O Antagonista

Heleno teria feito monitoramento para prender Moraes, diz PF

avatar
Wesley Oliveira
2 minutos de leitura 08.02.2024 11:48 comentários
Brasil

Heleno teria feito monitoramento para prender Moraes, diz PF

Segundo relatório, ex-ministro do GSI teria feito o monitoramento com o coronel Mauro Cid

avatar
Wesley Oliveira
2 minutos de leitura 08.02.2024 11:48 comentários 1
Heleno teria feito monitoramento para prender Moraes, diz PF
General Augusto Heleno, ex-ministro do GSI | Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Relatório da Polícia Federal que embasou a operação que mira o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), nesta quinta-feira, 8, apontou que general Augusto Heleno, ex-ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), teria sido o responsável pelo monitoramento de Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Além de Heleno, o núcleo de “Inteligência Paralela”, seria acompanhado pelo coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens da Presidência.

“Os membros teriam monitorado o itinerário, o deslocamento e a localização do Ministro do Supremo Tribunal Federal e então chefe do Poder Judiciário Eleitoral, Alexandre de Moraes, e de possíveis outras autoridades da República, com o objetivo de captura e detenção, nas primeiras horas que se seguissem à assinatura do decreto de golpe de Estado”, afirmou a PF.

Em uma reunião de 5 de julho de 2022, gravada e apreendida pela PF com Mauro Cid, que fechou delação premiada, Heleno também sugeriu infiltrar agentes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) nas campanhas eleitorais. O então chefe do GSI teria sido interrompido durante sua fala por Bolsonaro, que teria sugerido a ele que conversassem “em particular” sobre a atuação da Abin.

Como noticiamos, o ex-presidente Bolsonaro teria recebido a chamada minuta do golpe com a sugestão de prisão de Moraes, do também ministro Gilmar Mendes, e do presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). O então presidente, no entanto, teria sugerido que apenas Moraes fosse preso.

“Posteriormente foram realizadas alterações a pedido do então Presidente permanecendo a determinação de prisão do ministro Alexandre de Moraes e a realização de novas eleições”, diz o relatório da PF.

Os investigadores apontaram ainda que os voos feitos por Moraes entre os dias 14 e 31 de dezembro de 2022 foram monitorados pelos alvos da investigação.

“A análise dos dados confirmou que o ministro Alexandre de Moraes foi monitorado pelos investigados, demonstrando que os atos relacionados a tentativa de Golpe de Estado e Abolição do Estado Democrático de Direito, estavam em execução”, conclui a PF

Esportes

Corinthians é eliminado do Paulistão após vitória da Inter de Limeira

02.03.2024 23:06 2 minutos de leitura
Visualizar

Navalny: o sopro de liberdade que desafia Putin

Catarina Rochamonte Visualizar

Confira os adversários de Grêmio e Inter nas quartas de final do Gauchão

Visualizar

Augusto Melo confirma que dívida do Corinthians com Rojas é de R$ 8 milhões

Visualizar

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Visualizar

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

Visualizar

Tags relacionadas

Alexandre de Moraes aliados de Bolsonaro Augusto Heleno depoimento polícia federal
< Notícia Anterior

Google Bard agora é Gemini e tem opção paga

08.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Janeiro de 2024 bate recorde: O mês mais quente da história

08.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wesley Oliveira

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Heitor M Picchioni

2024-02-08 12:05:53

Será? “Se for verdade” merece e, se não for? São tantas mentiras de ambos os lados.infelizmente o Brasil vai retroceder 50 anos com essas atitudes. Lembrem-se, Chaves tinha apoio de 80%da população quando foi “eleito”(?) qualquer medida era aplaudida pela ampla maioria. Pergunto: Qual o percentual de apoio do atual presidente brasileiro? Este é o problema, esta história não vai terminar bem.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

02.03.2024 21:41 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Influencer é preso por aplicar golpe de criptomoedas

Influencer é preso por aplicar golpe de criptomoedas

02.03.2024 21:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Projeto de lei quer Uber com no máximo 12 horas de trabalho

Projeto de lei quer Uber com no máximo 12 horas de trabalho

02.03.2024 21:09 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
“No escuro”, defesa de Bolsonaro reclama de constrangimento

“No escuro”, defesa de Bolsonaro reclama de constrangimento

02.03.2024 19:56 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.