Câmara vota nesta terça projeto que suspende a dívida do RS Câmara vota nesta terça projeto que suspende a dívida do RS
O Antagonista

Câmara vota nesta terça projeto que suspende a dívida do RS

avatar
Wesley Oliveira
3 minutos de leitura 14.05.2024 15:50 comentários
Brasil

Câmara vota nesta terça projeto que suspende a dívida do RS

Durante reunião de líderes nesta tarde, ficou acertado que o Palácio do Planalto vai pedir urgência na aprovação da matéria

avatar
Wesley Oliveira
3 minutos de leitura 14.05.2024 15:50 comentários 0
Câmara vota nesta terça projeto que suspende a dívida do RS
Presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) | Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), vai incluir na pauta de votações desta terça-feira, 14, o projeto de lei complementar que suspende a dívida do Rio Grande do Sul com a União. A expectativa é de que o deputado Bohn Gass (PT-RS) seja indicado como relator da matéria.

Como mostramos, o governo do presidente Lula (PT) fechou um acordo com o governador gaúcho, Eduardo Leite (PSDB), para suspender o pagamento da dívida do estado por um período de três anos. Com a proposta, o estado pode ter uma folga orçamentária de quase R$ 11 bilhões exclusivamente para ações de reconstrução, após as enchentes que devastaram a região.

Durante reunião de líderes nesta tarde, ficou acertado que o Palácio do Planalto vai pedir urgência na aprovação da matéria. Após ser analisado pela Câmara, o projeto seguirá para o Senado Federal.

“Essa lei complementar prevê a suspensão do pagamento da dívida do Rio Grande do Sul, 100% do pagamento, durante 36 meses. Para além disso, os juros serão zerados sobre o estoque, todo o estoque da dívida, pelo mesmo prazo”, declarou o ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

Dívida do Rio Grande do Sul

Desde os anos 1990, o Rio Grande do Sul fez sucessivos acordos para quitar a dívida com a União. Ao longo deste período, o estado gaúcho somou R$ 90 bilhões em débitos com o governo federal.

O pagamento das parcelas mensais ficou suspenso durante cinco anos, tempo de vigência de uma liminar do Supremo Tribunal Federal (STF), mas foi retomado em 2022 após a assinatura do Regime de Recuperação Fiscal com a União.

Durante reunião com Lula, Eduardo Leite, classificou a medida de suspensão do pagamento da dívida como “um passo muito importante”. O gaúcho, no entanto, reforçou que o estado pede a quitação (ou seja, o perdão) da dívida, e não só o adiamento.

“Por justiça, vou aqui reconhecer que é um esforço do ministério, tecnicamente, para viabilizar. A nossa demanda inclui um pedido de quitação desses valores, que até aqui não se viabilizou. Mas entendemos que é um passo. E o ministro Haddad disse que é um passo sem prejuízo de outros que serão necessários”, disse Leite.

Mundo

Dona do "Call of Duty" é acusada de homicídio culposo por tiroteio em escola dos EUA

24.05.2024 22:26 3 minutos de leitura
Visualizar

Google revisa IA para corrigir erros bizarros

Visualizar

Inmet alerta: Junho deve ser a salvação do Rio Grande do Sul

Visualizar

Ivan Sant'anna na Crusoé: Terra de fronteira – Primeira parte

Visualizar

Boeing e NASA superam desafios e preparam 1° voo tripulado da Starliner

Visualizar

Rodolfo Borges na Crusoé: Um goleiro nunca é o bastante

Visualizar

Tags relacionadas

Arthur Lira e Rodrigo Pacheco Bohn Gass Câmara dos Deputados Chuvas no Rio Grande do Sul dívida com a União Eduardo Leite
< Notícia Anterior

Snoop Dogg será técnico do “The Voice” em 2024

14.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Uma cidade provisória para os desabrigados de Porto Alegre

14.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wesley Oliveira

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Inmet alerta: Junho deve ser a salvação do Rio Grande do Sul

Inmet alerta: Junho deve ser a salvação do Rio Grande do Sul

24.05.2024 21:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Facções avisam que vão vingar morte de crianças em BH

Facções avisam que vão vingar morte de crianças em BH

24.05.2024 20:58 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ministério Público vai recorrer de absolvição de Cláudio Castro

Ministério Público vai recorrer de absolvição de Cláudio Castro

24.05.2024 20:57 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Brasil ultrapassa 3 mil mortes por dengue em 2024

Brasil ultrapassa 3 mil mortes por dengue em 2024

24.05.2024 20:44 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.