Chuvas no RS: senador quer auxílio emergencial para calamidades públicas Chuvas no RS: senador quer auxílio emergencial para calamidades públicas
O Antagonista

Chuvas no RS: senador quer auxílio emergencial para calamidades públicas

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 07.05.2024 17:56 comentários
Brasil

Chuvas no RS: senador quer auxílio emergencial para calamidades públicas

O PL visa estabelecer diretrizes claras para a concessão de auxílio emergencial a indivíduos afetados por eventos catastróficos

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 07.05.2024 17:56 comentários 1
Chuvas no RS: senador quer auxílio emergencial para calamidades públicas
Foto: LAURO ALVES/SECOM)

O senador Alessandro Vieira (MDB-SE) apresentou no Senado Federal o projeto de lei 1580/2024, com o objetivo de institucionalizar medidas de auxílio em situações de calamidade pública.

O PL visa estabelecer diretrizes claras para a concessão de auxílio emergencial a indivíduos afetados por eventos catastróficos, como desastres naturais e crises socioeconômicas e representa um avanço significativo na proteção social dos cidadãos em momentos de crise e calamidade pública.

“As mudanças climáticas representam uma realidade inegável e estamos testemunhando, cada vez mais, os seus efeitos devastadores através de eventos climáticos extremos e o Estado precisa estar preparado para acolher os cidadãos mais afetados”, alega Vieira.

O parlamentar ressalta que a experiência durante a crise da pandemia da Covid-19 serviu de exemplo, pois “o auxílio contribuiu significativamente para evitar uma queda mais forte da atividade econômica, reduzindo muito a diminuição no consumo das famílias que o isolamento proporcionaria, preservando renda e emprego, reduzindo a pobreza e a desigualdade”, afirma o senador, que relatou o projeto de auxílio emergencial durante a pandemia da covid-19 no Senado.

De acordo com o projeto de lei, o auxílio emergencial será de R$ 600 mensais, pago aos trabalhadores que cumpram os requisitos, como ser MEI, trabalhador informal, autônomo ou desempregado, acima de 18 anos, não ter emprego formal ativo e não ser titular de benefício previdenciário ou assistencial, como o seguro-desemprego, e a renda familiar per capita seja de até meio salário-mínimo ou a renda familiar total seja de até três salários mínimos.

O recebimento do auxílio emergencial será limitado a dois membros da mesma família e o texto garante duas cotas do auxílio para a pessoa provedora de família monoparental, independentemente do sexo.

“Não podemos nos dar ao luxo de perder tempo debatendo medidas quando a urgência da situação exige ação imediata, muito menos quando já temos uma boa experiência conhecida e aplicada, com resultados inquestionáveis”, ressalta.

Mundo

"É como acusar os EUA após o 11 de setembro"

Alexandre Borges
21.05.2024 14:06 2 minutos de leitura
Visualizar

Lula continua sendo humilhado por Maduro 

Carlos Graieb Visualizar

Opositor critica Netanyahu, mas repudia pedido de prisão e comparação com Hamas

Visualizar

Leilão: A bíblia de 1 milhão de Elvis Presley

Visualizar

Crusoé: Após crise diplomática, Milei vai sair para cantar

Visualizar

PF combate fraudes no Enem em Marabá

Visualizar

Tags relacionadas

Chuvas no Rio Grande do Sul
< Notícia Anterior

Rio Grande do Sul: emergência climática ou evento recorrente?

07.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Papo Antagonista: O brasileiro e a liberdade de expressão

07.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Marcelo Augusto Monteiro Ferraz

2024-05-07 18:01:40

👏👏👏👏


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

PF combate fraudes no Enem em Marabá

PF combate fraudes no Enem em Marabá

21.05.2024 13:29 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
O "novo cangaço" na mira da polícia em SP

O "novo cangaço" na mira da polícia em SP

21.05.2024 13:07 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Presidente da FFMS Francisco Cezário é preso por desvio milionário

Presidente da FFMS Francisco Cezário é preso por desvio milionário

21.05.2024 13:04 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Moraes defende "regulamentação internacional" da IA para eleições

Moraes defende "regulamentação internacional" da IA para eleições

21.05.2024 12:46 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.