Congresso libera R$ 4,7 bi em créditos adicionais para ministérios Congresso libera R$ 4,7 bi em créditos adicionais para ministérios
O Antagonista

Congresso libera R$ 4,7 bi em créditos adicionais para ministérios

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 30.05.2024 11:34 comentários
Brasil

Congresso libera R$ 4,7 bi em créditos adicionais para ministérios

Mais da metade dos recursos foi destinada aos ministérios da Saúde e do Desenvolvimento Regional

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 30.05.2024 11:34 comentários 0
Congresso libera R$ 4,7 bi em créditos adicionais para ministérios
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O Congresso Nacional aprovou nesta quarta-feira, 29, dez projetos de lei que abrem 4,7 bilhões de reais em créditos especiais e suplementares para os ministérios.

Mais da metade dos recursos está prevista em apenas uma proposição: crédito suplementar de 2,85 bilhões de reais para a Saúde e o Desenvolvimento Regional.

A pasta chefiada pela ministra Nísia Trindade receberá 2,84 bilhões de reais para implantação, ampliação e melhoria de sistemas públicos de abastecimento de água em municípios com até 50 mil habitantes.

Já o Desenvolvimento Regional terá 6,1 milhões de reais extras para infraestrutura em segurança hídrica em municípios atendidos pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).

O PLN 13/2024 obteve 53 votos favoráveis e 5 contrários no Senado e 330 votos a favor e 69 contrários na Câmara.

E as vítimas no Rio Grande do Sul?

Por entender que os recursos deveriam ser aplicados no atendimento das vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul, o deputado Marcel Van Hattem (Novo-RS) criticou o PLN 13/2024.

“São quase 3 bilhões de reais. Esse dinheiro, na verdade, não é para irrigar hospitais e postos de saúde, mas para as campanhas eleitorais de deputados e senadores, que se utilizam de emendas de orçamento secreto, um butim do dinheiro público. São emendas parlamentares para um balcão de negócios, enquanto meu estado está sob a água”, afirmou.

O senador Marcelo Castro (MDB-PI) rebateu:

“O projeto faz modificações nas emendas de comissão. Pega recursos de praticamente todas as comissões e concentra nas comissões de Saúde da Câmara e [de Assuntos Sociais] do Senado. Há um consenso geral de que a área prioritária neste momento da gestão pública é a saúde. Isso está em consonância com todas as pesquisas que se faz em qualquer lugar do Brasil. Qual o mal que há nisso? Não vejo nenhum”, disse.

O plenário rejeitou o destaque de Van Hattem para que o crédito suplementar previsto para o Ministério da Saúde fosse aplicado exclusivamente no Rio Grande do Sul.

Com informações de Agência Senado.

Brasil

Toffoli não descriminaliza, e julgamento sobre maconha no STF segue aberto

20.06.2024 18:33 4 minutos de leitura
Visualizar

Eurocopa 2024: Espanha vence Itália e avança para oitavas

Visualizar

Sabrina carpenter corta franja após desgosto

Visualizar

Onda de calor extremo segue matando centenas de pessoas

Visualizar

Valverde fala das expectativas para Mbappé no Real Madrid

Visualizar

Bradley Cooper Raspa metade da barba

Visualizar

Tags relacionadas

Congresso crédito suplementar Marcel van Hattem Marcelo Castro ministérios
< Notícia Anterior

Onde assistir Palmeiras e San Lorenzo no feriado

30.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Concurso Caixa 2024: gabarito já pode ser consultado

30.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Toffoli não descriminaliza, e julgamento sobre maconha no STF segue aberto

Toffoli não descriminaliza, e julgamento sobre maconha no STF segue aberto

20.06.2024 18:33 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Os 12 meses das queimadas do "amor" no Pantanal

Os 12 meses das queimadas do "amor" no Pantanal

20.06.2024 17:43 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Aeroporto de Caxias recebe autorização para receber voos internacionais

Aeroporto de Caxias recebe autorização para receber voos internacionais

20.06.2024 17:38 1 minuto de leitura
Visualizar notícia
Zé Felipe se diverte sendo maquiado pela filha caçula durante uma brincadeira

Zé Felipe se diverte sendo maquiado pela filha caçula durante uma brincadeira

20.06.2024 17:35 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.