O Antagonista

Congresso derruba veto de Lula à desoneração

avatar
Wesley Oliveira
2 minutos de leitura 14.12.2023 15:28 comentários
Brasil

Congresso derruba veto de Lula à desoneração

Com a derrubada do veto pelo Congresso Nacional, desoneração à folha de pagamentos será prorrogado até o dia 2027 para 17 setores da economia...

avatar
Wesley Oliveira
2 minutos de leitura 14.12.2023 15:28 comentários 0
Congresso derruba veto de Lula à desoneração
Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

O Congresso Nacional derrubou nesta quinta-feira, 14, o veto do presidente Lula (PT) ao projeto de lei da desoneração da folha de pagamentos. A proposta prorroga até o final de 2027 a redução de impostos aos 17 setores que mais empregam no país.

Lula havia vetado a proposta para atender a uma demanda do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, em meio aos esforços fiscais do governo para cumprir a meta de zerar o déficit primário no ano que vem. Apesar disso, deputados e senadores vinham articulando há semanas para que o veto fosse derrubado.

Autor da proposta, o senador Efraim Filho (União-PB) afirmou que o governo foi omisso nas negociações. “O governo perdeu a condição de poder impor condições para que se possa derrubar o veto. O governo foi omisso durante dez meses de tramitação do projeto”, disse Efraim.

Antes da votação, o líder do governo no Congresso, senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), admitiu que essa seria “uma derrota contabilizada”.

“Governo está consciente que há uma maioria aqui no Congresso, inclusive com votos da base do governo, contrária à manutenção do veto. Uma derrota contabilizada, o que está na conta”, disse Randolfe Rodrigues antes da votação.

Haddad afirmou nesta semana que o governo ainda estuda a alternativa a ser apresentada para o lugar da proposta à desoneração. esse projeto, no entanto, só deve ser analisado pelos congressistas a partir do ano que vem.

O que é a desoneração da folha?

O projeto da desoneração permite às empresas dos setores beneficiados pagarem alíquotas de 1% a 4,5% sobre a receita bruta, em vez de 20% sobre a folha de salários. Entre os setores incluídos na proposta estão as áreas de transportes, indústria têxtil e de confecções, calçados, couro, proteína animal, veículos, informática, infraestrutura de telecomunicações, comunicação, construção civil.

Na prática, os setores desonerados pagam alíquotas de até 4,5% sobre a receita bruta, em vez de 20% de contribuição sobre a folha de salários para a Previdência Social.

O impacto da desoneração para o governo federal chega a 18 bilhões de reais. A medida impacta empresas que contratam diretamente 8,9 milhões de pessoas.

Mais Lidas

1

TSE vai endossar farsa eleitoral de Maduro por Lula?

Visualizar notícia
2

É tudo culpa da Casa Civil

Visualizar notícia
3

Inspirado por Biden, Datena ensaia ‘datenar’

Visualizar notícia
4

"Democratas colhem o que plantaram"

Visualizar notícia
5

Kamala Harris recusa convite para presidir sessão com Netanyahu

Visualizar notícia
6

Censura na EBC na mira da Câmara

Visualizar notícia
7

Se a ideologia woke fosse uma pessoa, seria Kamala Harris

Visualizar notícia
8

Atletas zombam da falta de conforto na Vila Olímpica

Visualizar notícia
9

Celso Amorim é mais que “observador” da farsa eleitoral de Maduro

Visualizar notícia
10

Agente da Força Nacional é baleado na cabeça em Vigário Geral

Visualizar notícia

Tags relacionadas

derrubada de veto Desoneração da folha de pagamentos Efraim Filho presidente Lula Randolfe Rodrigues
< Notícia Anterior

A tentativa de salvar a votação da reforma tributária ainda em 2023

14.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Orçamento do Ministério da Justiça ganha ‘jeton’ de R$ 2 bilhões em 2024

14.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wesley Oliveira

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Ford Ranger é a picape média com maior custo benefício do mercado brasileiro

Ford Ranger é a picape média com maior custo benefício do mercado brasileiro

23.07.2024 10:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Casal é preso por destruir quarto de motel em BH após fim de relacionamento

Casal é preso por destruir quarto de motel em BH após fim de relacionamento

23.07.2024 10:29 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
PCC retoma hábito de matar às segundas

PCC retoma hábito de matar às segundas

23.07.2024 10:24 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Empresário que xingou Zanin é condenado a pagar R$ 10 mil a ministro

Empresário que xingou Zanin é condenado a pagar R$ 10 mil a ministro

23.07.2024 10:18 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.