Empresas de ônibus do PCC? Empresas de ônibus do PCC?
O Antagonista

Empresas de ônibus do PCC?

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 09.04.2024 07:59 comentários
Brasil

Empresas de ônibus do PCC?

O MP-SP deflagrou uma operação para cumprir quatro mandados de prisão preventiva e 52 de busca e apreensão contra dirigentes das empresas Transwolff e Upbus

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 09.04.2024 07:59 comentários 0
Empresas de ônibus do PCC?
Reprodução

O Ministério Público de São Paulo deflagrou nesta terça-feira, 9, uma operação para cumprir quatro mandados de prisão preventiva e 52 de busca e apreensão contra dirigentes de empresas de ônibus suspeitas de lavarem dinheiro para o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Batizada de Fim da Linha, a operação fruto de uma investigação de quatro anos feita pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), pela Receita Federal e pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Além dos mandados, a Justiça também decretou o bloqueio de 684 milhões de reais em bens dos investigados em razão de danos coletivos provocados pela atuação das empresas Transwolff e Upbus.

Até as 6h50, dois dos alvos tinham sido presos: Luiz Carlos Efigênio Pacheco, o Pandora, dono da Transwolff, e Robson Flares Lopes Pontes, dirigente da Transwolff.

Segundo o MP-SP, a operação mobilizou 64 membros do Ministério Público, 43 integrantes da Receita Federal e um efetivo de 340 policiais militares do Comando de Policiamento de Choque, além de utilizar 106 viaturas e agentes do setor de inteligência da PM.

As empresas de ônibus e o PCC

As empresas Transwolff e Upbus são acusadas de integrar um cartel montado pelo PCC para se apossar do chamado Grupo Local de Distribuição do sistema municipal de transportes.

Em 2019, foram licitados 13 lotes daquele grupo de linhas de ônibus, avaliados em 22,2 bilhões de reais. A maioria foi concedida a uma única empresa.

De acordo com os investigadores, a UPBus, controlada por integrantes da cúpula da facção criminosa, ficou com o lote 4, na zona leste de São Paulo.

Já a Transwolff, que é a terceira maior empresa do setor na capital paulista, ficou com os lotes 10 e 11.

O MP-SP apura a utilização das empresas de ônibus para a lavagem de dinheiro do tráfico de drogas e de grandes roubos.

Analisando as movimentações financeiras dos investigados, o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) apontou também para a realização de sonegação fiscal feita sem compras e vendas de imóveis.

Esportes

Brasil é derrotado pela França na Liga das Nações de Vôlei

23.06.2024 14:46 3 minutos de leitura
Visualizar

Atlético-MG precisa buscar bons resultados como mandante no Brasileirão

Visualizar

A guerra entre facções criminosas no Ceará

Visualizar

Brasil em estado de emergência habitacional

Visualizar

Rodrygo assume peso da camisa 10 pela Seleção Brasileira

Visualizar

São Paulo passa por onda extrema de seca

Visualizar

Tags relacionadas

cidade de São Paulo Ministério Público de São Paulo MP-SP PCC
< Notícia Anterior

Flávio Bolsonaro prefere conversar

09.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Caixa Tem: novidades para Bolsa Família, PIS/PASEP e mais

09.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

A guerra entre facções criminosas no Ceará

A guerra entre facções criminosas no Ceará

23.06.2024 14:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Brasil em estado de emergência habitacional

Brasil em estado de emergência habitacional

23.06.2024 14:15 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
São Paulo passa por onda extrema de seca

São Paulo passa por onda extrema de seca

23.06.2024 14:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
PF desmantela quadrilha de tráfico de animais silvestres online

PF desmantela quadrilha de tráfico de animais silvestres online

23.06.2024 13:55 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.