O Antagonista

Crusoé: O escudo de Gilmar

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 09.02.2024 10:49 comentários
Brasil

Crusoé: O escudo de Gilmar

Rodrigo Mudrovitsch, advogado do ministro do STF, torna-se vice-presidente do tribunal da OEA que julga violações de direitos humanos

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 09.02.2024 10:49 comentários 1
Crusoé: O escudo de Gilmar
O advogado Rodrigo Mutrovisch, com bata vermelha, na cerimônia de sua posse em San José. Foto: Reprodução

Advogado do ministro Gilmar Mendes, do STF, Rodrigo Mudrovitsch (no centro da foto, com bata vermelha), é o novo vice-presidente da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), tribunal da OEA que julga violações de direitos humanos, diz Crusoé.

“Sendo o ministro mais antigo no Supremo Tribunal Federal, o STF, o decano Gilmar Mendes exerce uma influência descomunal na principal Corte brasileira. Nomeado por Fernando Henrique Cardoso, ele foi um ferrenho defensor das causas tucanas. Depois, aproximou-se dos governos de Lula e de Jair Bolsonaro, arquitetando seus planos nos corredores do tribunal. Mas sua influência não se restringe ao território brasileiro. Seu advogado, Rodrigo Mudrovitsch, indicado por Bolsonaro para a Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) em 2020, assumiu em 29 de janeiro a vice-presidência do tribunal, ligado à Organização dos Estados Americanos, OEA. De San José, na Costa Rica, onde fica a sede da Corte, Mudrovitsch serve como um escudo avançado para o STF e Gilmar Mendes.”

“Um dia após Mudrovitsch assumir o novo cargo, Gilmar Mendes o parabenizou com uma mensagem no X, antigo Twitter: ‘Congratulo o juiz da Corte Interamericana Rodrigo Mudrovitsch pela posse como vice-presidente do tribunal. Um grande e importante passo para a Justiça brasileira! Que seus precedentes continuem iluminando o avanço da pauta de proteção dos direitos fundamentais no Brasil’.”

“É uma situação anômala, porque Mudrovitsch não é um especialista em direitos humanos. Quando seu nome foi anunciado por Bolsonaro como candidato para a Corte, o meio jurídico ficou surpreso. Sua área de especialização é o direito penal econômico. Sua banca de advocacia fez fama ao defender grandes empresas e alvos da Lava Jato, como a petista Gleisi Hoffmann e o empresário Eike Batista. À época de sua indicação, uma comissão de juristas independentes apontou essa falha no currículo de Mudrovitsch. Os especialistas constataram que ele foi incapaz de comprovar um conhecimento sobre direitos humanos em seu currículo, nos processos em que tinha atuado ou na entrevista que fizeram com ele.”

Leia mais aqui; assine Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Esportes

Corinthians é eliminado do Paulistão após vitória da Inter de Limeira

02.03.2024 23:06 2 minutos de leitura
Visualizar

Navalny: o sopro de liberdade que desafia Putin

Catarina Rochamonte Visualizar

Confira os adversários de Grêmio e Inter nas quartas de final do Gauchão

Visualizar

Augusto Melo confirma que dívida do Corinthians com Rojas é de R$ 8 milhões

Visualizar

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Visualizar

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

Visualizar

Tags relacionadas

CIDH Crusoé Gilmar Mendes OEA Rodrigo Mudrovitsch
< Notícia Anterior

Hospitais privados de SP registram aumento nas internações por dengue

09.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Zé Rafael é destaque na vitória do Palmeiras, mas sai lesionado

09.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

saul simoes junior

2024-02-09 12:36:55

Enquanto isso esqueceram do Toffoli!!


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

02.03.2024 21:41 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Influencer é preso por aplicar golpe de criptomoedas

Influencer é preso por aplicar golpe de criptomoedas

02.03.2024 21:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Projeto de lei quer Uber com no máximo 12 horas de trabalho

Projeto de lei quer Uber com no máximo 12 horas de trabalho

02.03.2024 21:09 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
“No escuro”, defesa de Bolsonaro reclama de constrangimento

“No escuro”, defesa de Bolsonaro reclama de constrangimento

02.03.2024 19:56 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.