Como a Hipertensão afeta seus direitos no INSS: guia completo Como a Hipertensão afeta seus direitos no INSS: guia completo
O Antagonista

Como a Hipertensão afeta seus direitos no INSS: guia completo

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 22.05.2024 12:00 comentários
Brasil

Como a Hipertensão afeta seus direitos no INSS: guia completo

Entendendo a hipertensão e o impacto nos benefícios do INSS.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 22.05.2024 12:00 comentários 0
Como a Hipertensão afeta seus direitos no INSS: guia completo
INSS (Foto: Divulgação)

A hipertensão arterial, comumente chamada de pressão alta, é uma condição médica que ocorre quando a força do sangue contra as paredes das artérias se mantém elevada por longos períodos.

Isso pode causar diversos problemas de saúde, incluindo riscos aumentados de AVC (Acidente Vascular Cerebral) e doenças cardíacas.

O que é hipertensão e como ela afeta a vida das pessoas?

A hipertensão é caracterizada por leituras de pressão sanguínea consistentemente altas, geralmente iguais ou superiores a 140 por 90 mmHg.

Apesar de ser uma condição crônica e muitas vezes assintomática, seus efeitos podem ser silenciosamente devastadores, exigindo controle rigoroso por meio de medicação, mudança de estilo de vida e, em alguns casos, intervenção cirúrgica.

Como a hipertensão pode influenciar a concessão do auxílio-doença do INSS?

O auxílio-doença é um benefício concedido aos segurados do INSS que estão temporariamente incapazes de trabalhar por conta de doença ou acidente.

No caso da hipertensão, se a condição levar a complicações que impossibilitem o desempenho laboral, o segurado pode ter direito ao benefício.

No entanto, não é toda situação de hipertensão que garante a concessão, sendo avaliada a limitação real que a pressão alta impõe ao indivíduo.

Qual a importância da perícia médica?

Para a concessão do auxílio-doença, é crucial que o paciente passe por uma perícia médica.

Durante essa avaliação, um profissional capacitado irá verificar não só a existência da condição de hipertensão, como também a severidade e impacto desta no desempenho das atividades laborais do individuo.

O perito considerará relatórios médicos, resultados de exames e o histórico de saúde do paciente.

Quais os passos para solicitar o auxílio-doença por hipertensão?

  1. Acesse o portal Meu INSS ou ligue para o número 135.
  2. Realize o login ou cadastre-se, caso seja seu primeiro acesso.
  3. Na área de serviços, selecione “Agendar Perícia”.
  4. Escolha a opção “Perícia Inicial” e responda às questões propostas.
  5. Preencha os dados requeridos e anexe os documentos necessários como o atestado médico.
  6. Confirme e envie a solicitação, imprimindo o comprovante ao final do processo.

O que fazer se o auxílio-doença for negado?

Após a perícia, caso o benefício seja negado, há a possibilidade de entrar com um recurso administrativo ou judicial.

É recomendável consultar um advogado especializado em direito previdenciário para orientar no processo de recurso, que pode ser mais complexo e demandar a apresentação de evidências adicionais, como novos laudos médicos e exames detalhados.

A hipertensão é uma condição séria que demanda atenção tanto médica quanto social.

Entender seus direitos enquanto segurado do INSS pode garantir não apenas o tratamento adequado, mas também o suporte financeiro necessário durante períodos de incapacidade laboral.

Procure sempre manter seus exames e consultas em dia e, em caso de dúvidas sobre o processo, não hesite em procurar ajuda profissional.

Brasil

CCJ da Câmara aprova PEC das Drogas

12.06.2024 15:39 1 minuto de leitura
Visualizar

Crusoé: Por que Putin mandou navios de guerra para Cuba

Visualizar

Ex-reféns e vizinhos confirmam “jornalista” como captor afiliado ao Hamas

Visualizar

Medel tem saída do Vasco confirmada por Pedrinho

Visualizar

Lula não tem pressa em sanear seu ministério

Carlos Graieb Visualizar

Hamas rejeitou libertação de reféns, diz gabinete de Netanyahu

Visualizar

Tags relacionadas

INSS
< Notícia Anterior

Chuvas deixam mais de 470 mortos na África Oriental

22.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Meio-Dia em Brasília: Moro livre hoje

22.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

CCJ da Câmara aprova PEC das Drogas

CCJ da Câmara aprova PEC das Drogas

12.06.2024 15:39 1 minuto de leitura
Visualizar notícia
Auxílio-Gás: o segredo para o seu orçamento doméstico

Auxílio-Gás: o segredo para o seu orçamento doméstico

12.06.2024 15:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Castro aponta a Fachin “sucesso” de operação na Maré

Castro aponta a Fachin “sucesso” de operação na Maré

12.06.2024 14:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Carteira de Trabalho Digital: novo método para solicitar empréstimos consignados

Carteira de Trabalho Digital: novo método para solicitar empréstimos consignados

12.06.2024 14:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.