Gabinete paralelo do MEC: deputados pedem convocação de Ribeiro Gabinete paralelo do MEC: deputados pedem convocação de Ribeiro
O Antagonista

Gabinete paralelo do MEC: deputados pedem convocação de Milton Ribeiro

avatar
Wilson Lima
2 minutos de leitura 22.03.2022 12:33 comentários
Brasil

Gabinete paralelo do MEC: deputados pedem convocação de Milton Ribeiro

Integrantes do PT e do PSB apresentaram hoje requerimentos de convocação para que o ministro da Educação, Milton Ribeiro (foto), explique ao plenário da Câmara a influência de religiosos na liberação de recursos da pasta...

avatar
Wilson Lima
2 minutos de leitura 22.03.2022 12:33 comentários 0
Gabinete paralelo do MEC: deputados pedem convocação de Milton Ribeiro
Reprodução/Tv Brasil Gov/YouTube

Integrantes do PT e do PSB apresentaram hoje requerimentos de convocação para que o ministro da Educação, Milton Ribeiro (foto), explique ao plenário da Câmara a influência de religiosos na liberação de recursos da pasta.

Como registramos mais cedo, áudios obtidos pela Folha de S.Paulo revelam como o governo Bolsonaro dá prioridade a prefeituras em que pedidos de liberação de verba são negociados por pastores. O próprio ministro da Educação deixa isso claro em uma das gravações.

A existência do grupo de pastores, que ficou conhecido como “Ministério da Educação paralelo”, veio a público na semana passada, em reportagem do Estadão. 

Até o momento, os deputados Ricardo Silva (PSB-SP) e Luiziane Lins (PT-CE) já apresentaram pedidos de convocação do ministro. Há a expectativa de que parlamentares do PSOL e PCdoB também apresentem solicitações semelhantes.

A ideia dos partidos, e também do PV, é pressionar o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), a analisar os requerimentos com urgência no plenário da Casa.

Já o coordenador da bancada da educação na Câmara, deputado professor Israel Batista (PV-DF), apresentou um requerimento de informações para saber o “grau objetivo de influência consultiva e deliberativa de pastores que não são vinculados à Administração Pública nas decisões tomadas pelo Ministério da Educação (MEC)”.

“Como se pode observar, a matéria divulgada por O Estado de S. Paulo levanta gravosas dúvidas acerca do comportamento de agentes privados junto à Administração Pública federal, especificamente no MEC, as quais precisam ser devidamente esclarecidas para o Poder Legislativo e para a sociedade civil”, disse o o parlamentar em seu requerimento.

Brasil

Padre puxa bebê em batizado na Serra do Rio e causa polêmica

27.05.2024 14:00 2 minutos de leitura
Visualizar

Lançamento de satélite da Coreia do Norte termina em explosão

Visualizar

Onde assistir Coritiba x Operário: confira detalhes da partida

Visualizar

Governo Lula queimou mais de R$ 220 mi em vacinas da Covid

Visualizar

São Gonçalo alcança recorde de elevação e prevê inundações em Pelotas

Visualizar

Onde assistir Al-Nassr x Al-Ittihad: confira detalhes da partida

Visualizar

Tags relacionadas

gabinete paralelo Luiziane Lins MEC Milton Ribeiro Ricardo Silva
< Notícia Anterior

Rodrigo Maia agora é tucano

22.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Moro a Lula: "Por favor, 'amigo', não subestime a inteligência dos brasileiros"

22.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wilson Lima

Wilson Lima é jornalista formado pela Universidade Federal do Maranhão. Trabalhou em veículos como Agência Estado, Portal iG, Congresso em Foco, Gazeta do Povo e IstoÉ. Acompanha o poder em Brasília desde 2012, tendo participado das coberturas do julgamento do mensalão, da operação Lava Jato e do impeachment de Dilma Rousseff. Em 2019, revelou a compra de lagostas por ministros do STF.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Padre puxa bebê em batizado na Serra do Rio e causa polêmica

Padre puxa bebê em batizado na Serra do Rio e causa polêmica

27.05.2024 14:00 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Governo Lula queimou mais de R$ 220 mi em vacinas da Covid

Governo Lula queimou mais de R$ 220 mi em vacinas da Covid

27.05.2024 13:27 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
São Gonçalo alcança recorde de elevação e prevê inundações em Pelotas

São Gonçalo alcança recorde de elevação e prevê inundações em Pelotas

27.05.2024 13:24 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Quem mais estava na mira dos irmãos Brazão

Quem mais estava na mira dos irmãos Brazão

27.05.2024 13:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.