggi Justiça do Trabalho praticamente decreta o fim do aplicativo Loggi
O Antagonista

Justiça do Trabalho praticamente decreta o fim do aplicativo Loggi

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 06.12.2019 15:32 comentários
Brasil

Justiça do Trabalho praticamente decreta o fim do aplicativo Loggi

Você sabe: Uber, Rappi, iFood, Cabify, Loggi são aplicativos de entrega rápida que empregam milhares de pessoas que estariam na fila de desempregados e dos quais outras milhares se servem para locomover-se, enviar e receber encomendas, dinheiro e comida...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 06.12.2019 15:32 comentários 0
Justiça do Trabalho praticamente decreta o fim do aplicativo Loggi
loggi-motoboy-entrega-1559827361466_v2_1200x800 (1)

Você sabe: Uber, Rappi, iFood, Cabify, Loggi são aplicativos de entrega rápida que empregam milhares de pessoas que estariam na fila de desempregados e dos quais outras milhares se servem para locomover-se, enviar e receber encomendas, dinheiro e comida.

O que você não sabe é que a Justiça do Trabalho continua a tentar impedir que os brasileiros nas duas pontas desfrutem desses serviços.

Uma sentença da juíza do Trabalho Lavia Lacerda Menendez, de São Paulo, datada de hoje, impõe ao aplicativo Loggi estabelecer relações de emprego com quem aderiu a ele para executar serviços —  o que inviabiliza o negócio e deixará na mão os motoristas. A decisão abre caminho para que aplicativos semelhantes tenham igualmente o seu fim decretado.

Atendendo a ação movida pelo MP do Trabalho, a juíza decidiu que há vínculo empregatício do motorista com o aplicativo, fixa jornada de horas e manda o aplicativo ter imóvel para estacionamento, fornecer condições adequadas de segurança, sanitárias e conforto — além de contratar seguro de vida para os condutores e por aí vai.

Mais: estabelece que o Loggi pague 30 milhões de reais a título de compensação pecuniária, dinheiro a ser depositado diretamente junto a instituições beneficentes escolhidas pelo aplicativo.

A beca e a toga da Justiça do Trabalho não entendem — ou fingem não entender — que esses motoristas não trabalham para os aplicativos, mas COM os aplicativos.

Se acham que se trata de exploração do homem pelo homem, esses procuradores e juízes do Trabalho não deveriam usar Uber, Rappi, iFood, Cabify e Loggi. É preciso ter coerência.

Mundo

Crusoé: a pergunta que constrange todos os candidatos nas eleições no México

Caio Mattos, Da Cidade do México
29.05.2024 22:38 3 minutos de leitura
Visualizar

Triton: o novo submarino que vai levar dois milionários ao Titanic

Visualizar

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

Visualizar

Robô frequenta escola no lugar de menino doente. Veja vídeo

Visualizar

Jaguatirica morre atropelada na SP-123

Visualizar

Chegou o imposto ‘do bem’

Visualizar

Tags relacionadas

aplicativos cabify iFood jusitça do trabalho Loggi SENTENÇA Uber
< Notícia Anterior

"A Câmara tem que cassar esse deputado falsificador de assinaturas"

06.12.2019 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Legislativo não é 'juiz de execução penal', diz Rodrigo Maia

06.12.2019 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

29.05.2024 21:25 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Jaguatirica morre atropelada na SP-123

Jaguatirica morre atropelada na SP-123

29.05.2024 20:58 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

29.05.2024 20:54 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Boulos, o mais rejeitado em São Paulo

Boulos, o mais rejeitado em São Paulo

29.05.2024 20:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.