O Antagonista

Gonçalves Dias nega omissão durante atos de 8/1 e sugere que vídeo está “editado”

avatar
Otávio Augusto
avatar
Vanessa Lippelt
2 minutos de leitura 19.04.2023 18:37 comentários
Brasil

Gonçalves Dias nega omissão durante atos de 8/1 e sugere que vídeo está “editado”

Minutos após pedir demissão, o general Marco Edson Gonçalves Dias negou que tenha se omitido durante os ataques antidemocráticos de 8 de janeiro...

avatar
Otávio Augusto
avatar
Vanessa Lippelt
2 minutos de leitura 19.04.2023 18:37 comentários 0
Gonçalves Dias nega omissão durante atos de 8/1 e sugere que vídeo está “editado”
Reprodução - CNN Brasil

Minutos após pedir demissão, o general Marco Edson Gonçalves Dias negou que tenha se omitido durante os ataques antidemocráticos de 8 de janeiro. O agora ex-ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) afirma que ajudou a retirar pessoas do Palácio do Planalto e sugeriu que as imagens veiculadas nesta quarta-feira (19) são “recortes” de gravações cuja íntegra está com as autoridades.

Gonçalves Dias tornou-se o centro de uma crise após a divulgação de imagens do circuito de segurança do Palácio do Planalto que mostram poucos integrantes do GSI trabalhando para conter os manifestantes. O conteúdo foi divulgado pela CNN Brasil.

“As autoridades têm as imagens completas daquele dia fatídico, que incluem essas imagens. De onde vazou eu não sei. Merece ser apurado”, afirma o ex-ministro.

Segundo o general, ele estava no palácio e ajudou a conter a invasão. “As pessoas não entraram pelas portas, as pessoas quebraram o vidro. Eu entrei no palácio depois que foi invadido e estava retirando as pessoas do terceiro piso e do quatro piso para que houvesse a prisão no segundo”, disse em entrevista à GloboNews.

“Na ala ao lado da sala do presidente, eu retirei três pessoas[,] mandei descer pro segundo e fui checar se as portas estavam fechadas e se não havia nenhuma depredação lá dentro”, prosseguiu o general.

Gonçalves Dias negou qualquer omissão e cobrou apurações sobre o caso. “Colar a minha imagem àquela situação momentânea que estava ali, que fizeram um corte específico na produção do vídeo, é um absurdo para a minha imagem.  Eu tenho 44 anos no Exército brasileiro. O maior presente que eu dou a mim até hoje é a honra”, acrescenta.

Ao longo da entrevista, o ex-ministro afirmou que, quando chegou ao palácio, os manifestantes tinham rompido o bloqueio da Polícia Militar na altura do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

“Aquela turma desceu e invadiu o palácio. A maior parte subiu pela rampa. Entrei depois que foi invadido. Estava retirando as pessoas”, disse.

Mais Lidas

1

O que esperar de Trump após o atentado?

Visualizar notícia
2

A reação "imbecil" de Janones ao atentado a Trump

Visualizar notícia
3

Trump escapou por um triz

Visualizar notícia
4

Bolsonaro relativizou "tráfico de influência" em reunião sobre blindar Flávio

Visualizar notícia
5

Trump escolhe vice pró-Putin

Visualizar notícia
6

J.D. Vance, novo vice de Trump, já o chamou de analgésico

Visualizar notícia
7

Objetivo de investigações era "me atingir moralmente", diz Bolsonaro

Visualizar notícia
8

Fafá de Belém faz show em cadeira de rodas em Portugal

Visualizar notícia
9

Ramagem sobre gravação: "Havia conhecimento de Bolsonaro"

Visualizar notícia
10

Paes amarra apoio do PT mesmo sem garantia de vice na chapa

Visualizar notícia

Tags relacionadas

ato antidemocrático Gonçalves Dias GSI Marco Edson Gonçalves Dias
< Notícia Anterior

Pessoas com transtorno mental têm "problema de parafuso", diz Lula

19.04.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Nikolas Ferreira é condenado a pagar R$ 80 mil a Duda Salabert

19.04.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Otávio Augusto

Suas redes

Instagram
avatar

Vanessa Lippelt

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Bolsonaro relativizou "tráfico de influência" em reunião sobre blindar Flávio

Bolsonaro relativizou "tráfico de influência" em reunião sobre blindar Flávio

15.07.2024 22:06 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ramagem sobre gravação: "Havia conhecimento de Bolsonaro"

Ramagem sobre gravação: "Havia conhecimento de Bolsonaro"

15.07.2024 21:35 5 minutos de leitura
Visualizar notícia
Bajaj tem impressionante crescimento no mercado brasileiro em 2024

Bajaj tem impressionante crescimento no mercado brasileiro em 2024

15.07.2024 20:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Previsão do Tempo: Instabilidade climática na costa brasileira

Previsão do Tempo: Instabilidade climática na costa brasileira

15.07.2024 19:41 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.