Crusoé: A jogada arriscada do bolsonarismo Crusoé: A jogada arriscada do bolsonarismo
O Antagonista

Crusoé: A jogada arriscada do bolsonarismo

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 23.02.2024 10:23 comentários
Brasil

Crusoé: A jogada arriscada do bolsonarismo

Bolsonaristas querem que evento de domingo seja um marco na retomada na disputa pela narrativa com a esquerda, enquanto a PF monitora possíveis abusos

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 23.02.2024 10:23 comentários 5
Crusoé: A jogada arriscada do bolsonarismo
Fotos: Zack Stencil / PL

Jair Bolsonaro e a cúpula do PL dizem querer que o ato convocado para domingo, 25, “em defesa do Estado Democrático de Direito” seja um marco na retomada na disputa pela narrativa com a esquerda, sem cartazes e discursos contra adversários e instituições. Contudo, a Polícia Federal promete monitorar de perto possíveis abusos do ex-presidente e de seus aliados, diz Crusoé.

“O ex-presidente Jair Bolsonaro convocou para este domingo, 25 de fevereiro, uma manifestação, na Avenida Paulista, em São Paulo. O mote é a ‘defesa do Estado Democrático de Direito’, aquele mesmo que seu grupo pretendeu subverter com um golpe. Assim, na realidade, o objetivo da manifestação demonstrar força política e sugerir que o custo de uma prisão, como resultado das investigações atualmente conduzidas pela Polícia Federal, poderia ser alto demais.”

“Bolsonaro pediu para que todos vistam verde e amarelo e não levantem cartazes contra adversários e instituições. Mas há o receio, entre os próprios organizadores do evento, que o tiro saia pela culatra. Há um belo exemplo no passado. Em 16 de agosto de 1992, outro domingo, o hoje senador Fernando Collor de Mello – aquele caçador de marajás – também convocou seus eleitores a irem às ruas de verde e amarelo. Collor estava acossado por denúncias de corrupção; a economia brasileira ia de mal a pior, depois de um traumático confisco de poupanças; o risco de um processo de impeachment se avolumava; mas ele sustentava a tese de que era um perseguido político. Em vez das cores desejadas pelo então presidente, jovens e outros grupos da sociedade civil foram às ruas de preto.”

“A conjuntura de hoje obviamente é outra. Bolsonaro não está mais no poder, a economia brasileira é problema de Lula e a militância bolsonarista é bem mais aguerrida que a de Collor. O verde amarelo não será trocado pelo preto na Avenida Paulista, que estará cheia. A questão é saber o quanto – e também se, no calor do momento, as recomendações para uma manifestação ordeira serão seguidas à risca. Não são detalhes singelos, mas pontos que podem enterrar o bolsonarismo de vez.”

Leia mais aqui; assine Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Esportes

Caminho do Sport é virar SAF, diz Yuri Romão, presidente do clube

13.04.2024 07:40 3 minutos de leitura
Visualizar

Imposto de Renda 2024: confira calendário de restituição

Visualizar

Convocados do Concurso de Maracanaú: verifique edital e garanta sua vaga

Visualizar

Representante do X no Brasil deixa cargo

Visualizar

Novas datas para Concurso de assistente social em Bauru: Prepare-se

Visualizar

John Textor entrega a polícia civil supostas provas de manipulação no futebol

Visualizar

Tags relacionadas

ato Crusoé Jair Bolsonaro Partido Liberal Polícia Federal
< Notícia Anterior

Biden: encontro com viúva de Navalny e sanções contra Rússia

23.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Concurso Público para agente penal no Piauí oferece 400 vagas e salário inicial de R$6.496

23.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (5)

Maglu Oliveira

2024-02-23 13:10:01

"Bolsonaro é um mito" - pra turba dele e ninguém mais!!! Quem apoia Bolsonaro e Lula (lados de uma mesma moeda) não são simplesmente apoiadores, são CÚMPLICES. Deveriam bater o "mea culpa" no peito por o país estar na merda que está. Seus filhos e netos vão odiá-los pelo que estão fazendo, destruindo o futuro deles, acabando com o país. Que o demônio espere todos vocês de abraços abertos e espeto na mão. Corja inútil!


Maglu Oliveira

2024-02-23 13:01:29

Que o bolsonarismo seja enterrado de vez e, de preferência, juntamente com seu criador. Ah, leve outros do naipe junto.


Alexandre Ataliba Do Couto Resende

2024-02-23 12:59:03

Teve um ex-presidente que tentou algo assim e foi o fim.


Paulo Pires

2024-02-23 12:43:33

Eu e minha família ficaremos longe da passeata de paquitas de Domingo e continuaremos longe do Messias da Disney que trouxe a petralhada de volta ao poder!


Angelo Sanchez

2024-02-23 11:20:49

Bolsonaro é um mito e portanto não deve ter medo de nada, sua fala já é conhecida, combate à corrupção e a esquerda que só pensa no próprio bolso, quem estiver do lado dele, já pode ser considerado vencedor nas próximas eleições neste ano, para Prefeitura e Câmara de Vereadores, por isto mesmo, muitos Deputados, Senadores e futuros candidatos vão comparecer dia 25. Eu e família também vamos.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Imposto de Renda 2024: confira calendário de restituição

Imposto de Renda 2024: confira calendário de restituição

13.04.2024 07:35 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Convocados do Concurso de Maracanaú: verifique edital e garanta sua vaga

Convocados do Concurso de Maracanaú: verifique edital e garanta sua vaga

13.04.2024 07:34 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Representante do X no Brasil deixa cargo

Representante do X no Brasil deixa cargo

13.04.2024 07:13 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Novas datas para Concurso de assistente social em Bauru: Prepare-se

Novas datas para Concurso de assistente social em Bauru: Prepare-se

13.04.2024 07:07 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.