Grupo de médicos e empresa farmacêutica são condenados em R$ 55 milhões por divulgar "kit covid" Grupo de médicos e empresa farmacêutica são condenados em R$ 55 milhões por divulgar "kit covid"
O Antagonista

Grupo de médicos e empresa farmacêutica são condenados em R$ 55 milhões por divulgar “kit covid”

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 25.05.2023 19:12 comentários
Brasil

Grupo de médicos e empresa farmacêutica são condenados em R$ 55 milhões por divulgar “kit covid”

A Justiça Federal no Rio Grande do Sul condenou os responsáveis pela publicação de material publicitário intitulado Manifesto Pela Vida. O grupo, que se intitulava “médicos do tratamento precoce Brasil”, estimulava o uso dos medicamentos parte de suposto “tratamento precoce”...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 25.05.2023 19:12 comentários 0
Grupo de médicos e empresa farmacêutica são condenados em R$ 55 milhões por divulgar “kit covid”
Foto: Reprodução/ TV Vanguarda

A Justiça Federal no Rio Grande do Sul condenou os responsáveis pela publicação de material publicitário intitulado Manifesto Pela Vida. O grupo, que se intitulava “médicos do tratamento precoce Brasil, estimulava o uso dos medicamentos parte de suposto “tratamento precoce”. O material era divulgado à população, inclusive, com a indicação de médicos que prescreviam o tratamento do denominado “kit covid”.

O grupo Médicos Pela Vida (Associação Dignidade Médica de Pernambuco – ADM/PE), e as empresas Vitamedic Indústria Farmacêutica, Centro Educacional Alves Faria (Unialfa) e o Grupo José Alves (GJA Participações) foram condenados solidariamente ao pagamento de R$ 55 milhões por danos morais coletivos e à saúde, nos limites de suas responsabilidades. Em uma das ações o montante do pagamento imposto pela Justiça foi de R$ 45 milhões e, na outra a condenação foi no valor de R$ 10 milhões.

Para o juiz, comprovou-se a cumplicidade entre a Vitamedic e a Associação Médicos Pela Vida, tendo a farmacêutica financiado propaganda irregular, investindo R$ 717 mil, conforme, inclusive, admitido pelo diretor da Vitamedic – fabricante do medicamente ivermectina – durante depoimento na CPI da Covid no Senado Federal.

Brasil

Dengue em São Paulo: dois distritos escapam da epidemia

22.04.2024 19:09 3 minutos de leitura
Visualizar

Fifa fecha contrato bilionário

Visualizar

Você trocaria um Jair Bolsonaro por um Elon Musk?

Madeleine Lacsko Visualizar

Galvão vai a record

Visualizar

13 guardas italianos presos por tortura á jovens detidos

Visualizar

Crusoé: PT escolhe ex-PDT para concorrer à prefeitura em Fortaleza

Visualizar

Tags relacionadas

CONDENAÇÃO covid-19 danos morais ivermectina kit covid Médicos pela Vida Vitamedic
< Notícia Anterior

Autor do pedido de CPMI do 8/1 incitou a invasão, conclui PF

25.05.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Tribunal suspende decisão que afastou presidente da ApexBrasil

25.05.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Dengue em São Paulo: dois distritos escapam da epidemia

Dengue em São Paulo: dois distritos escapam da epidemia

22.04.2024 19:09 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Fifa fecha contrato bilionário

Fifa fecha contrato bilionário

22.04.2024 19:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Galvão vai a record

Galvão vai a record

22.04.2024 18:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
13 guardas italianos presos por tortura á jovens detidos

13 guardas italianos presos por tortura á jovens detidos

22.04.2024 18:34 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.